Guia da previdência social em atraso

Pagar Guia da Previdência Social Atrasada

A Guia GPS é um documento com o objetivo de recolher as contribuições sociais de responsabilidades das empresas, do contribuinte individual e facultativo, do segurado especial e ainda, das empregadas domésticas, a respeito das contribuições anteriores a dois anos atrás.

Esse documento pode ser a Guia GPS online, gerada pela internet ou mesmo em algum atendimento da Receita Federal. Vamos falar aqui, sobre cálculo, orientações e informações sobre o pagamento da Guia GPS em atraso.

guia-da-previdencia-social-em-atraso

Guia da previdência social em atraso

Se você é um contribuinte facultativo e perdeu o prazo para pagamento, mas não está fora da sua qualidade de segurado, você poderá efetuar o pagamento da contribuição em atraso. Já se for contribuinte individual, terá duas escolhas: Se o período não estiver dentro dos cinco anos que são contados antes do período vigente, o contribuinte pode calcular o atraso, somente se tiver realizado o primeiro recolhimento sem atraso.

Ou, ainda, caos o contribuinte individual não tenha nem efetuado cadastro da previdência, o mesmo deverá ir em uma das agências e comprovar que foi trabalhador autônomo durante esse período. O mesmo vale para as empregadas domésticas.

GPS individual Atrasada – Como Preencher

Para os autônomos que trabalharam prestando serviço para outras pessoas físicas, nesta hora de pagar o INSS, diferem os procedimentos dos outros trabalhadores. Deve ser preenchida por eles a GPS(Guia da Previdência Social).

Tome bastante cuidado e preste total atenção no ato de preenchimento desta guia, alguns dados são extremamente difíceis de serem alterados futuramente.

Você deve acessar ao site da Previdência Social, onde vai encontrar um quadro à sua esquerda com a escrita: Guia da Previdência Social. Clique ali e ele te enviará para outra página, onde você deve encontrar a opção “calcular guia/carnê”. Daí você entra no site da previdência e escolhe a opção correspondente ao tipo de contribuição que está em atraso.

Após isso, você deve preencher o tipo de contribuinte, assim como os dados de NIS/PIS (ou PASEP) e o seu código de segurança. Assim feito, aparecerá na a confirmação dos dados necessária, se estiver tudo correto, aperte em Ok, confirmando o processo.

Agora o que você precisa fazer é colocar as informações para o cálculo: Competência (Mês de contribuição atual), e o salário de contribuição, (renda do contribuinte), logo após, informe o tipo de contribuição, a melhor data para o carnê e imprima para pagamento a sua guia gps online.

Como calcular INSS em atraso código 1163

Você sabe como calcular INSS em atraso código 1163? Este é para contribuintes que, prestam serviços às pessoas físicas, entretanto tem recolhimento de 11% do salário mínimo. Diferente do código 1007, também para contribuintes deste grupo, mas que tem recolhimento de 20% do salário mínimo.

Existem ainda os cálculos para os códigos de estudantes, donas de casa e desempregados – 1473 – onde acrescentam 11% do salário mínimo. Também a parcela de todos esses mesmos que não possuem renda, só que mínimo da contribuição é de 20%, código 1406.

O contribuinte facultativo que comprova baixa renda – 1830 – comprovadamente só recebe até dois salários mínimos, terá que pagar o valor equivalente a 5% do salário mínimo.

Saiba mais acessando: Códigos INSS

calcular-guia-da-previdencia-social-atrasada

Guia INSS

Se você ainda tem dúvidas sobre a Guia INSS, Guia gps empresa, guia gps online, extrato INSS empresa, ou outras a respeito do assunto, o telefone de atendimento ao público do Instituto Nacional do Seguro Social, está disponível para lhe atender no horário de 7 horas até às 22 horas, no horário de Brasília.

Você pode tirar dúvidas, mas a central que atende pelo número 135, não faz cálculos de contribuições em atraso.

Benefícios de manter as contribuições em dia

Como resultado do pagamento pontual das contribuições, se tem muitos benefícios.

A aposentadoria especial que é concedida por idade e tempo de serviço para contribuintes que tenha saúde abalada durante prática de trabalho insalubre. No quesito tempo de contribuição, adiciona-se 40% do tempo habitual.

O Auxílio-doença que é direito de quem sofreu algum acidente ou mesmo foi acometido por doença o que o deixasse incapaz de trabalhar por mais de 15 dias, quando é dada a entrada no benefício e fica segurado pelo tempo que estiver nesta condição adversa.

Ainda podemos falar também sobre o salário maternidade. É um direito garantido às mulheres quando nascem seus filhos. Pode varias de 4 a 6 meses de duração, assim como valor que também varia de acordo com a profissão da segurada. Esse benefício também pode ser concedido em caso de adoções.

A Guia GPS é um documento gerado a fim de calcular contribuições me atraso para pagamento das mesmas. Pode ser gerado pelo contribuinte ou pela empresa. O cálculo não é feito pelo telefone, precisa ser realizado no site da Previdência ou em uma das agências para atendimento presencial. No caso do atraso facultativo, se o período atrasado for mais que 6 meses, somente nas agências poderá ser calculado.

13 salário Auxílio Doença

Auxílio Doença e Décimo Terceiro Salário

O Auxílio-doença INSS é um valor que pode ser requerido por pessoas que possam ter sofrido algum tido de acidente no trabalho ou mesmo ter adquirido alguma doença durante o tempo de trabalho que as impossibilite de exercer suas atividades momentaneamente.

Caso o segurado já tenha alguma doença no começo de suas funções, somente pode fazer o requerimento caso haja o agravamento da mesma.

auxilio-doenca-decimo-terceiro-salario

Porque o auxílio doença do INSS não é permanente? Ele é momentâneo, já que de tempo em tempo é realizada no beneficiado a perícia médica INSS.Que serve para alegar se o segurado continua recebendo o valor ou não. Ou ainda, se o benefício evolui para uma aposentadoria por invalidez.

Caso não possa estar presente no dia da perícia, ligue no telefone 135 do INSS e avise, troque a data de agendamento, você tem direito de fazer isso uma única vez. É de suma importância que você respeite e se apresente para as perícias médicas INSS, uma vez que, em caso de não comparecimento, o benefício pode ser suspenso ou mesmo cancelado.

Quem tem direito ao Auxílio-doença?

Auxílio doença quem tem direito a ele são os que tem qualidade de assegurado. Cumprir prazos de carência, salvo casos dispostos em Lei.

O cálculo do valor que você deve receber neste caso, é realizado em cima de vertentes como: Por quanto tempo você contribuiu, por quanto tempo trabalhou, qual o prazo que ficou afastado, se está empregado ou não, entre outros. O INSS disponibiliza o número de telefone 135, qualquer cidadão pode ligar para questionar e sanar suas dúvidas neste e em outros processos.

Geralmente, o valor é o cálculo é a média de todas as duas 1 últimas contribuições. Você também pode ir em uma das agências físicas do INSS.

Quem recebe auxílio-doença tem direito a décimo terceiro salário?

Sim. Esse valor é pago em duas parcelas, geralmente em meados de agosto sai a primeira parcela, e em dezembro costuma ser data de pagamento da segunda parcela do décimo terceiro aposentados e pensionistas INSS.

O cálculo deste valor que o INSS paga décimo terceiro salário para auxílio doença, é feito dividindo o valor do benefício pelos doze meses correntes do ano. Depois você vai multiplicar esse valor pelo número de meses entre quando começou a receber e o mês de agosto.

