Auxílio Emergencial Financeiro

O que é Auxílio Emergencial Financeiro?

O auxílio emergencial financeiro é conhecido como bolsa estiagem. Esse é um benefício concedido a famílias que atuam com agricultura familiar e que ganhem uma renda mensal de no máximo 2 salários mínimos.

auxilio-emergencial-financeiro

Outro requisito é que esses agricultores familiares morem em regiões que tenham sido atingidas por variações naturais, desastres e que tenham sido decretadas de calamidade pública ou situação de emergência, em face da destruição.

Há muito anos, o número de famílias que sobrevivem da agricultura vem diminuindo cada vez mais. Isso porque é difícil competir com grandes fazenda e latifúndios em relação ao preço do produto, que plantam e colhem em larga escala, barateando os valores.

No entanto, para os agricultores familiares, que muitas vezes não têm acesso a máquinas ou outras tecnologias do campo, a agricultura é um pouco mais dificultosa. Para que a agricultura familiar não seja literalmente extinta do País, o governo federal concede benefícios para as famílias que vivem e sobrevivem do campo.

A agricultura é uma atividade que depende em muito do clima. Logo, quando há qualquer variação, a depender do produto plantado, os agricultores familiares muitas vezes perdem toda a sua produção. Isso acarretará em grandes dificuldades financeiras, pois todo o dinheiro que gastaram com adubos, sementes e outros serão perdidos caso aconteça um problema natural como chuvas e tempestades muito intensas, por exemplo.

Com isso, é evidente que essas pessoas, para não seguirem a maioria e rumarem para as grandes cidades, devem ser incentivadas pelo governo federal com o auxílio estiagem.

Abaixo saiba quem tem direito ao auxílio estiagem, os valores e se há como fazer a solicitação do auxílio emergencial financeiro. Acompanhe o artigo para obter essas informações tão importantes para os agricultores familiares.

Valor Auxílio Emergencial Financeiro

O valor do auxílio emergencial financeiro pode variar conforme a região do Brasil. Em regra, ele é pago em parcelas que podem variar de número, no valor de, pelo menos, R$ 80.

bolsa-estiagem

Quem tem direito ao auxílio estiagem?

Para receber o auxílio estiagem, é necessário que as famílias sejam inscritas no CadÚnico do Governo Federal, bem como sejam declaradas aptas para exercício da agricultura pelo Pronaf. Outrossim, a propriedade deve estar localizada em local que tenha sido declarado de situação de emergência ou de calamidade pública reconhecidos pelo Governo Federal.

O valor do auxílio emergencial financeiro será pago junto com o bolsa família. Já quem não recebe o bolsa família pode sacar o auxílio emergencial financeiro com o cartão cidadão.

Como pedir auxílio emergencial financeiro?

Para solicitar o auxílio emergencial financeiro a família deve ser selecionada pelo Ministério da Integração Nacional. Assim, não há como pedir o auxílio estiagem. É o próprio governo que decide quem tem direito ao valor.

Se você precisar de mais informações sobre o auxílio emergencial financeiro, acesse o site do Ministério da Integração Nacional ou, também, o site da Caixa Econômica Federal e tire todas as suas dúvidas.

Seja Digital 2018 Inscrições, Agendamento

O que é o programa seja digital?

A diversão de milhares e milhares de brasileiros é, sem dúvida, ver televisão. Longe de tentar criticar ou contestar a qualidade da programação da televisão aberta (aquela que é acessível por todo mundo, mesmo sem pagar nada), novelas, filmes, programas com os nossos personagens favoritos, programas policiais, de humor, esportes como o querido futebol brasileiro, dentre outras inúmeras programações estão ao alcance de quem quiser ver.

seja-digital

Mas você sabia que o sinal analógico de TV será encerrado em várias cidades do Brasil? O novo sistema digital já é uma realidade e em breve todos os municípios do País passarão a ser contemplados por essa tecnologia.

O que muita gente não sabe é que a inscrição no programa Seja Digital 2018 proporciona kits gratuitos para quem ainda não está preparado para receber o sinal digital.

O sinal analógico é aquele que fica cheio de chuviscos e que as pessoas muitas vezes precisam usar e abusar da criatividade para fazer os aparelhos funcionarem ou até mesmo a imagem ficar melhor (vale ate usar esponja de aço, para alguns).

Mas já pensou parar de ter problemas e assistir TV como se estivesse vendo um filme no cinema? Pois é. Isso será possível graças ao seja digital 2018.

Kit seja digital 2018 Gratuito

Os kits do Seja Digital 2018 funcionam muito bem com a nova tecnologia de sinal digital, tendo em vista que o velho modelo, por meio de antenas, será finalmente extinto no Brasil. Para ter acesso ao kit é preciso que você seja beneficiário de algum programa do governo, como o CadÚnico ou Bolsa Família.

Muita gente está se perguntando se tem direito ao Seja Digital 2018. Para ter certeza e não perder a chance de ter os equipamentos oferecidos, basta que você acesse o site e confira todas as exigências estabelecidas. Até o momento, centenas de pessoas já foram contempladas com o kit. Acesse você também o site e se inscreva para receber.

Se você é beneficiário do Bolsa Família, por exemplo, tem esse direito garantido. Basta fazer inscrição nosite Seja Digital 2018 para agendar a retirada. Através desse cadastro você ficará sabendo o dia e local onde precisará comparecer para retirar o kit digital. Além do Bolsa Família, vários outros programas governamentais dão direito ao recebimento do kit, como carteira do idoso, água para todos, Pronatec e muitos outros.

seja-digital-agendamento

Agendamento Seja Digital 2018

Após agendar o Seja Digital 2018, você precisará comparecer até o local de retirada do equipamento. Antes disso, no entanto, a entidade faz uma análise acerca dos requisitos, para saber se de fato você é uma das pessoas beneficiadas pelos programas de assistência do Governo. Durante a fase de agendamento você pode, inclusive, escolher o dia e local para retirada do material.

Uma das grandes vantagens oferecidas pela entidade responsável pela distribuição dos kits de TV digital é a possibilidade de fazer o agendamento pela internet. Isso mesmo, é possível se inscrever no Seja Digital 2018 online funciona muito bem. Basta que você acesse o site e preencha um formulário com os seus dados pessoais, incluindo o número do seu cadastro em algum programa do Governo Federal.

Como fazer inscrição Seja digital 2018

Faça já a sua inscrição no Seja Digital 2018 pela internet e não deixe de acompanhar os seus programas de TV favoritos. Várias cidades brasileiras já foram afetadas pela interrupção do sinal analógico de TV, que foi substituído definitivamente pelo sinal digital. Por isso é importante que você se prepare para utilizar o novo sistema. Essa nova tecnologia está revolucionando a forma como os brasileiros assistem TV aberta.

