INSS Reajuste

Reajuste do INSS para Aposentados e Benefícios

inss-reajuste

INSS Reajuste para 2016

No Brasil temos pelo menos 10 milhões de aposentados e pensionistas do INSS que recebem acima de um salário mínimo que, este ano, tem o valor de R$ 788,00. Segundo o governo federal, esses aposentados e pensionistas terão um reajuste médio de 11% a partir de 1° de janeiro de 2016.

O percentual aplicado corresponde à inflação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor, o INPC. Embora ainda falte o índice indicador de dezembro, que está previsto para 8 de janeiro de 2016, em média podemos saber com antecedência que será nesse percentual de 11%.

Segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, no entanto, a inflação acumulada até novembro foi de 10,28% e a tendência para dezembro é de alta do custo de vida, o que possivelmente elevará o índice de inflação para 2015.

Se formos considerar como referência os 12 últimos meses, de dezembro de 2014 a novembro de 2015, o índice de inflação chegou a 10,97%. Diante disso, podemos prever que a inflação de todo o ano de 2015 não ficará abaixo de 11%, verificando como foram os índices nos últimos meses.

O governo já informou que os segurados que ganham acima do salário mínimo não terão ganho real em suas aposentadorias e pensões, assim não terão nenhum aumento acima da alta do custo de vida. O motivo principal do governo é a falta de recursos no Orçamento da União. Com essa falta de recursos, os pensionistas de aposentados do INSS terão apenas a reposição da inflação do período.

Reajuste para quem ganha até o salário mínimo

Os mais de 22 milhões de segurados do INSS que recebem até R$ 788,00 mensais terão reajuste diferente. Para esses, deverá ser considerada a inflação de 2015 mais a variação do Produto Interno Bruto, o PIB (soma das riquezas do país durante o ano) calculados sobre o resultado de 2014.

O grande problema é que o crescimento do Brasil em 2014 foi de apenas 0,1% e, na prática, não haverá nenhuma aumento além da reposição da inflação, uma vez que o percentual do PIB não irá influenciar em nada no resultado final.

Os segurados que ganham até R$ 788,00 só passarão a ter um ganho real dependendo do crescimento do Brasil nos próximos anos. Como sabemos, o resultado do PIB para 2015 será negativo e a previsão para 2016 não deixa ainda nenhuma esperança de retorno de crescimento.

Em 2015 a presidente vetou uma proposta de aumento igual para todos os inativos e pensionistas do INSS que o Congresso tinha aprovado. O maior motivo da reclamação dos aposentados e pensionistas é exatamente esse, já que estão sentindo no bolso que, ano após ano, seus rendimentos estão sendo reduzidos, limitando cada vez mais suas possibilidades de sobrevivência.

No entanto, no futuro ainda poderão ocorrer surpresas desagradáveis para os aposentados e pensionistas do INSS. Segundo o governo federal, não há recursos e a Previdência Social vem se mostrando cada dia mais um problema de suma importância para os cofres públicos.

Confira a tabela de reajustes do INSS para aposentados e pensionistas do INSS

Não só para os aposentados, mais também os trabalhadores atuais, que terão também o seu reajuste do INSS basicamente com o mesmo percentual. Isso não quer disser que estamos satisfeitos, e sim  esperançosos de que irá surgir um grande aumento no ano seguinte, para ficar mais concretizado o nosso percentual anual confira.

Se existir alguma dúvida sobre o seu reajuste do INSS, ou seja seu reajuste ainda não foi habilitado, procure uma Agência do INSS, Ministério da Previdência Social, e faça todo procedimento necessário para que seu benefício fique em dia com o INSS, você também pode consultar o site, www.previdenciasocial.gov.br.



PUBLICIDADE

45 Comentários em “INSS Reajuste”

  1. Pedro
    at 21:15 #

    Infelizmente, somente terão reajuste os aposentados que ganham até 1 salario mínimo, os que ganham acima não terão direito, de receber o reajuste. Isso é completamente injusto , imoral e porque, não dizer ilegal. Daqui a alguns anos todos os aposentados receberão apenas um salário mínimo, pessoas com 80, 85, 95, terão que voltar ao trabalho para poder sobreviver, pois não terão nem como comprar remédios, em quanto vemos o pais mergulhado em escândalos milionários de desvios de dinheiro da Petrobras, Mensalão e outros que nem sequer imaginemos. Políticos ficando ricos com contas milionárias em paraísos fiscais. Isso tudo me da nojo, me repugna. Passamos a vida toda trabalhando para chegar no final da vida, mendigando, e implorando para uma vida mais digna, ao contrário disso, passaremos encima de macas de hospitais do SUS, sem sermos atendidos, ou quem sabe, abandonados em necrotérios .por não teremos como pagar nossos inteiros . Infelizmente, não vejo a diferença de hoje com relação a dos judeus na segunda guerra mundial, apenas que lá, se usava um pretexto em criar uma raça pura ” Ariana”, mas aqui é aberto sem piedade, o povo é massacrado sem piedade todos os dias, por uma politica equivocada desses governantes que só pensam em si próprios, em seus bolsos e para beneficiar apenas alguns ricaços que os colocaram no poder. Pedro

  2. at 11:37 #

    A desculpa sempre é a mesma, porém a arrecadação só não é maior no INSS, por culpa do próprio governo e o mesmo retira do INSS valores absurdos e repassa para outras áreas….

Comente