Na primeira parcela do 13 salário, aposentados e pensionistas não há ocorrência de desconto de Imposto de Renda (IR), somente ocorre na segunda parcela do décimo terceiro aposentados e pensionistas.

Não somente quem recebe auxílio-doença tem direito a décimo terceiro salário, mas também os que recebem pensão por morte, auxílio-acidente, reclusão, salário-maternidade e aposentadoria.

Requerimento auxílio-doença

Você sabe como requerer auxílio-doença? Se você estiver empregado, afastado do trabalho há 15 dias seguidos ou interrompidos dentro de 60 dias, a empresa é responsável por entrar com requerimento de salário doença, assim como encaminhar o funcionário até o INSS. É responsável ainda, pelo pagamento integral de salário até o 15º dia de afastamento.

O auxílio-doença é contado a partir do 16º dia.

NO caso de segurados desempregados, você deve se dirigir com urgência ao INSS e requerer o benefício, uma vez que o benefício é contado a partir da data na qual foi reconhecida a incapacidade.

13-salario-auxilio-doenca

INSS paga décimo terceiro salário para auxílio-doença

No histórico do INSS, onde paga décimo terceiro salário para auxílio-doença, há muito tempo é adiantada a primeira parcela para o pagamento em agosto. Destoando somente em um dos anos anterior, quando o INSS só liberou o pagamento da primeira parcela do décimo terceiro aposentados e pensionistas no mês de setembro, pode acontecer, mas é bem difícil.

Apesar de estarem sendo implementadas novas regras para o auxílio doença do INSS, nenhum benefício poderá ser cancelado sem que se dê direito de resposta ao beneficiário. Caso isso ocorra, o mesmo poderá entrar com ação legal contra o órgão, definindo ato arbitrário e ilegal.

O calendário de pagamento decimo terceiro salário INSS auxílio doença é regido pelos números finais dos benefícios, fique atento com a sua data de recebimento.

Como fazer o requerimento do Auxílio Doença no INSS?

Para o realizar o requerimento auxílio-doença, você precisa levar seus documentos pessoais: RG, CPF, Carteira de trabalho, um laudo médico ou atestado que seja suficiente para comprovar a insuficiência a qual foi acometido, assim como o carnê de todas as contribuições pagas. E, ainda, se você for empregado, deve levar a declaração constando seu último dia de trabalho, ela deve precisa estar assinada e carimbada pela empresa que você trabalha.

Após este procedimento, o INSS fará o agendamento da data de sua perícia médica, onde, inclusive, você pode ao chegar lá, apresentar um formulário preenchido com os dados do acompanhante e assinado por ele, estando ciente de que não poderá interferir de nenhuma forma durante a perícia.

Como dar Entrada no Auxílio Doença

Passo a Passo para Dar Entrada no Auxílio Doença

Sendo um benefício provisório e não definitivo, o auxílio doença é concedido àqueles trabalhadores, empregados ou não, que foram acometidos por doença ou acidente de trabalho que os tenha deixado incapacitados de trabalhar. Logo, é preciso ser provado, por meio de perícias do INSS, que ainda está sem condições para voltar ao trabalho.

como-dar-entrada-auxilio-doenca

Caso não seja aprovado novamente, se recuse ou não apareça na perícia INSS, o benefício auxílio-doença é suspenso. Aliás, se você fez o agendamento e não poderá comparecer do dia marcado, reagende. Isso é permitido por uma única vez.

Auxílio-doença, quem tem direito? Todos aqueles contribuintes empregados ou não. Caso o mesmo já possuísse alguma doença quando começou o sistema de contribuição ao INSS, somente poderá entregar o formulário de requerimento auxílio-doença, se houve agravamento da mesma. Obrigatoriamente você precisa ter qualidade de segurado.

Veja abaixo como dar entrada no auxílio doença.

Formulário requerimento auxílio-doença

Onde encontro o Formulário requerimento auxílio-doença? Pode ser encontrado no portal do INSS, deve ser impresso, preenchido e levado pela própria empresa no caso de contribuinte empregado, ou pelo próprio requerente em caso de não empregado. Neste último caso, o benefício é contado a partir da data na qual ficou incapaz de exercer trabalho.

No caso de segurado empregado, o benefício conta a partir do décimo sexto dia de incapacidade. Ou seja, a empresa é totalmente responsável por efetuar pagamento do salário integral dos quinze dias nos quais o empregado ficou afastado pela doença ou pelo acidente, antes de entrar com o requerimento auxílio-doença.

Junto ao formulário derequerimento de auxílio-doença, devem ser entregues documentos pessoais como RG, CPF, a sua Carteira de Trabalho, o documento que comprova todas as contribuições realizadas ao INSS e um atestado médico com a sua condição.

O preenchimento do Formulário auxílio doença não pode apresentar rasuras e a fim de agilizar o atendimento, tenha sempre em mãos todos os documentos necessários, assim como poderá tirar dúvidas no telefone 135.

requerimento-auxilio-doenca-inss

Aqui falaremos um pouco sobre como dar entrada no INSS por atestado médico.

Perícia INSS como funciona

Você deve estar se perguntando: e a perícia INSS como funciona? A gente explica. Primeiramente, se você tem acesso à internet, prefira marcar seu agendamento por lá. Uma vez que se criam provas do dia no qual você marcou e, por telefone, somente a ligação será sua prova. Sistemas costumam falhar.

Pode acontecer de nenhum médico lhe atender para a realização da perícia INSS, para se resguardar de uma possível acusação de falta, peça alguma prova de que você compareceu no dia agendado, pode ser até o cartão da fila de espera. Geralmente eles possuem data e hora. Confira o valor a qual você tem direito e, certifique-se de que não está recebendo a menos.

Se não concordar com a forma com que a perícia INSS foi realizada, seja por uma desatenção médica, rapidez extrema ou qualquer outro motivo, você pode acionar o chefe da Agência. O resultado do seu requerimento de auxílio-doença INSS sai no dia seguinte. Você poderá consultá-lo no site ou indo à uma das agências físicas do INSS.

Além disso, você pode solicitar a presença de um acompanhante no dia da perícia INSS, pode ser um parente, um amigo de confiança ou ainda, o seu médico! Para isso, preencha o formulário de solicitação de acompanhante e o apresente no dia agendado.

Auxílio-doença valor

Em geral, o cálculo é realizado da seguinte forma para se obter o valor do auxílio-doença, seja por doença ou acidente de trabalho, o valor do auxílio-doença será uma média de suas últimas doze contribuições ao INSS transformada em renda mensal.

Se você tem dúvidas com relação ao valor que deve receber, pode ligar para a Central de Atendimento do INSS no número 135 ou ir pessoalmente em uma das agências.

auxilio-doenca-como-dar-entrada

Auxílio-doença novas regras

Em momento algum, o INSS poderá cancelar ou suspender um benefício sem que o segurado tenha o direito de resposta. Caso algum segurado tenha o benefício cancelado ou suspenso desta forma arbitrária e ilegal, poderá entrar com uma ação contra o INSS na Justiça.

Atualmente estão vigentes e sendo aplicadas as novas regras do auxílio-doença INSS, mais de 500 mil segurados estão sendo convocados a passar novamente pela perícia, a fim de evitas custos desnecessários ao INSS, fraudes, e ainda, garantir que mais trabalhadores voltem às suas atividades.

Como solicitar auxílio-doença para desempregado

Quer saber como solicitar auxílio-doença para desempregado? Se você estiver dentro do prazo que o INSS estipula, no qual o segurado mantém seus direitos após desempregados e sem contribuir, você tem direito ao auxílio doença sim!