Cada família brasileira de baixa renda receberá um kit, de forma que seja possível acessar o sinal de TV digital. Existem várias vantagens oferecidas pelo sinal digital, como qualidade de imagem e som. Se você estava se perguntando como se inscrever no Seja Digital 2018, agora está muito fácil. Não perca essa oportunidade de ter o equipamento completo de forma totalmente gratuita. Acesse: www.bolsafamilia.net

seja-digital-inscricoes-cadastro

Outras opções ao seja digital

Algumas operadoras de televisão local, a fim de manter a possibilidade de as pessoas em continuarem assistindo televisão, bem como considerando que o aparelho digital, que custa em torno de R$ 200 (duzentos reais) para mais, não pode ser comprado por qualquer pessoa, estão se mobilizando para entregar kits digitais para a população carente.

Essa é uma iniciativa bem interessante, até porque como se sabe boa parte dos brasileiros ainda não têm condições de pagar televisão privada (como sky, net e outras), que podem custar alguns dígitos por mês. E agora imagina se essas pessoas ficassem sem televisão? Sua opinião sobre a televisão pode ser diferente, mas você deve reconhecer que esse aparelho faz parte da vida de inúmeras pessoas e que o kit digital será a alegria de muita gente.

Morar Bem, Viver Melhor 2018 Inscrições Feirão

O que é o programa morar bem 2018?

O programa Morar Bem, Viver Melhor 2018 é uma iniciativa do Governo de São Paulo que visa facilitar o acesso à casa própria no Estado. Já forma centenas de pessoas beneficiados e agora você também pode participar e garantir um imóvel com preço bem abaixo do mercado.

morar-bem-viver-melhor

O Feirão Morar Bem, Viver Melhor 2018 vai oferecer várias oportunidades para servidores públicos e beneficiários do auxílio-moradia. Se você se encaixa em uma dessas categorias, não perca a chance de participar do evento. Os imóveis disponibilizados durante o feirão serão novos e com condições exclusivas.

Outra grande vantagem oferecida para aqueles que fizerem a inscrição no Morar Bem, Viver Melhor 2018 é que as empresas incorporadoras arcam com todos os valores referentes a documentação. Isso significa que você não terá que se preocupar com a parte burocrática de aquisição de uma propriedade imóvel.

Tanto os documentos de registro quanto o ITBI (Imposto sobre a transmissão de bens imóveis) fica por conta das incorporadoras. Isso já facilita muito, até porque os gastos com a papelada de um imóvel podem ser altos e devastadores.

Aliás, esse é um ponto em que os proprietários devem sim se atentar se estiverem comprando a casa própria, sem falar nos impostos, como já mencionamos. Depois tem a escritura e outros gastos com cartório. É por isso que o programa morar bemvem muito a calhar para as pessoas, não é mesmo?

Como funciona o programa morar bem 2018?

Para saber como funciona o Feirão Morar Bem, Viver Melhor 2018, basta que você consulte informações sobre o programa através da página do Governo de São Paulo na internet.

Lembre-se de que os cheques oferecidos só poderão ser usados durante a realização do evento, de forma que é fundamental estar atento. Uma das grandes vantagens oferecidas pelo programa é a possibilidade de já sair do Feirão com a chave da casa ou apartamento.

Os imóveis novos disponibilizados no programa podem estar finalizados, em construção ou na planta. De acordo com o Governo, os preços serão exclusivos, de forma que um número grande de pessoas de baixa renda possa adquirir uma casa própria. Para fazer inscrição no Morar Bem, Viver Melhor 2018 você precisa se enquadrar em todos os requisitos desse programa habitacional.

morar-bem-viver-melhor-inscricoes-sorteio

Sorteios Morar Bem, Viver Melhor

O Morar Bem é feito por meio de sorteio. Isso porque são muitas pessoas interessadas no programa. Desse modo, para que tudo seja justo e possa proporcionar igualdade de oportunidades entre os candidatos inscritos no morar bem, essa foi a forma mais justa e igualitária encontrada pelo governo para que ninguém se sinta lesado ou insatisfeito.

Os sorteios do morar bem 2018 ainda não ocorreram. Esse é mais um motivo para que você não perca mais tempo e procure informações sobre o programa morar bem em São Paulo.

Aliás, o morar bem é um verdadeiro sucesso entre as pessoas. Aí está mais uma razão pela qual você deve sim se inscrever no morar bem o quanto antes possa, a fim de que tenha chances de ser contemplado.

Como fazer a inscrição do programa morar bem?

As inscrições no Morar Bem, Viver Melhor 2018 podem ser feitas por todos aqueles que se encaixam na categoria de baixa renda e sonham em conquistar a casa própria.

Participar do Feirão do Morar Bem, Viver Melhor 2018 é o primeiro passo para conseguir realizar esse grande sonho. Ter uma casa própria, fugir do aluguel ou mesmo parar de morar em casa de familiares é uma grande conquista. O Governo do Estado de São Paulo já disponibilizou milhões de reais em recursos para custear o programa.

feirao-morar-bem-viver-melhor

Cheques-moradia de 5 a 40 mil reais são entregues aos participantes do feirão, que podem gastar o valor apenas durante o evento, com a compra de um imóvel próprio. Para ter esse benefício é de extrema importância que você faça sua inscrição no Feirão Morar Bem, Viver Melhor 2018 pela internet. Durante a realização do evento apenas imóveis novos estarão disponíveis.

Como você pode perceber, fazer o cadastro no programa morar bem não é tão complicado o quanto parece. Basta preencher os requisitos e certamente você terá a sua tão sonhada casa nova!

Agora que você já sabe tudo sobre o Morar Bem, Viver Melhor 2018, está na hora de se inscrever para participar do Feirão.

Trata-se de uma oportunidade única para você que sonha em finalmente ter um cantinho só seu, sem ter que se preocupar com aluguel. Centenas de famílias já foram beneficiadas pelo programa e agora você pode ser um dos sortudos.

Perdeu o último feirão morar bem? Não tem problema. Em 2018 tem muito mais morar bem para você. Participe do Feirão Morar Bem 2018 e garanta um imóvel novo. Saiba mais também acessando o site www.minhacasaminhavida.me

Renda Cidadã – Valor, Saldo, Inscrições

O que é renda cidadã?

O Governo possui vários programas assistenciais para ajudar a população brasileira mais necessitada. Um deles é o Renda Cidadã, que assim como o Bolsa Família contribui para a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros do Estado de São Paulo. Descubra agora como funcionam as inscrições no Renda Cidadã e não perca a oportunidade de ter o benefício.

renda-cidada

Desde a sua criação, o programa do Estado de São Paulo já mudou a vida de milhares de famílias que viviam em situação de extrema pobreza. Existe também o programa Novo Renda Cidadã em Goiás e que pode ser ampliado para outros estados.

Muitas pessoas criticam programas sociais, mas esse tipo de iniciativa ajudou muita gente, afinal de contas, há famílias para as quais R$ 50,00 por mês faz a diferença entre se alimentar e não se alimentar. E não é exagero.

Em vista da disparidade de rendas no Brasil, que chega a ser absurda e salta aos olhos de qualquer pessoa, há famílias em situação bem complicada. Por isso, programadas como o renda cidadã são tudo o que muita gente tem.

E evite fazer comparações. Talvez você tenha tido oportunidades ou conseguido superar a pobreza justamente porque alguém te deu uma chance. Esse é o espirito do programa renda cidadã.

renda-cidada-consulta-saldo

Abaixo, vamos conhecer diversos pontos do programa renda cidadã, bem como em elação à como proceder para fazer a inscrição, qual o valor do renda cidadã, dentre outros diversos dados que podem ser de seu interesse. Vamos lá?

  • Requisitos: inscrição renda cidadã
  • Valor: renda cidadã
  • Consultar saldo: renda cidadã
  • Como fazer inscrição: renda cidadã

Requisitos: inscrição renda cidadã

Um dos requisitos para fazer inscrição no Renda Cidadã é que a renda por pessoa da família seja inferior a ¼ do salário mínimo. Ou seja, trata-se de um programa que visa ajudar quem realmente precisa de uma renda extra.

Renda Cidadã Valor

Os pagamentos são mensais e por período determinado, que pode chegar a até 36 meses. O valor do Renda Cidadã pago é de aproximadamente R$80,00 por família cadastrada no programa. Trata-se de uma quantia pequena, mas que faz toda a diferença na vida das famílias que vivem com menos de um quarto do salário mínimo por pessoa. Levando-se em conta a situação de pobreza do Brasil, esse benefício é mais do que justo.

Muitas pessoas criticam o programa quando ficam sabendo qual é o valor do Renda Cidadã. Mas é preciso levar em conta que muitos brasileiros não recebem o suficiente para sobreviver, então qualquer quantia extra durante o mês já ajuda. Sem falar que o valor recebido através do Renda Cidadã pode ser acumulado com outros benefícios do Governo Federal.

renda-cidada-valor-calendario-pagamento

Consultar saldo renda cidadã

Se você já é inscrito e deseja saber o saldo do Renda Cidadã, é muito fácil. O procedimento pode ser feito através das agências cadastradas ou mesmo na própria Caixa Econômica Federal.

Agora todas as pessoas cadastradas no programa recebem um cartão para consulta e saque dos valores mensalmente. Dessa forma ficou muito mais fácil consultar o saldo do Renda Cidadã.

Mas atenção: não passe seus dados e nem sequer o seu cartão renda cidadã para ninguém. Isso evita fraudes e faz com que você receba seu benefício corretamente todos os meses.

Como fazer inscrição Renda Cidadã

Para se inscrever no Renda Cidadã, caso você preencha os requisitos exigidos pelo Governo do Estado de São Paulo, tudo que você precisa fazer é comparecer a uma das unidades do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) mais próximo da sua casa.

Leve todos os documentos do seu grupo familiar para que você possa ser cadastrado nos programas sociais e passar a receber os benefícios mensalmente.

A partir do momento em que você começar a receber o valor do Renda Cidadã, será necessário atualizar os seus dados cadastrais com frequência. Essa é uma forma do Governo de fiscalizar para saber se você ainda preenche os requisitos exigidos. Para famílias com filhos em idade escolar, é necessário apresentar relatórios sobre a frequência escolar.

renda-cidada-quem-tem-direito

Apesar do valor ser pago pelo período de até três anos, sem possibilidade de prorrogação, o saldo do Renda Cidadã já ajuda bastante.

Afinal de contas, são 36 meses recebendo o benefício. Faça já a sua inscrição e não perca de melhorar as suas condições de vida. Esse é um excelente programa do Estado de São Paulo que está contribuindo muito para o desenvolvimento nacional.

Caso você tenha alguma duvida, não hesite em contatar a prefeitura do município de São Paulo para obter mais informações sobre o renda cidadã. Aproveite essa oportunidade e chance de crescer e poder construir os seus próprios caminhos com a ajuda do programa renda cidadã.

Garantia Safra 2018 – Pagamento, Consulta

Garantia Safra 2018 Consulta

O programa Garantia Safra é uma importante iniciativa do Governo Federal que visa ajudar financeiramente famílias que produzem na zona rural. Em muitas regiões do Brasil a seca ou o excesso de chuva prejudica as colheitas, deixando famílias inteiras sem sustento. O pagamento do Garantia Safra 2018 é feito para todas as famílias de regiões que perderam mais de 50% da colheita prevista.

Segundo o governo federal e o MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário), em seu site na internet, em 2017 mais de 860 mil agricultores familiares já tinham se beneficiado do Garantia Safra.

garantia-safra

O que é garantia safra?

O garantia safra é, portanto, uma enorme ajuda aos pequenos agricultores que continuam exercendo essas atividades tão importantes relacionadas à agricultura e à pecuária, afinal de contas são elas que nos alimentam, mas que podem ser dificultosas, especialmente por tratarem da natureza e dela dependerem.

Garantia safra Qquem tem direito

Para que você tenha direito ao benefício é necessário observar alguns requisitos. De acordo com o Governo, as famílias de agricultores com renda familiar mensal inferior a 1,5 salário mínimo podem se cadastrar para o programa. Lembrando que para receber o pagamento do Garantia Safra 2018 o seu município deve estar previamente cadastrado no programa.

garantia-safra-pagamento

Consultar Seguro Safra 2018

Se a sua região apresenta secas ou chuvas intensas que prejudicam a safra, cobre do prefeito local a inclusão do município no programa Garantia Safra. Se você está na dúvida se a sua região está ou não cadastrada, pode consultar o Garantia Safra 2018 pela internet. Dessa forma você ficará sabendo sobre a aplicação do benefício à sua região.

Há como consultar a lista do garantia safra por município, inclusive. No entanto, é mais comum que o garantia safra seja concedido para as regiões norte e nordeste do Brasil, que são as que mais sofrem com secas e outros tipos de intempéries.