Normalmente, esse prazo dura de 3 a 36 meses, depende muito do caso. Essa é importância de conhecer seus direitos e estar por dentro do que você pode ou não requerer. Vá até uma agência com seus documentos em mãos. Não fique em dúvida.

Auxílio Doença – Afastamento pelo INSS

Auxílio Doença INSS Afastamento

O Auxílio doença INSS é um valor recebido pelo beneficiado que pode ter sido acometido por doença ou acidente que o tenha deixado incapaz temporariamente para o trabalho. Existe um requerimento no sistema do INSS que deve ser impresso e levado ao órgão no dia agendado para a perícia, carimbado e assinado pela empresa.

Se você não puder comparecer ao dia agendado na perícia médica do INSS, poderá solicitar a remarcação, podem, só pode fazer este procedimento uma vez. Você deve ligar para a Central no telefone 135 ou ir a uma das agências pessoalmente.

auxilio-doenca-afastamento-inss

O Auxílio-doença INSS não é algo definitivo, é provisório, até que o trabalhador tenha condições de retornar ao trabalho. Sendo assim, o beneficiário é obrigado a passar por perícias médicas, uma vez que, caso se oponha, tem o benefício suspenso.

Caso, ao começar o sistema de contribuição ao INSS, o empregado já portava alguma doença ou mesmo uma lesão, o Órgão somente atenderá ao benefício caso a mesma se agrave ou progrida de forma que o impeça de exercer suas funções.

Auxílio-doença quem tem direito?

Para algumas doenças que estão previstas na Portaria Interministerial MPAS/MS nº 2998/0001, – mutilação, deficiência, deformação ou estigma – poderá ser avaliada a questão da carência que deve ser cumprida no restante dos casos. A carência exigida é de 12 contribuições ao INSS. Além de quando acontece algum acidente de trabalho ou doença profissional que causa afastamento. Você precisa possuir qualidade de segurado.

Para receber o auxílio-doença você deve comprovar estar acometido por situação que lhe deixe incapaz de trabalhar. Se for empregado em empresa, é necessário estar afastado há, pelo menos, 15 dias, que podem ser corridos ou intercalados dentro de 60 dias.

auxilio-doenca-inss-quem-tem-direito

Auxílio-doença valor

Você sabe o quanto tem para receber se foi afastado e lhe foi concedido o benefício? Recentemente foi divulgada a nova tabela com o reajuste dos valores de contribuições e benefícios do INSS. Os cálculos e valores, que dependem de fatores como: quanto contribuiu, quanto trabalhou e/ou quando se afastou, podem ser realizados pelo número da Central, 135, ou indo em uma das agências.

No geral, o cálculo do valor do auxílio-doença, incluindo se for por acidente de trabalho, será uma renda mensal que corresponde à média das últimas 12 contribuições.

Auxílio Doença Requerimento INSS

Como posso requerer auxílio-doença? O requerimento do auxílio-doença, assim como encaminhar o empregado à Perícia Medica da Previdência Social, é dever da própria empresa, assim que acorrer o afastamento por mais de 15 dias.

Antes disso, a empresa é totalmente responsável pelo pagamento integral do salário do empregado afastado por doença ou acidente. Portanto, a partir do décimo sexto dia de afastamento, já lhe é devido o auxílio doença.

No caso de não ser um segurado empregado, você mesmo pode dar entrada com o requerimento auxílio doença junto ao INSS. Assim sendo feito, o benefício é contado a partir da data de início da incapacidade.

auxilio-doenca-afastado-inss-quantos-dias

Auxílio-doença novas regras

Recentemente, foram lançadas novas regras para o auxílio-doença. Não atingirá a todos, somente aos novos segurados de um período para frente. Estão sendo renovadas as perícias médicas dos mais de 530 mil beneficiados! Estão sendo implementadas todas as mudanças e se algum segurado ficar insatisfeito com a suspenção ou cancelamento do benefício, poderá entrar com uma ação na justiça.

Nem mesmo com as novas regras auxílio-doença INSS, algum benefício poderá ser cancelado sem direito à oposição e resposta. Ainda que o beneficiário já tenha voltado a trabalhar, uma vez que se trata de uma medida arbitrária e ilegal.

Quanto antes for dada a entrada ao requerimento do auxílio-doença, melhor. Já que, somente é contado a partir da data de entrada desse requerimento auxílio-doença.

afastamento-por-auxilio-doenca-inss

Previdência social auxílio-doença resultado de perícia

No resultado de perícia para o auxílio-doença da Previdência Social, existe também o que chamam de Alta programa. Que consiste em que, quando o médico perito, avalia a situação do requerente e sugere uma data na qual acredita que estará apto para voltar ao trabalho. Nesses casos, o benefício é suspenso nesta data programada, mesmo sem realização de nova perícia.

Se esse tempo não foi suficiente para a recuperação do segurado, o mesmo pode entrar novamente com requerimento auxílio-doença e requisitar realização de outra perícia médica.

Auxílio-doença o que preciso levar

Para o requerimento auxílio-doença, você deve separar os documentos pessoais que são RG, CPF, Carteira de trabalho, o documento que comprova todas as suas contribuições ao INSS, um Laudo médico que comprove o problema que te afastou do trabalho e se for empregado, a declaração carimbada e assinada pela empresa – nela deve constar qual foi seu último dia de trabalho.

Além disto, você pode solicitar a presença de um acompanhante durante a realização da perícia médica INSS, esse acompanhante pode ser seu próprio médico, por exemplo. Para isso, preencha o Formulário de solicitação de acompanhante, e leve no dia da perícia.

Licença Maternidade Doméstica – Requerimento

Licença Maternidade para Empregada Doméstica

Está grávida ou pretende ficar e não sabe nada sobre o direito que tem a licença maternidade? Ainda mais se você é doméstica e acha que não tem direito? Esta é uma licença válida para todas as mulheres que trabalham no Brasil e contribuem para a Previdência Social (INSS). Saiba mais sobre este direito e como funciona e em especial para as trabalhadoras domésticas.

empregada-domestica-licenca-maternidade

A licença-maternidade vale para TODAS as mulheres que estejam grávidas e tem direito sim a esta licença, mas são somente aquelas que trabalham e contribuem para o INSS. Vale para aquelas mulheres que tem empregos de carteira assinada, do serviço público, trabalhos temporários, terceirizados e autônomos ou ainda trabalhadoras domésticas. No entanto, precisam estar contribuindo para o INSS.

Como funciona a licença maternidade para domésticas?

A licença maternidade também chamada de Salário-maternidade é paga mensalmente e o valor pago é o mesmo do salário mensal que receberia (no caso de quem tem carteira assinada ou exerce atividade doméstica). Mesmo as donas de casa, estudantes tem direito a licença maternidade, desde que estas façam suas contribuições mensais ao INSS de forma voluntária, mas precisam ter contribuído por pelo menos 10 meses. Neste último caso, o valor a ser pago no salário-maternidade é o salário de referência da contribuição; Por exemplo, se a pessoa contribui para o INSS sobre o salário-mínimo, recebe a licença com este valor.

Lembrando que quem tem direito a este benefício, além das que engravidaram e deram a luz, aquelas que tiveram aborto espontâneo ou dão a luz a um bebê natimorto. Também é assegurada a licença as trabalhadoras e trabalhadores que adotaram uma criança, assim como aquelas que obtiveram a guarda judicial de uma criança com o objetivo de adoção.

Empregada doméstica tem direito a licença maternidade de 6 meses?