Em algumas regiões o garantia safra é pago a agricultores que lidam com determinados tipos de culturas de plantações, como feijão, soja, dentre outros, que tiveram alguma perda oriunda de produtos causados por questões relacionadas ao clima ou outros problemas que possam ter influenciado a produção. O garantia safra não deixa os agricultores desemparados.

garantia-safra-consulta

Valor do garantia safra 2018

O valor do pagamento do Garantia Safra 2018 é de aproximadamente R$800,00 e é realizado anualmente. Se o seu município já aderiu ao programa, você pode fazer a inscrição do Garantia Safra 2018 da sua família para receber o valor. Após a inscrição existe uma análise para saber se os critérios para concessão do Garantia Safra foram observados. Claro, isso também será determinante para a manutenção do beneficiário no garantia safra 2018.

Agora que você já sabe como consultar o Garantia Safra 2018, está na hora de procurar saber se você pode receber o benefício. Se você já é um beneficiário, tome cuidado para não perder esse direito.

Existem várias exigências para a manutenção do benefício garantia safra, que devem ser observados por todos os membros do grupo familiar. Esse um importante programa do Governo que ajuda os agricultores rurais nos momentos difíceis.

Programa Morar Melhor 2018 Inscrições

Inscrições Programa Morar Melhor 2018

Um dos melhores programas de melhoramento urbano existentes no Brasil é o Programa Morar Melhor 2018. Trata-se de um projeto que visa reformar unidades de moradia urbana que se encontram em situação de precariedade. Dessa forma, muitas famílias estão conseguindo maior acesso a saneamento básico e estrutura mínima em suas residências. Descubra como participar do Programa.

As inscrições para o Programa Morar Melhor 2018 podem ser feitas por pessoas que se encontram em situação de baixa renda. Com a verba repassada pelo programa você poderá reformar a sua casa, melhorando a sua qualidade de vida e também de sua família.

programa-morar-melhor

Inscrição Morar Melhor 2018

Como o próprio nome do programa indica, o seu objetivo é melhorar a qualidade de moradia dos brasileiros que residem em áreas sem acesso a água, energia elétrica e esgoto. Normalmente o dinheiro do programa é utilizado para reformar e melhorar as residências particulares. Para fazer inscrição no Programa Morar Melhor 2018 é muito fácil.

O atendimento preferencial do programa é para famílias cujas residências se encontrem em situação de risco. Casas com rachaduras, goteiras e estrutura danificada são completamente reformadas. Ao final do programa, a residência é entregue ao morador em condições de uso. Para fazer a inscrição online no Programa Morar Melhor 2018 você deve consultar o site da prefeitura do seu município.

Lista de contemplados Morar melhor

Cada município é responsável pela realização e controle do programa. Para saber se o programa já está disponível no seu município é preciso entrar em contato com as autoridades públicas locais. A dica é que você procure orientações na própria prefeitura. Agora que você já sabe como se inscrever no Programa Morar Melhor 2018, está na hora de aproveitar.

Não há uma lista de contemplados do programa morar melhor. Em compensação, pelo site da Caixa ou pelo app você consegue, com o uso de login ou senha, acessar o programa morar melhor e ter todas as informações de que precisa para se manter no projeto.

programa-morar-melhor-inscricoes

Prêmio: Programa Morar Melhor Caixa

O Programa Morar Melhor é um sucesso! Tanto é que ganhou o prêmio de melhor projeto no Fórum Nacional de Habitação. Afinal de contas, não é só ter uma casa, mas sim ter uma casa que realmente seja habitável e dê o mínimo de conforto e dignidade para quem nela mora, não é mesmo? É bem essa a intenção do programa morar melhor.

Morar melhor Recadastramento

Todos os anos, a fim de verificar se os beneficiários ainda preenchem com os requisitos do programa morar melhor, é necessário atualizar o cadastro morar melhor. Isso é necessário também caso tenha havido alguma alteração nos seus dados, como casamento, falecimentos, dentre outras questões que possam impactar o seu contrato de moradia morar melhor da Caixa Econômica Federal.

Lembre-se de que a verba do governo é limitada e apenas uma parcela da população cadastrada é atendida. Por isso é importante que você não perca tempo e faça a sua inscrição no Programa Morar Melhor 2018.

Bolsa Verde 2018 Calendário, Pagamento

Calendário de Pagamento Bolsa Verde 2018

O programa Bolsa Verde é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA), que visa ajudar financeiramente famílias de baixa renda que morem na zona rural. O pagamento do Bolsa Verde 2018 já iniciou em vários Estados onde o programa já se encontra em desenvolvimento. Para não perder o benefício é importante que você fique atendo aos prazos de pagamento no calendário do Bolsa Verde 2018.

programa-bolsa-verde

Como funciona o programa bolsa verde e quem tem direito

Toda família cadastrada no programa recebe trimestralmente uma quantia em dinheiro. As parcelas, assim que concedidas, ficam disponíveis para saque durante cento e cinquenta dias. Para garantir o benefício você deve assinar um termo de compromisso, no qual confirma que realizará atividades de preservação. O calendário do Bolsa Verde 2018 é o mesmo do Bolsa Família.

Bolsa Verde 2018 Pagamento

O valor da Bolsa Verde 2018 pode chegar a R$ 300 (trezentos reais), pagos de modo trimestral, ou seja, a cada 3 meses.

Lembre-se de que para receber o pagamento do Bolsa Verde 2018 é preciso que você e sua família cumpram com o termo de compromisso assinado. Existem várias atividades de conservação e preservação que devem ser observadas pelos beneficiários do programa. Além do cuidado com a conservação dos recursos naturais, um dos critérios para a concessão do benefício é a renda familiar.

O programa prioriza as famílias que vivem em situação de extrema pobreza. Um dos pontos positivos é que é possível receber o Bolsa Verde 2018 em concomitância com outros benefícios, como o Bolsa Família. Se você estava na dúvida sobre como consultar o calendário de pagamento do Bolsa Verde 2018, já sabe que ele segue o mesmo cronograma do Bolsa Família.

Prazo Bolsa Verde

Os valores do programa bolsa verde serão pagos por até 2 anos pelo governo federal.

Bolsa Verde 2018 Inscrições

Quem tem interesse de fazer a inscrição no programa bolsa verde 2018 deve, primeiramente, se cadastrar no Programa CadÚnico – Cadastro Único do Governo Federal. Para fazer o CadÚnico basta ir à uma unidade de assistência social do seu município ou no CRA e fazer o requerimento.

É com base no Cad Único que você terá direito a outros benefícios do governo federal, se for o caso,  como, por exemplo, bolsa família, CNH Social 2018, dentre outros inúmeros programas dos governos federal, estadual e municipal.

bolsa-verde-calendario-pagamento

Bolsa Verde 2018 Calendário

Após o surgimento do Programa Bolsa Família Família, todos os benefícios que eram despendidos pelo governo federal passaram a ser unificados nesse programa.