O tempo da licença-maternidade é de 120 dias corridos e no máximo a 180 dias corridos. Este último é válido para as empresas que aderiram ao Programa Empresa Cidadã, que recebe um incentivo fiscal para estimular e ampliar a licença-maternidade.

licenca-maternidade-domestica

Há algumas peculiaridades quanto a este benefício, por exemplo, se você mulher tiver um problema de saúde após a licença-maternidade, este tempo a mais que precisará de afastamento não será mais considerado licença maternidade, mas um auxílio-doença. No caso dos abortos espontâneos antes das 23 semanas de gestação dá um direito a duas semanas de afastamento; e no caso de aborto após as 23 semanas, é considerado parto e o período da licença segue os critérios da licença-maternidade.

Requerimento Licença Maternidade Doméstica INSS

As trabalhadoras que possuem carteira assinada quem paga o benefício é a empresa que paga o salário integral que depois é repassado à companhia pelo INSS. Para as mães que são autônomas ou trabalhadoras domésticas, o pedido de licença deve ser feito direto na Previdência Social que se encarregará do pagamento do benefício. As mulheres que possuem mais de um vínculo empregatício deverá receber salário-maternidade relativo a cada emprego.

Salário maternidade para Empregada Doméstica

Quanto ao momento do afastamento, é a mulher que decide o momento que vai sair de licença. Podendo o fazer até 28 dias antes do parto, ou a partir da data de nascimento do bebê.  Para começar a receber o salário-maternidade é necessário apresentar um atestado médico ou certidão de nascimento do bebê. Mais informações acesse o site do INSS ou consulte o RH da empresa que está empregado.

INSS República Centro SP – Endereço, Telefone, Agendamento

Posto de Atendimento Previdência Social República

Precisa do endereço de determinada agência do INSS? No caso seria o endereço e também o telefone do INSS República, em São Paulo? Estas e outras informações podem ser consultadas no site do INSS assim como verificar o endereço das agências do INSS e também outras informações. Inclusive fazer o agendamento do atendimento no INSS República.

inss-republica

O Instituto Nacional Seguro Social (INSS) que é uma autarquia federal que possui atualmente cerca de 1500 agências nas principais cidades brasileiras. A maioria dos serviços oferecidos pelo INSS exige o pré-agendamento que pode ser feito pelo site do INSS ou através da Central de Atendimento pelo número 135.

INSS República Agendamento

O agendamento é primordial para agilizar no atendimento e também na concessão do benefício e facilitar a vida do segurado. O agendamento foi criado para evitar filas desnecessárias e também dar comodidade ao segurado de poder escolher a hora, data e melhor agência para receber seu atendimento.

Importante antes de fazer seu agendamento, tanto pela internet como pela central de atendimento é necessário ter alguns documentos em mãos. Além dos documentos, importante terem papel e caneta para anotar dados importantes sobre o agendamento e o protocolo do atendimento. Os documentos que devem ser separados: número do CPF, RG; número do benefício, número do PIS /PASEP (que está impresso na Carteira de Trabalho) e o número de identificação de contribuinte individual, doméstico e facultativo (NIT).

O agendamento pelo site do INSS pode ser feito pelo link https://portal.inss.gov.br/servicos-do-inss/agendamento/. Clique em “Agendar”, ícone bem no centro da página. Ao clicar neste ícone é aberto outra página onde você deve selecionar ou digitar o serviço desejado e ao fazer isso, abaixo digitar o código verificador que é fornecido pelo site e finalmente clicar em “avançar”.

Entre os serviços que é feito mediante agendamento são: aposentadoria da pessoa com deficiência, aposentadoria da pessoa com deficiência por idade; aposentadoria por tempo de contribuição, aposentadoria por idade para trabalhador urbano e trabalhador rural; benefício assistencial ao idoso, benefício assistencial a pessoa com deficiência; cadastramento de declaração de cárcere, pensão rural, pensão urbana; devolução de documentos ou processos; pecúlio; entrega de documentos de requerimento pela internet, recurso (para seguro defeso, para benefício por incapacidade); revisão, simulação de tempo de contribuição, entre outros. Ao clicar em um desses serviços, o site mostra uma descrição sobre o mesmo e orientações para digitalização de documentos que devem ser encaminhados neste ato de agendamento.

Pela central de atendimento pelo número 135 é importante também ter os documentos acima informados em mãos. O horário de atendimento da Central de atendimento é de segunda a sexta das 7h às 22h.

Ao clicar em “avançar” é mostrada uma página seguinte onde o segurado deve informar seus dados como RG, CPF, número do benefício entre outros. Importante que o segurado compareça ao atendimento com os documentos necessários, caso contrário o atendimento não poderá ser prosseguido.

previdencia-social-republica-centro-sp

Previdência Social República Endereço

Quanto à agência do INSS na república é chamada de Agência da Previdência Social São Paulo-Centro, localizada no seguinte endereço:

  • Rua Coronel Xavier de Toledo, número 290, na República, Centro de SP.

INSS República Telefone

O telefone da Previdência Social República para entrar em contato é:

  • (11) 3503- 3554.

INSS Santana – Endereço, Telefone, Agendamento

Posto de Atendimento Previdência Social Santana

Precisa saber do endereço de determinada agência do INSS? No caso seria a agência INSS Santana, em São Paulo? Saiba que é possível esta informação como tantas outras através do site da Previdência Social, assim como também pela central de atendimento. Outro detalhe que é possível através destes dois canais é fazer o agendamento do atendimento no INSS Santana.

inss-santana

INSS Santana Agendamento

A maioria dos atendimentos realizados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é feito mediante prévio agendamento do serviço. O agendamento foi criado com a finalidade de viabilizar que seja oferecido ao segurado um atendimento mais cômodo, evitando filas desnecessárias, poder escolher a agência mais cômoda que deseja atendimento e também é uma forma de se planejar o atendimento nas agências do INSS disponibilizando as forças de trabalho necessárias para os atendimentos.

Entre os benefícios que podem ser realizados somente por prévio agendamento são: as consultas de requerimento de auxílio-doença; consulta à perícia médica; revisão de benefícios, marcação de exame médico pericial para intuito de reexame de auxílio-doença; requerimento de salário-maternidade; requerimento de pensão por morte; consulta de processos de concessão inicial de benefícios; consulta à revisão do teto; consulta a processos de revisão de benefícios.

Para realizar o agendamento é necessário ter em mãos: papel e caneta para notar algum dado; número do CPF, RG; número do benefício, número do PIS/PASEP (que está impresso na carteira de trabalho); número do NIT (Número de identificação de contribuintes individuais domésticos e facultativos). O agendamento feito pela internet você pode consultar como está o andamento do seu pedido de benefício assim como acompanhar todos os processos de andamento de seu benefício. Comodidade esta que o segurado tem de nem precisar sair de casa para consultar a situação de seu benefício.

Outros benefícios que devem ser pré-agendados são: aposentadoria do INSS, pecúlio, pensão por morte, auxílio-reclusão, acerto de dados cadastrais, benefícios assistenciais, salário maternidade entre outros.

Caso prefira fazer o agendamento pela central de atendimento, pode ligar gratuitamente pelo número 135 e o horário de atendimento é de segunda a sexta das 7h às 22 horas. Os serviços agendados pelo telefone são: pedido de certidão por tempo de contribuição, requerimento de auxílio doença, encaminhamento do pedido de aposentadoria, benefício assistencial, solicitação de entrada em pecúlio, pedido de prorrogação de auxílio doença, pedido de reconsideração do mesmo auxílio, entre outros.

Já no agendamento online você seleciona a opção “Agendar” informa o código de uma figura e clica em “avançar”. Importante no agendamento online ter em mãos os dados acima informados como o RG, CPF, número do benefício, etc. Lembrar que no dia do atendimento conforme agendado é importante não esquecer nenhum documento caso contrário o atendimento não poderá dar prosseguimento. Por exemplo, para solicitar o auxílio-doença alguns documentos são necessários como exames e atestados médicos que comprove a enfermidade que impossibilita o trabalho; os documentos da empresa pela qual trabalha e que comprova a incapacidade de exercer a função.

previdencia-social-santana

Previdência Social Santana Endereço

Quanto ao endereço da agência do INSS Santana é:

  • Rua Voluntários da Pátria, 2373, em Santana.

INSS Santana Telefone

O telefone da Previdência Social Santana é:

  • 0800 175717

Horário de Funcionamento Previdência Social Santana

O horário de atendimento do INSS Santana é de segunda à sexta das 7h às 17h.

INSS Cidade Dutra – Endereço, Telefone, Agendamento

Posto de Atendimento Previdência Social Cidade Dutra

Precisa saber o endereço de uma agência especifica do INSS? Saiba que esta informação, assim como muitas outras, pode ser acessada pela internet através do site da Previdência Social assim como saber outras informações, como fazer o agendamento do atendimento na agência Cidade Dutra do INSS.

inss-cidade-dutra

Atualmente há mais de 1500 agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) nas principais cidades brasileiras. A maioria dos serviços do INSS somente é realizada mediante prévio agendamento. Este agendamento pode ser feito pelo site da previdência Social, assim como pela Central de Atendimento pelo número 135.

Lembrando que o agendamento do atendimento no INSS é um protocolo válido caso precise comprovar algo. O agendamento tem a finalidade de viabilizar o atendimento, evitando filas desnecessárias assim como maior comodidade ao segurado em poder escolher o dia e melhor agência para receber seu atendimento.

Agendamento INSS Cidade Dutra

O agendamento na Previdência Social Cidade Dutra pode ser realizado pelo site da Dataprev pode ser feito pelo link https://portal.inss.gov.br/servicos-do-inss/agendamento/. Neste link clique em “Agendar”, um ícone em amarelo bem no centro da página.

Ao clicar neste botão, segurado é direcionado para uma página onde são listados os serviços que devem ser pré-agendados. Entre estes serviços estão: benefício assistência à pessoa com deficiência, aeronauta gestante (auxílio-doença), aposentadoria da pessoa com deficiência; aposentadoria por tempo de contribuição, aposentadoria da pessoa com deficiência por tempo de contribuição, aposentadoria por idade urbana; benefício assistencial ao trabalhador portuário, benefício assistencial ao idoso; benefício assistência à pessoa com deficiência; devolução de documentos ou processos; pecúlio, pensão urbana, pensão rural; cadastramento de declaração de cárcere; recurso seguro-defeso; simulação de tempo de contribuição, recurso benefício por incapacidade; revisão, entre outros muitos serviços. Ao clicar em determinado tipo de atendimento, o site dá uma prévia informação sobre o serviço. Por exemplo, sobre o recurso informa que é um serviço destinado ao cidadão que não concordar com a decisão emitida pela Previdência Social e é um processo do qual ele faça parte.

O recurso deve ser apresentado por escrito e assinado, informando os motivos, de acordo com a legislação, pelos quais o segurado discorda da decisão; O recurso deve ser apresentado em até 30 dias após conhecimento da decisão. Informa os documentos que devem ser digitalizados, entre outras informações; ao selecionar o serviço que pretende agendar, para avançar deve digitar um código gerado pelo site.

Na sequência do agendamento é mostrada uma página onde o interessado deve digitar seus dados como CPF, nome completo, data de nascimento, telefone celular, e-mail, número do benefício, entre outros dados relativos ao serviço selecionado. Nesta página ainda é necessário o envio de documentos digitalizados. Depois é só clicar em “Avançar”. Importante neste momento ter papel e caneta em mãos e anotar dados importantes como locais, hora e data do atendimento agendado e demais informações, como número de protocolos, por exemplo. O mesmo vale para quem fizer atendimento via central de atendimento.

previdencia-social-cidade-dutra

Endereço Previdência Social Cidade Dutra

Agora quer saber o endereço da agência do INSS na Cidade Dutra? O nome da agência é Agência da Previdência Social São Paulo – Cidade Dutra, criada em 2000 o endereço é:

  • Rua Padre José Garzotti, 75, Cidade Dutra.

Telefone INSS Cidade Dutra

O telefone da Previdência Social Cidade Dutra para contato é:

  • 3503-3670.

INSS Bauru – Telefone, Endereço, Postos de Atendimento

Postos de Atendimento da Previdência Social em Bauru

Ser atendido em Bauru na unidade do INSS é uma facilidade na vida do trabalhador, uma vez que é através dessa unidade que você pode saber detalhes sobre a sua aposentadoria ou realizar marcações de consultas médicas, solicitar o pedido para uma aposentadoria por idade, anos de contribuição ou invalidez.

inss-bauru

Lógico que não são apenas essas os casos atendidos nestes postos do INSS em Bauru, sendo possível também lidar com situações de cálculo do INSS, consulta e extrato do INSS. Isso sem mencionar que você também poderá saber mais sobre o auxílio doença e acidente, sobre licença maternidade e o salário-maternidade.

Também será possível um atendimento mais completo sobre o seu INSS, seu 13° salário para os aposentados e pensionistas, também poderá receber orientação sobre o seu PIS, sobre pensão por morte e muitos outros.

Postos de atendimento do INSS em Bauru

Para saber o endereços e o telefone da unidade de atendimento do INSS em Bauru basta você anotar ou copiar para algum local as informações abaixo:

Endereço Previdência Social Bauru

Endereço INSS Bauru: Rua Rio Branco, número 12-27 – Centro

R. Azarias Leite, 10-75 – Centro, Bauru – SP

INSS Bauru Telefone

Telefone Previdência Social Bauru: (14) 3223-0033

Horário de Funcionamento INSS Bauru: das 7h às 17h

Agendamento INSS Bauru

Antes de tudo é importante que saiba que para marcar o agendamento do posto do INSS em Bauru é necessário você ir até o site oficial da Previdência Social e clicar em “Agendamento”, que vai está na aba do “Serviços do INSS”.  Saiba que é apenas por meio desse site que você poderá fazer seu agendamento no posto do INSS em Bauru.

previdencia-social-bauru

 Este agendamento é feito da seguinte forma:

  1. Selecione o serviço: Neste novo site que vai abrir você deve selecionar o serviço e então informar o código de verificação. Saiba que este código é gerado aleatoriamente e foi criado apenas para a sua segurança;
  2. Informe seus dados pessoais: Agora você terá que colocar com cuidado todos os dados pessoais no campo pedido, tomando cuidado para não acabar errando. Caso isso ocorra arrume, pois se seus dados não baterem corretamente você não poderá concluir seu atendimento no posto do INSS em Bauru.
  3. Selecione a unidade: Nessa hora você deverá escolher o melhor posto para realizar seu atendimento do INSS, que no caso será o de É importante que saiba que será neste momento que você vai escolher o dia e horário para fazer seu atendimento, lembrando que isso vai ocorrer de acordo com os dias disponibilizados no sistema.
  4. Verificação do requerimento: Uma das partes mais simples de todo o processo, aqui você vai apenas conferir para vê se todos os dados estão em ordem e é então confirmar. Caso não seja você poderá corrigir, não saia do sistema com algo errado isso vai lhe dar muito transtorno depois.
  5. Confirmação do Requerimento: a última etapa de todo o processo, aqui você será informado com o número de protocolo e os documentos que devem ser apresentados no dia e horário marcado, leve-o consigo para conseguir ser atendido.