Logo, dessa forma, o calendário do Bolsa Verde 2018 é o mesmo do pagamento do bolsa família 2018 do governo federal, o qual é divulgado todos os anos na tv, rádio, jornais e pelo site do governo.

Agora que você sabe tudo sobre como funciona o pagamento do Bolsa Verde 2018, está na hora de conhecer esse programa do Ministério do Meio Ambiente. Se a sua família se enquadra nos requisitos, está na hora de se inscrever para passar a receber o benefício. Ele é pago trimestralmente, por família, no valor de R$300,00. É pouco, mas já ajuda.

Bolsa Alimentação – Quem Tem Direito, Valor

Quem Tem Direito ao Bolsa Alimentação

Talvez você já tenha ouvido falar no programa bolsa alimentação do governo federal. Ele foi criado pelo Ministério da Saúde, a fim de proporcionar mais qualidade na alimentação de gestantes e mães lactantes, de 6 meses a 6 anos e 11 meses de idade.

No entanto, após o surgimento do Bolsa Família, esse programa foi unificado neste, junto com o Vale Gás do governo federal e outros benefícios. Saiba mais sobre o bolsa alimentação do governo federal logo a seguir.

bolsa-alimentacao

Quem tem direito ao bolsa alimentação

Tinham direito ao bolsa alimentação todos os municípios que eventualmente sejam cadastrados no Sistema Único de Saúde – SUS. Dentro de cada município destes, as famílias beneficiadas deveriam conter:

  • Gestantes (mulheres grávidas)
  • Nutrizes (mães que dão de mamar aos seus filhos)
  • Crianças de 6 meses a 6 anos e 11 meses de idade.

Tudo isso era pensado para que a mãe e o bebê ou criança não tivesse deficiências nutricionais. Assim, o bolsa alimentação ajudava a suprir eventual ausência de renda para a compra de alimentos adequados.

Esse programa, na verdade, foi extinto, passando a integrar o Bolsa Família. Agora, veremos como funciona a bolsa alimentação dentro do Bolsa Família.

Bolsa Família Gestante

Atualmente, o nome do Programa Bolsa Alimentação passou a integrar o Bolsa Família e se chama Bolsa Família Gestante ou Bolsa Família Nutriz.

Os requisitos são os mesmos observados no Bolsa Família, como famílias em situação de extrema pobreza.

Valor do bolsa alimentação

O valor do bolsa alimentação era de R$ 15,00 a R$ 45,00, a depender da situação e da renda de cada família beneficiada.

Atualmente, as crianças beneficiadas pela bolsa alimentação devem ter até 6 meses de idade e o benefício do bolsa alimentação pode ser pago em até 6 parcelas de R$ 35,00 cada uma.

O benefício bolsa alimentação pode ser cumulado com o Bolsa Família, o que é extremamente produtivo para as famílias de baixa renda, já que os custos para manter um bebê, por exemplo, não é dos mais baratos.

Como fazer inscrição no bolsa alimentação?

Para se inscrever no programa bolsa alimentação devem ser levados em consideração os mesmos requisitos do bolsa família.

Assim, você deverá procurar a secretaria municipal de assistência social do seu município ou assemelhada, ou o CRAS mais perto de você. Lá, você precisará entregar documentos de identificação dos seus familiares e os seus próprios, bem como comprovar renda.

Também será feita uma entrevista cm assistente social para verificar a sua situação, o que será determinante para o valor da bolsa alimentação que lhe será repassado.

Depois, você terá inscrição no Cadastro Único do Governo Federal – CadÚnico. Com esse número você terá outras milhares de possibilidades para receber diversos benefícios do governo federal, dentre eles fazem concursos públicos gratuitamente.

Tanto as mamães que estejam grávidas como aquelas que estão amamentando seus filhos têm direito ao bolsa alimentação do bolsa família.

Cartão bolsa família / bolsa alimentação

Finalmente, você receberá o cartão bolsa família, por meio do qual você poderá sacar o benefício bolsa alimentação para fazer compra de alimentos para sua família. Também é possível sacar o bolsa alimentação em quaisquer agências da caixa econômica federal ou de lotéricas.

bolsa-alimentacao-inscricoes

Bolsa alimentação gestante desempregada

Muitas pessoas se perguntam se é possível receber bolsa alimentação gestante desempregada. A resposta, no entanto, é “depende”. Isso porque tudo vai depender da renda per capita familiar.

Se a gestante estiver desempregada mas é casada com um marido que ganhe um salário razoável, ela não terá direito à bolsa alimentação, muito provavelmente, já que é considerada a renda familiar de todos os integrantes para o cálculo do bolsa família.

Caso a gestante seja sozinha, por exemplo, e esteja desempregada, pode ser que consiga a bolsa alimentação gestante do governo federal. No entanto, após conseguir um novo emprego, pode ser que não preencha mais os requisitos para receber a bolsa alimentação gestante e terá que cancelar o benefício.

Bolsa alimentação: como saber se tenho direito?

Se você é gestante ou acabou de ter seu bebê, mas tem dúvidas se preenche os requisitos do programa Bolsa Família, entre em contato com a caixa econômica federal nos canais de atendimento ou, ainda, vá até o setor responsável de assistência social do seu município. Lá você terá todas as informações sobre bolsa alimentação de que precisar.

Inclusive, pode tentar fazer o cadastro do bolsa alimentação para tentar o benefício, se estiver realmente precisando.

Se restou qualquer dúvida a respeito da bolsa alimentação / bolsa família do governo federal, não deixe de buscar essas informações junto à caixa ou ao seu município. O bolsa família é seu direito e poderá te ajudar a alimentar melhor você e sua família, com a ajuda financeira concedida pelo bolsa alimentação do governo federal. Acesse www.bolsafamilia.net

Cartão Reforma – Inscrições, Quem Tem Direito

Cartão Reforma Quem Tem Direito

O programa Cartão Reforma foi pensado pelo governo federal para ajudar famílias de baixa renda a fazerem a reforma de suas casas, comprando materiais de construção para a obra.

O objetivo do governo federal é que as famílias carentes venham a usar o cartão reforma para comprar materiais de construção para construir, reformar ou ampliar as suas casas, semelhante ao Minha Casa Minha Vida, porém de reformas.

cartao-reforma

Cartão reforma: valor

O valor do cartão reforma pode passar de R$ 9,5 mil reais.

Quem tem direito ao cartão reforma?

Quem tem direito ao cartão reforma é uma dúvida bem recorrente entre milhares de brasileiros.

Para pedir o benefício do cartão reforma você deverá preencher os requisitos abaixo:

  • Ter renda bruta (sem considerar os descontos) até R$ 2.800 reais mensais
  • Ter mais de 18 anos ou ter se submetido à emancipação
  • Possuir um celular válido
  • Só ser proprietário de um único imóvel
  • Morar em um dos municípios considerados pelo governo federal
  • Ter equipamentos e ferramentas necessários para a obra ou ter condições de arcar com os custos deles.

Quem não pode se inscrever no cartão reforma?

Se você se enquadra em algumas das condições abaixo, você não pode pedir o cartão reforma. Veja quais são.

  • Morar de aluguel ou em casa que não for sua
  • Pedir cartão reforma para imóveis que servem de comércio
  • Imóveis que estão em condições muito ruins
  • Imóvel que está sendo disputado na Justiça
  • Imóvel que fica nas famosas “invasões”, ou seja, em terrenos que não são regularizados.

cartao-reforma-inscricoes

Municípios: cartão reforma

Como já se falou anteriormente, não são todas as pessoas que têm direito ao cartão reforma, pois apenas alguns municípios são selecionados. A intenção do governo federal é estimular o crescimento e o desenvolvimento de algumas regiões do país.

E a maior dúvida, agora, deve ser essa: como saber se o meu município participa do cartão reforma?

Na verdade, é bem mais fácil do que parece. Primeiro você terá que acessar esse site http://capacitacao.cartaoreforma.cidades.gov.br/ente-federativo/#/relatorio

Depois, você precisará encontrar o Estado da federação onde você mora: sp, pr, ba, rs etc. Em seguida, busque o seu município para verificar se ele participa do cartão reforma.

Ao lado do nome do município existe um campo onde aparece um valor em reais. Se ao lado do nome do seu município houver o valor zero, quer dizer que você não vai conseguir o cartão reforma, ao menos nesse momento.

Esse valor quer dizer o montante de dinheiro que foi repassado ao governo federal para repasse à população do cartão reforma.

Valor do cartão reforma

E você deve estar ansioso para saber sobre o valor do cartão reforma, não é?Saiba que os valores do cartão reforma são ótimos, especialmente se você é dono de uma casa que quer reformar há bastante tempo, mas nunca teve oportunidade ou recursos para fazê-lo.

Veja os valores do cartão reforma:

  • Ampliações: pouco mais de 8 mil reais
  • Banheiro: pouco mais de 5 mil reais
  • Esgoto: mais de 1500 reais
  • Telhado: mais de 4500 reais
  • Instalações elétricas e assemelhadas: mais de 7 mil reais.

O valor máximo do cartão reforma por cada família participante do programa é de R$ 9.646,07.

Cartão reforma é empréstimo?

Não, o cartão reforma não é empréstimo. O cartão reforma é mais um benefício do governo federal para as famílias que sonham em reformar suas casas. O dinheiro não precisará ser devolvido, afinal de contas você já paga muitos impostos para isso.

Como se inscrever no cartão reforma?

Para se inscrever no cartão reforma tenha em mãos os seus documentos pessoais como RG, CPF, comprovante de residência, NIS, deve ser obrigatoriamente cadastrado no CadÚnico do governo federal, escritura pública que comprove a propriedade do imóvel, bem como os dados e o NIS das demais pessoas que morem na casa que será reformada, sem olvidar da apresentação de comprovante de renda.

cartao-reforma-quem-tem-direito

Como o cartão reforma ainda não tem data para começar, algumas prefeituras estão fazendo o cadastramento de famílias aptas para receber cartão reforma. As inscrições podem ser feitas geralmente no CRAS mais próximo de você.

Verifique mais informações junto ao seu município sobre o cartão reforma.

Como fazer cartão reforma

Assim que o programa começar, as famílias que forem aprovadas no cartão reforma, deverão recebe-lo por meio de seus municípios. Usando o cartão, poderão ser comprados estritamente materiais de construção para arrumar a sua casa, nada mais do que isso.

Além disso, as lojas de materiais de construção do cartão reforma deverão ser credenciadas pelo Ministério das Cidades do Governo Federal e deverão, inclusive, expedir notas fiscais. O governo ainda não divulgou inteiramente o regulamento do cartão reforma, mas assim que houver alguma novidade postaremos aqui para você.

Caso tenha ficado alguma dúvida, antecipe-se e procure o seu município a respeito do cartão reforma. Essa é a grande chance de reformar a sua casa própria.

CNH Popular 2018 – Inscrições

CNH Popular Inscrições 2018

Se você está pensando em tirar a carteira de motorista, mas não tem recursos suficientes, saiba que a sua chance pode ser a CNH Popular. Não sabe o que é CNH Popular? Nós vamos te ajudar a compreender esse programa que pertence aos DETRAN’s dos Estados. Então leia o artigo e saiba tudo sobre como fazer CNH Popular.

cnh-popular

O que é CNH social?

A CNH Social 2018 é um programa desenvolvido por alguns Estados do Brasil a fim de conceder carteiras de motoristas gratuitas para a população de baixa renda.

Atualmente, tirar a carteira de motorista pode ser realmente custoso. Há gastos com autoescola, taxas do DETRAN estadual, sem contar com o tempo despendido para tirar a tão sonhada carteira de motorista. Ou seja, tirar a carteira de motorista é caro e pode passar dos R$ 2 mil reais.

Em tempos de crise, pagar a CNH pode ser impossível para muitas pessoas. Foi justamente por isso que alguns Estados decidiram proporcionar a possibilidade de quem não tem condições de arcar com esses gastos. A isso se deu o nome de CNH Popular (ou CNH social).

A CNH Popular pode ser bem interessante para quem pensa em adentrar ao mercado de trabalho como motorista, por exemplo, já que há possibilidades de emprego informal fazendo UBER, Cabify, táxis e assemelhados. Ainda, ter a carteira de motorista pode te ajudar a conseguir outros empregos registrados, ou seja, com carteira assinada.

É por isso que a CNH Popular é um programa realmente efetivo, que pode dar muitas oportunidades para quem precisa. Tirar a carteira de motorista de graça pode ser muito vantajoso para você, abrindo-lhe novas portas no mercado de trabalho.

Como fazer cadastro: CNH popular 2018

A princípio, não são todos os Estados do País que oferecem a CNH Social.Os Estados que proporcionam a CNH Popular são:

  • Rio Grande do Sul
  • Pernambuco
  • Paraíba
  • São Paulo
  • Minas Gerais
  • Maranhão.

Como cada DETRAN dos Estados tem um pouco de liberdade para optar por implantar ou não algumas políticas públicas, é justamente por isso que a CNH Popular 2018 não é encontrada no restante do Brasil.

Acesse a página do DETRAN do seu Estado para consultar a CNH Popular 2018.

Como funciona CNH Popular?