Caso ainda lhe reste dúvidas, busque a Central de atendimento do INSS pelo telefone, o número para contato é 135. Compreenda que está número pode receber ligações de todo o país e é totalmente gratuito.

SISOBI – Consulta de Óbito DATAPREV

O que é SISOBI?

O SISOBI é um processo digital que torna mais simples o procedimento de comunicação de falecimento à Previdência Social. Nem todos os cartórios do País usam, no entanto, a tendência é que o SISOBI seja ampliado para o Brasil todo.

SISOBI quer dizer “Sistema Informatizado de Controle de Óbito” e é administrado pela Previdência Social. Para usar o SISOBI, os cartórios precisam fazer cadastro prévio na previdência social por meio da internet.

sisobi

Após fazer cadastro no SISOBI, o cartório tem acesso ao Sisobinet, que está no site da Previdência. Também é possível fazer download do Sisobi.

Como comunicar morte pelo SISOBI?

Para comunicar falecimento pelo SISOBI é simples. Todos os dias os óbitos são cadastrados. No final do mês, o arquivo é transferido para a Previdência Social. Os dados constantes no SISOBI são levados por mídia digital às gerências do INSS.

Os dados são armazenados no sistema do INSS. Depois das mortes, aposentadorias são finalizadas, pensões são concedidas, dentre outros, tudo isso graças à parceria com o DATAPREV do INSS.

Quando há o repasse do falecimento, pagamentos de determinados benefícios são suspensos.

Prazo SISOBI

Os óbitos devem ser comunicados até o dia 10 de cada mês. Deve constar, além do nome do falecido, outros dados pessoais, como nascimento, filiação, dentre outros. Isso para que se evitem confundir pessoas com o mesmo nome.

O horário de funcionamento do SISOBI é de segunda à sexta, das 7h às 23h. Caso o cartório não informe a morte ao INSS, pode sofrer multas que começam e R$ 800 e podem ultrapassar R$ 80 mil reais.

Regulamento SISOBI

O SISOBI é regulamentado pela Portaria 847/2001, que aprovou os termos do programa.

Por que é importante informar falecimento no SISOBI?

Com a informação do falecimento, é possível abrir inventário, seja ele extrajudicial ou judicial, bem como informar demais órgãos governamentais a respeito da situação. Assim, é muito mais fácil constatar fraudes, ou seja, pessoas que continuam recendo aposentadoria do falecido ou pensões que não lhes são devidas.

Até para que se possa vender os bens do falecido, é preciso que tudo esteja em conformidade com as leis de sucessão.

Não é raro ver inúmeros casos de fraude desse tipo comumente em mídias sociais. Isso é extremamente ruim para toda a população, pois o dinheiro do INSS está sendo gasto com quem não tem direito a receber benefício do INSS.

Com isso, quem precisa e tem direito talvez demore mais para receber.

Tirou todas as suas dúvidas sobre o SISOBI? Não perca tempo e, caso queira informações adicionais, acesse o site da Previdência Social ou do INSS para obter mais informações sobre SISOBI.

Informar um falecimento é uma obrigação de cartorários. Se isso não acontecer, e for de modo intencional, poderão vir diversas consequências de ordem administrativa, criminal e até mesmo indenização civil. Logo, para não ter problemas, em caso de falecimento, comunique o cartório de sua preferência para que ele repasse as informações ao governo federal.

Fui Demitido – Quais Meus Direitos?

Fui demitido quanto vou receber?

Fui demitido quanto vou receber agora? Antes de tudo, você precisa saber se foi demitido por justa causa ou sem justa causa. Se você foi demitido com justa causa – que pode ser uma das dispostas no artigo 482 da CLT – você receberá somente as férias simples e vencidas e, também, se existir algum saldo de salário.

Se for demitido sem justa causa, a empresa deve a você valores pertinentes ao aviso prévio proporcional, o saldo de salário, o seu FGTS com uma indenização de 40% e ainda, liberação de todas as guias de levantamento do seu FGTS e do seguro desemprego.

fui-demitido-quais-meus-direitos

Fui demitido, quais meus direitos e como calcular

Calcular valor a receber quando demitido pode dar um pouco de trabalho, mas conhecer os seus direitos é de suma importância, tanto neste quanto em outros casos.

O cálculo do aviso prévio é definido levando em conta 30 (trinta) dias corridos mais 3 (três) dias por ano trabalhado na empresa, sem ultrapassar 90 dias. O saldo de salário se dá pela contagem de dias trabalhados sem receber, pode ser calculado com o valor do salário divido por 30 (trinta) dias, ou ainda, o valor do salário dividido pelo número de dias trabalhados.

O cálculo do 13º salário é a contagem dos meses trabalhados a partir de janeiro. Sempre de quinze dias para cima, menos de 15 dias são descartados. As férias recebidas, porém, não gozadas em até 1 (um) ano devem ser pagas em dobro. Enquanto as não adquiridas devem ser pagas na mesma proporção dos meses trabalhados antes delas.

Suas horas extras, se você foi demitido sem justa causa, deverão ser pagas baseando-se no valor da hora acrescido de 50%, no mínimo. Se você saiu “devendo” horas para a empresa, estas não poderão ser descontadas na rescisão. Todas essas informações são válidas se foi demitido sem justa causa.

Fui mandado embora como calcular meus direitos

Ainda conversando sobre ser demitido sem justa causa, acontece a multa sobre o FGTS, a empresa deve recolher 50% do valor total que foi depositado pela empresa ao trabalhador que foi demitido.

Quero saber meus direitos como cidadão se fui demitido!

O seu plano de saúde pode ser mantido de 6 (seis) meses por até 1 (um) ano se o trabalhador demitido assumir o custo de sua parte que era pago pela empresa. Essa regra só é válida, se o indivíduo, enquanto empregado, tinha desconto em folha para este fim. Sendo assim, as condições oferecidas no seu plano, não podem ser alteradas.

Existem especialistas na área para te certificar de como calcular valor a receber quando demitido.

empregado-demitido-direitos

Fui demitido com justa causa

Quais são os meus direitos se ocorreu demissão com justa causa? Primeiramente, o que pode levar à demissão por justa causa, aqui citamos os seguintes exemplos: Incontinência de conduta ou mau procedimento; Ato de improbidade; Ato de indisciplina ou insubordinação; Violação de segredo da empresa; Abandono de emprego; Embriaguez habitual em serviço; Jogos de azar; ofensas físicas, em caso de ser menor aprendiz, a falta reiterada também faz ser demitido com justa causa.

São avaliados três elementos que configuram essa demissão: A gravidade, a atualidade e a imediação.

Se você foi demitido por justa causa, tem direito a apenas: Férias vencidas acrescidas de 1/3 constitucional, Salário-Família se for o caso, o saldo de salários e ainda ao Depósito do FGTS do mês da rescisão.

Fui demitido o que fazer?

Não adianta ficar falando “Fui demitido e estou triste”, o que adianta é estudar os seus direitos, contratar alguém que possa resguardá-los. Ressaltamos ainda que, se você recebeu aviso prévio, sua carga horária deve diminuir, já que precisa de tempo para encontrar um novo emprego e novas oportunidades para sua vida.

Quais meus direitos numa demissão?

Sabia que o trabalhador pode demitir a empresa? Sabe quais são seus direitos nesse caso?

demissao-direitos

A legislação permite que você recorra à justiça a fim de obrigar a empresa a te demitir em casos de quebra contratual, não pagamento de salários, situações de assédios, entre outros motivos. Se assim foi bem entendido pelo juiz, a empresa terá que pagar tudo que lhe é de direito. Se você sofreu assédio moral, ainda pode entrar com uma ação por danos morais!

Demitido sem justa causa

Se você foi demitido sem justa causa, pode ainda, sendo trabalhar formal ou não, solicitar seguro-desemprego. Alguns casos pouco conhecidos para se solicitar esse benefício são: Quando o profissional é afastado para realizar curso ou aumentar a qualificação profissional oferecidos pelo empregador; pescadores profissionais em tempo de baixa e /ou ainda, trabalhadores resgatados de condições que são semelhantes às de escravos.

Para recebimento do benefício, é necessário ter recebido salário por pelo menos 12 meses anteriores aos últimos 18 meses da data de dispensa, ou ainda, por 9 meses nos últimos 12 anteriores à dispensa.

INSS Suzano – Telefone, Endereço, Postos de Atendimento

Postos de Atendimento da Previdência Social em Suzano

Um posto de atendimento do INSS em Suzano tem várias funções, como tal o oferecimento de consultas de vários tipos de benefícios aos trabalhadores, como também acompanhar o pedido de seu beneficio seja ele de aposentadoria ou outro, sendo também possível saber quando poderá se aposentar ou até mesmo outras informações.

inss-suzano

Seja qual for a sua situação saiba que os postos do INSS em Suzano pode resolver seu problema, mas compreenda que será necessário marcar um agendamento online, pois esta é uma forma do Governo brasileiro de padronizar e facilitar a vida do trabalhador que necessita do beneficio.

Uma coisa que você precisa saber é que a unidade de atendimento do INSS em Suzano não vai realizar apenas atendimento e consulta em relação à aposentadoria, ela também oferece consulta a auxílios e solicitações como auxilio doença, pensão por morte, licença maternidade entre muitos outros.

Postos de Atendimento do INSS em Suzano

Se você deseja receber o atendimento do INSS no posto de Suzano saiba então algumas informações sobre a unidade do INSS em Suzano.

Endereço INSS Suzano

Endereço Previdência Social Suzano: Rua Campos Salles, 601 – Centro, Suzano – SP

Telefone INSS Suzano

Telefone Previdência Social Suzano: (11) 4747-4694

Horário de Funcionamento INSS Suzano

Segunda a Sexta: Das 7h às 17h

Agendamento INSS em Suzano

Antes de mais nada é importante que saiba que para marcar o agendamento do posto do INSS em Suzano é necessário você ir até o site oficial da Previdência Social e clicar em “Agendamento”, que vai está na aba do “Serviços do INSS”.

previdencia-social-suzano

Uma vez feito isso você deverá clicar no botão verde que diz “Agendamento”, então será levado para uma nova página a onde poderá realizar seu cadastramento no banco de dados do INSS e então poder ser atendido.

No primeiro momento será apenas necessário que você informe o tipo de serviço que deseja realizar, serão diversas opções como solicitação ou consulta, até mesmo de aposentadoria por invalidez, idade e tempo de contribuição, uma vez decidido qual é o tipo de serviço informe o código de verificação e clique em “Avançar”.

Compreenda que o código de verificação é gerado aleatoriamente, isso significa que cada vez que você for entrar no site estará um código novo.

Feito essa parte você será levado para a segunda etapa, que é o preenchimento de suas informações pessoais nos campos pedidos, a faça com calma para evitar o risco de errar, caso tenha alguma coisa errada você não poderá ser atendido.

Na terceira parte você deve apenas escolher a unidade para seu atendimento, em alguns casos pode ocorrer que somente de para escolher a unidade, sendo assim o horário e o dia marcado feito no momento vago, ou até você consiga escolher o dia, mas não o horário. Tendo algumas situações que poderá escolher o local, dia e horário.

Tudo vai depender da situação da unidade escolhida, então analise bem antes de confirmar.

A quarta etapa é simples, serve para você conferir todos os dados apresentados, apenas uma forma de você comparar seus dados ali apresentados com os seus documentos, evitando assim transtornos desnecessários.

A quinta e última etapa é a confirmação de seu requerimento, nesta você receberá um número de protocolo, através desse número você poderá fazer seu atendimento, não o perca de forma alguma.

Se ainda existir duvidas ligue para a Central de Atendimento do INSS, o número para contato é 135, ele é gratuito e pode ser realizado em todo o território brasileiro.

INSS Recadastramento

Recadastramento INSS

A ação de recadastramento do INSS surgiu em 2012, para todos os beneficiários que recebem através de cartão magnético, conta corrente ou poupança, essa foi a forma que o Instituto encontrou para manter atualizados os dados do beneficiário.

O objetivo do INSS é que, em todos os anos, haja essa atualização de cadastro, a fim de que seja assegurado que o benefício está sendo entregue a quem tem direito. Chama-se comprovação de vida INSS essa atualização, serve para coibir fraudes e evitar danos ao órgão.

recadastramento-inss

Prazo para prova de vida INSS

É dado um prazo parar que os segurados compareçam ao Instituto a fim de realizar o recadastramento INSS. Quem não puder comparecer no prazo, pode enviar um procurador para representa-lo legalmente e fazer a prova de vida. Usar um procurador também é uma saída para quem mora no exterior.

O que acontece se eu não fizer o recadastramento?

O Benefício das pessoas que não fizerem a prova de vida INSS corre o risco de ter o pagamento suspenso ou bloqueado. Caso o pensionista não faça a prova de vida INSS o mês de aniversário de recebimento, o sistema automaticamente suspende o pagamento até que tudo seja regularizado.

Recadastramento pensionista INSS

O principal objetivo do INSS é garantir o pagamento dos aposentados e pensionistas, para isso, vem fazendo atualizações e aperfeiçoando o sistema de análise das informações, assim concedendo o benefício especificamente para quem tem direito.

Se você ainda não recebeu nenhuma notificação para recadastramento INSS, procure o órgão e veja como está a sua situação, não corra risco de ficar sem o benefício.

Como fazer a prova de vida INSS

Comparecendo pessoalmente ou por meio de procuradores nas agências do INSS. Caso haja o mínimo de suspeita com relação à veracidade dos documentos e dados fornecidos, o INSS pode solicitar o comparecimento do beneficiário à agência mais próxima a ele e assim, investigar as informações passadas.

prova-de-vida-inss-recadastramento

Cartas e diário Oficial INSS

A primeira chamada para a prova de vida INSS foi realizada através de carta, entretanto, vários endereços desatualizados impediram os recebimentos.

Assim, a convocação se fez por meio de publicação no Diário Oficial da União na data de 01 de agosto de 2017. No Diário Oficial, você tem uma ferramenta de busca que pode ser utilizada para facilitar a encontrar seu nome na lista.

Prova de vida INSS Banco do Brasil

Os bancos deverão fazer por si mesmos a apuração da prova de vida INSS, a maioria dos bancos já começou a fazer o recadastramento, como Banco do Brasil,Itaú, Bradesco, entre outros.

Grupo especial de recadastramento

De modo a resolver algumas questões, como o de pensionistas e aposentados que recebem por meio de um procurador, foi criado um grupo especial que será atendido até o início do próximo ano.

Neste período, serão convocados apenas aqueles beneficiários que estão com dados inconsistentes no sistema. Assim, com o recadastramento INSS, poderão corrigir e atualizar as suas informações.

Você pode consultar sua situação cadastral no portal eSocial.

Prova de vida INSS

Não deixe para a última hora, se houver algum dado que você precise atualizar ou corrigir, o sistema não gira, e fica parado até que você corrija, sendo assim, pode demorar demais e você ter o benefício INSS bloqueado até que tudo se regularize. Fique bem atento!

inss-recadastramento

Biometria INSS

Aqueles que ainda não tem a biometria INSS cadastrada, oportunamente, serão convocados para fazê-la junto ao Instituto de identificação de seu Estado. Assim, acontece a integração e a modernização dos procedimentos.