A CNH Popular funciona da seguinte forma, onde você poderá:

  • Fazer a primeira CNH Popular 2018
  • Mudar de categoria para C, D e E.
  • Acrescentar outra categoria na CNH Popular

Você poderá fazer qualquer uma das mudanças na CNH Social e sem pagar quaisquer taxas por isso. Geralmente o número de vagas é limitado e, por isso, é bom ficar atento aos prazos.

Quem tem direito: CNH Popular 2018

Depois que você tiver convicção de que a CNH Popular 2018 existe no seu Estado, terá que preencher os requisitos específicos para fazer o cadastro na CNH Social. Esses requisitos poderão variar, mas, em regra, serão os seguintes:

  • Ter mais de 18 anos ao pedir a CNH Popular
  • Saber ler e escrever
  • Passar por testes psicotécnicos e de inteligência no DETRAN
  • Morar no Estado a pelo menos 2 anos
  • Ganhar até 2 salários mínimos “por cabeça” se estiver desempregado
  • Receber até 3 salários mínimos, para as demais pessoas.

Alguns DETRAN’s, como o do Rio Grande do Sul, fazem a previsão de cotas para pessoas afrodescendentes, mulheres e pessoas com deficiência, guardando até 50% das vagas para a CNH Popular.

cnh-popular-inscricoes

Quem não tem direito: CNH Popular

Agora que já vimos quem tem direito à CNH Popular, veremos quem não tem direito à CNH Social.

Não terão direito à CNH Popular:

  • Pessoas que já tenham dado entrada na CNH no DETRAN do seu Estado
  • Cometido crimes usando veículos automotores
  • Pessoas que tiveram CNH e carteira de habilitação suspensa.

Isso acontece porque o DETRAN valoriza as pessoas que querem novas oportunidades, bem como nunca tiveram problemas graves ou gravíssimos no trânsito, possibilitando fazer a CNH Popular.

Se você ficou interessado na CNH Social 2018, veja abaixo como fazer o cadastro na CNH Popular 2018.

Cadastro CNH Popular 2018

Se você gostou do programa CNH Popular e não quer ficar de fora dessa, aproveite e faça a sua inscrição na CNH Popular 2018.

Não são todos os anos que os DETRAN’s de alguns lugares do Brasil dão chance para fazer CNH de graça, sem qualquer pagamento de taxa.

Por isso é bom sempre monitorar a abertura das inscrições da CNH Popular para não perder.

Para fazer o cadastro CNH Popular basta entrar no site do DETRAN do seu Estado e localizar o campo “CNH Popular”. Ou acesse o site www.cnhsocial.net.br

Não perca tempo e faça a sua inscrição na CNH Social 2018. Em apenas poucos passos você poderá tirar a sua tão sonhada carteira de motorista de modo fácil, rápido e efetivo. E o melhor: a CNH Popular é totalmente gratuita, não é o máximo?

Bolsa Família 2018 – Cadastro, Quem Tem Direito

Cadastro Bolsa Família 2018

Você possivelmente já ouviu falar no Bolsa Família, um programa do governo federal que ajuda pessoas que estejam em situação de extrema pobreza a receberem uma renda mínima.

bolsa-familia-cadastro

O intuito do Bolsa Família 2018 é contribuir de forma construtiva para milhares de famílias brasileiras que se encontrem nessa situação, ajudando-as a estudar e a se alimentar bem.

Existem modelos e faixas diferentes de valores do Bolsa Família, o que vai depender de alguns fatores, como quantidade de filhos e outras informações.

O Bolsa Família 2018 vai ajudar muitas pessoas, especialmente em época de crise financeira. Infelizmente diversos cidadãos acabaram perdendo o emprego e ficaram sem renda alguma, o que pode fazer com que recebam o bolsa família 2018.

O Governo Federal diz que o Bolsa Família é um benefício provisório, pois assim que as famílias saírem da situação de pobreza, elas não têm direito ao benefício, pois poderão ter renda suficiente para sobreviver.

Quer saber mais informações sobre o bolsa família 2018? Acompanhe o artigo e saiba tudo sobre o Bolsa Família 2018, como valor, data de pagamento, como cadastrar, se o bolsa família 2018 vai ser cancelado, dentre outras várias informações.

Bolsa família cancelado 2018

Existem diversos rumores por aí de que o Bolsa Família será cancelado em 2018. A princípio, isso não é verdade. Por enquanto, o bolsa família permanece. Mas é sempre bom ficar atento às novidades no âmbito do Governo Federal, pois com a instabilidade política, mudanças podem ocorrer nesse cenário. Mas sabemos que é muito difícil isso acontecer realmente.

bolsa-familia-quem-tem-direito

Valor do Bolsa Família 2018

O valor do Bolsa Família, por enquanto, permanece inalterado, que pode variar de R$ 39,00 a R$ 85,00 mensais, a depender da categoria do benefício bolsa família 2018 a ser aplicado.

Cadastrar Bolsa Família 2018

Se você está pensando em se cadastrar no Bolsa Família 2018, deve, antes de tudo, procurar os centros de assistência social municipais da sua região. Ou, ainda, comparecer diretamente no CRA’s com documentos de identificação em mãos.

No CRAS você passará por uma triagem. Caso tenha o bolsa família 2018 aprovado, receberá o seu cartão bolsa família 2018 para fazer o saque dos benefícios.

O cartão chegará em sua casa o mais breve possível, para que você possa usar o valor do Bolsa Família 2018 para o que bem entender. O cartão bolsa família 2018será expedido pela Caixa Econômica Federal.

Login e senha: Bolsa Família 2018

Como nos anos anteriores, para fazer login e senha do cartão bolsa família basta comparecer em qualquer agência da caixa econômica federal para fazer isso.

Ou, ainda, se preferir mais comodidade, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal ou o aplicativo e ter muitas outras informações sobre o Bolsa Família 2018.

Calendário Bolsa Família 2018

Como se sabe, todos os anos o governo federal publica na mídia o calendário do Bolsa Família. O Calendário bolsa família 2018 ainda não foi divulgado. Assim que for, atualizaremos para você essas informações.

No entanto, para que você tenha ciência, o calendário bolsa família do ano anterior poderá te dar uma base a respeito das datas de pagamento do Bolsa Família 2018.

Veja abaixo o calendário de pagamentos do Bolsa Família:

bolsa-familia-calendario

Calendário atualizado você acessa no site www.bolsafamilia.net

O pagamento do Bolsa Família 2018 será feito seguindo uma ordem do NIS, ou seja, do CadÚnico do Governo Federal 2018. Nem todos os pagamentos do bolsa família 2018 são feitos no mesmo dia, como você pode ver acima.