Visita domiciliar na prova de vida do INSS 2017

Para atender a todos de uma forma igualitária, aquele beneficiário que não pode se locomover por motivo de doença ou dificuldade, pode ligar para o número INSS 0800-643-0037 e solicitar uma visita social a fim de fazer o recadastramento dele.

Esta visita somente poderá ser marcada, quando corrigidos os apontamentos no eSocial. Você também pode ligar neste número para verificar sua situação e tomar nota do que deve fazer.

Sendo a visita agendada, você não terá o benefício INSS suspenso ou cancelado, uma vez que as visitas ocorrerão posteriormente ao prazo e com devido aviso prévio, não importa quanto tempo ela demore para acontecer, o pagamento não sofrerá bloqueio.

Pessoas com mais de 80 (oitenta) anos que não tenham procuradores, podem solicitar a visita domiciliar, sem ter que provar o seu estado de saúde.

Prova de Vida INSS

Os beneficiários são convocados à provar vida INSS, ajustando todo o cadastro caso haja divergências, e renovam a senha do banco. Todos os aposentados, pensionistas e demais segurados do INSS devem fazê-lo, pessoalmente ou por meio de procuradores. São necessários documentos como: Documento de identificação com foto. A validação pode ser feita em qualquer agência do banco onde é correntista, caso não o faça, o beneficiário corre o risco de ter seu pagamento suspenso.

Quais meus direitos se eu pedir demissão?

O que tenho Direito se pedir demissão?

Muitos trabalhadores ficam receosos ao pedir demissão, não sabendo ao certo quais são os direitos e garantias que têm, o que pode causar algumas confusões e medo de se desligar da empresa que os emprega.

O pedido de demissão ocorre quando o empregado solicita o desligamento da empresa que lhe emprega.

quais-meus-direitos-se-eu-pedir-demissao

Ocorre que a maioria dos direitos ainda são preservados, mesmo quando o trabalhador pede demissão, não havendo necessidade para pânico.

Mas então, quanto vou receber se pedir demissão? As verbas rescisórias incluirão o descrito abaixo. Veja abaixo direitos ao pedir demissão.

Direitos pedir demissão: Salário, ou saldo residual

Primeiramente o seu salário, ou saldo residual com cálculo proporcional aos dias trabalhados. Essa é uma premissa básica, receber pelos dias que trabalhou até o momento do desligamento da empresa.

Direitos pedir demissão: Décimo terceiro

Poderá contar também décimo terceiro, na proporção aos meses trabalhados, sem restrição ou penalidade alguma, todo o valor deverá ser pago.

Direitos pedir demissão: Férias

Se as suas férias ficaram em haver, poderá recebê-las integralmente, não só as férias vencidas, mas também as proporcionais aos meses trabalhados por vencer.

Direitos pedir demissão: FGTS

É importante ressaltar que ao pedir demissão o empregado não vai perder nada do FGTS, ele apenas não vai poder sacá-lo. Este valor, que foi depositado na sua conta do PIS, vai continuar rendendo juros mais correção monetária. Quando o desligamento parte do funcionário, por meio do pedido de demissão, não posso sacar o FGTS, este saque só poderá acontecer em caso de compra da casa própria, aposentadoria, ou na eventualidade de ficar 3(três) anos sem trabalho registrado na carteira.

Direitos pedir demissão: Seguro Desemprego

Infelizmente para o funcionário, quando ele solicita o desligamento do emprego, não pode ter acesso ao seguro desemprego. Esta garantia está voltada exclusivamente para funcionários que são demitidos após no mínimo 18(dezoito) meses de trabalho.

como-pedir-demissao

Direitos pedir demissão: Obrigações

Mas não são só direitos, é importante ressaltar que também há obrigações quando o emprego pede demissão. O direito do trabalho prevê ressalvas que visam a segurança de ambas as partes envolvidas, empregado e empregador.

Direitos pedir demissão: Aviso Prévio

É necessário que o empregado, assim como o empregador, cumpra um aviso prévio de 30(trinta) dias, ou indenize a outra parte. Essa é uma garantia que visa não deixar nenhuma das partes “na mão”, afinal, assim como o empregado não arruma um novo emprego do dia para noite, o empregador também pode encontrar alguns problemas para substituir o colaborador que veio pedir demissão.

Direitos pedir demissão: Não quero cumprir aviso prévio

E se o empregado não quer cumpriraviso prévio? Terá de arcar com uma multa po raviso prévio, conforme explicado acima.

O empregado pode solicitar a dispensa da necessidade de cumprir o aviso prévio, mas é liberdade da empresa optar por descontar ou não o valor de um salário, afinal, o aviso prévio busca proteger ambas as partes.

Direitos pedir demissão: Quanto tempo a empresa tem para me pagar a rescisão?

Havendo o cumprimento do prazo de 30(trinta) dias de aviso prévio, a empresa tem de pagar o funcionário em até um dia útil. No caso de não haver o cumprimento, em até 10(dez) dias corridos, contados do pedido de demissão.

Direitos pedir demissão: Mas e se eu estiver na experiência?

Neste caso, o empregado terá desconto de metade dos dias que ainda faltam para cumprir o contrato de experiência, por exemplo, faltando 30(trinta) dias para encerrar, lhe serão descontados 15(quinze) dias de trabalho.

Direitos pedir demissão: Já tenho mais de um ano de empresa

Neste caso, a homologação do pedido de demissão deverá ser feita junto ao sindicato da categoria, ou numa Delegacia do Ministério do Trabalho. Lá, tanto o funcionário que solicitou a demissão, quanto um representante da empresa, deverão comprovar ao fiscal que homologará a demissão, que todas as verbas rescisórias foram devidamente pagas e quitadas, assim como qualquer obrigação que for cabida.

cartao-de-demissao

Direitos pedir demissão: Como pedir demissão?

A demissão deverá ser solicitada junto ao setor de recursos humanos da empresa, feita por uma carta de demissão, escrita de próprio punho. Para saber como pedir demissão imediata, basta ver o exemplo abaixo:

“À Empresa (nome da empresa)

Prezados,

Devido a razões pessoais, apresento por meio desta o meu pedido de demissão, solicito também o imediato desligamento das minhas funções nesta empresa, bem como a dispensa do aviso prévio.

Cidade, dia, mês e ano

Assinatura do empregado”

Direitos pedir demissão: Quando pedir demissão?

O pedido de demissão tem caráter pessoal, o empregado pode fazer isso a qualquer hora, conforme desejar, entretanto, é mais inteligente se planejar e pensar muito bem antes de tomar essa decisão. De qualquer forma, o funcionário só fica coligado à empresa enquanto quiser, não há nenhuma previsão legal para mantê-lo vinculado ao empregador.

Direitos pedir demissão: A empresa não quer me pagar

Na eventualidade da empresa se recusar a efetivar o pagamento de todas as verbas rescisórias ao pedir demissão, o empregado poderá buscar seus direitos junto à Justiça do Trabalho, por intermédio do sindicato, ou de um advogado.

Nas condições legais atuais, mesmo com reformas trabalhistas em andamento, o trabalhador não fica desassistido de seus direitos fundamentais, tão pouco vinculado a obrigações que lhe usurpem garantias. A legislação permite ao funcionário se desligar da empresa e ainda receber o que lhe é devido, sem ônus algum, com exceção ao que foi descrito sobre o aviso prévio.