O Cadastro Único é importantíssimo para que se possa receber o Bolsa Família 2018 e deve ser feito, por exemplo, nas prefeituras dos municípios. Além de sacar o Bolsa Família 2018 você terá outros benefícios como, por exemplo, ter direito a outros programas do Governo Federal 2018.

Todos os anos, o Governo Federal faz uma revisão na listagem Bolsa Família, o que não será diferente em 2018. Isso serve para verificar se as famílias beneficiárias ainda preenchem os requisitos do Bolsa Família 2018.

Se isso não acontecer, o benefício Bolsa Família 2018 pode ser cancelado ou suspenso. Isso também pode acontecer caso você deixe de sacar o bolsa família 2018. Na verdade, o bolsa família é imprescindível para muitas famílias de baixa renda. Se ele não for sacado, isso quer dizer que talvez não seja mais necessário para aquelas pessoas.

Por essa razão, nunca deixe de sacar o seu bolsa família 2018.

Cartão Bolsa Família 2018

Os pagamentos do Bolsa Família serão feitos por meio do Cartão Bolsa Família 2018.

Ele será encaminhado depois que o cadastro no Bolsa Família 2018 for aprovado. Com o cartão bolsa família 2018 você poderá sacar Bolsa Família 2018 em qualquer agência da Caixa Econômica Federal.

Ficou alguma dúvida sobre o Bolsa Família 2018? Para saber se houve alguma mudança dos benefícios para 2018, não deixe de acompanhar o site www.bolsafamilia.net

Auxílio Gás 2018 – Quem tem Direito

Auxílio Gás 2018 Inscrições

Talvez você não saiba, mas dentro do Programa Bolsa Família havia um benefício chamado auxílio gás.

Se você chegou até aqui provavelmente está querendo saber mais informações sobre o vale gás 2018, correto? Contudo, precisamos avisá-lo que o auxílio gás 2018 sofreu diversas modificações e agora está vinculado ao Programa Bolsa Família do Governo Federal.

auxilio-gas

Se você nunca leu nada e nem sequer ouvir falar a respeito do auxílio-gás, acompanhe o artigo para saber mais sobre esse benefício vale gás do Governo Federal para famílias de baixa renda. Ou, caso tenha alguma dúvida, poderemos te ajudar a saná-la. Vamos lá?

Auxílio gás: lei

O programa do Auxílio Gás veio no ano de 2002. Não uma lei que trate do Bolsa Família Auxílio Gás, mas sim o Decreto n° 4102/2002, que regulamenta a concessão de benefícios vale gás para quem tiver direito de recebê-los.

O auxílio-gásdo Governo Federal foi pensado para atender famílias de baixa renda, fazendo com que elas conseguissem comprar gás de cozinha pata suprirem as suas necessidades mais básicas do dia a dia. Como se sabe, o preço do gás de cozinha é, em regra, elevado.

No entanto, no final de ano de 2004 o benefício do auxílio gás foi cancelado pelo governo federal. Assim, não existe mais vale gás no Bolsa Família há algum tempo. Apenas as famílias cadastradas passaram a receber o auxílio gás e isso ocorreu há mais de 10 anos atrás.

Ou seja, já faz muito tempo que o auxílio gás não é pago, ou seja, não existe mais, ao menos tecnicamente.

Como todo programa do Governo Federal, o auxílio-gás tinha diversos requisitos a serem atendidos pelos beneficiários, os quais serão expostos abaixo.

Auxílio gás: quem tem direito

Não era todo mundo que tinha direito a receber o benefício do auxílio-gás. Mas, afinal, quem tinhadireito de receber auxílio-gás? São as pessoas que preencheram os seguintes requisitos:

  • Renda “por cabeça” de até metade de um salário mínimo;
  • Estar devidamente cadastrado no Cadastro Único do Governo Federal – CadÚnico;
  • Receber Bolsa Família

vale-gas

Valor auxílio-gás

O valor do benefício auxílio gás do governo federal era de R$ 7,50 (sete reais e cinquenta centavos) naquela época, o que representava um valor expressivo para famílias de baixa renda.

Se formos considerar uma família de 3 ou 4 pessoas que cozinham bastante ou, ainda, que usam gás de cozinha para outras finalidades, um botijão de gás pode ter uma durabilidade pequena.

Também não fazia sentido entregar benefícios e alimentos às pessoas carentes se elas, muitas vezes, não tinham nem sequer condições financeiras para comprar um gás, não é mesmo?

Vale gás 2018 x Bolsa Família

Para que várias famílias não ficassem desamparadas, em vista do cancelamento do vale gás, o Governo Federal tentou realizar uma “migração” das pessoas que tinham direito ao vale gás e ao Bolsa Família.

Logo, para ajudar o maior número de pessoas possível, o Governo Federal acabou cancelando diversos projetos que existiam naquela época, unificando-os no Bolsa Família.

Com o Bolsa Família, muitas pessoas acabaram sendo ajudadas, enquanto que apenas uma pequena parcela de cidadãos que precisavam de ajuda recebia vale gás.

Como naquela época ter auxílio gás era realmente importante para muitas famílias, essa iniciativa foi tomada para não prejudicar ainda mais quem dependia dos módicos valores do vale gás para sobreviver.

Auxílio Gás 2018

Para quem quer saber se existe auxílio gás em 2018, a resposta é: não. No entanto, caso você se enquadre nos requisitos para receber o bolsa família 2018 poderá solicitar esse benefício.

auxilio-gas-bolsa-familia

Frisamos: o benefício do vale gás 2018está unido ao Bolsa Família. Com essa lógica, o governo federal decidiu aumentar um pouco os valores de ajuda correspondentes aos benefícios. Assim, quem recebe bolsa família 2018 poderá comprar vale gás com os recursos que receber, bem como gastar o dinheiro com o sustento de sua própria família sem especificar onde.

Conseguiu tirar todas as suas dúvidas a respeito do vale gás 2018? Caso ainda tenha restado algum questionamento ou você precise de maiores informações a respeito do auxílio gás 2018 do governo federal, não deixe de acessar a página da internet do Ministério do Desenvolvimento Social – MDS.

Aliás, dentro do programa bolsa família há diversas várias modalidades de benefícios, como para idosos, grávidas, lactantes estudantes e muito mais. Caso você esteja aguardando a chamada Bolsa Família 2018 fique atento para não a perder. Embora não exista mais auxílio gás, o Bolsa Família 2018 veio para substituir aquele programa, trazendo, inclusive, maiores facilidades para os beneficiários.

Lá você terá diversos dados sobre o Bolsa Família 2018, como tipos de benefícios, requisitos que as pessoas devem ter para conseguir os benefícios, valores de cada um dos benefícios e muitas outras informações extremamente relevantes. Acesse o site www.mds.gov.bre saiba muito mais.