Contribuição Sindical Urbana GRCSU 2 Via, Emissão

O que é Contribuição Sindical Urbana GRCSU?

A Contribuição Sindical Urbana é um tipo de tributo que é de pagamento obrigatório por determinados profissionais em prol de sindicatos que os representam.

contribuicao-sindical-urbana

É obrigatório pagar a Contribuição Sindical Urbana GRCSU?

A princípio, a cobrança da Contribuição Sindical Urbana GRCSU é obrigatória. No entanto, é possível que você escreva uma carta ao seu empregador dizendo que não autoriza o pagamento dessa contribuição, que geralmente é feito por desconto em folha.

Mas se você deseja ajudar o sindicato da sua categoria profissional e que luta pela sua profissão a ter mais recursos para fazer isso, não deixe de pagar a Contribuição Sindical Urbana GRCSU.

As empresas também precisam pagar a Contribuição Sindical Urbana GRCSU.

Contribuição Sindical Urbana GRCSU: Boleto

Para emitir o boleto da Contribuição Sindical Urbana GRCSU é só acessar o site da Caixa Econômica Federal, preencher os dados solicitados e emitir o boleto da Contribuição Sindical Urbana GRCSU.

Após, você poderá pagar esse boleto em qualquer banco ou nas agências da Caixa ou, ainda, nas lotéricas.

GRCSU-caixa

Para que serve a Contribuição Sindical Urbana GRCSU?

A Contribuição Sindical Urbana GRCSU é paga pelas empresas às entidades de classe (sindicatos), ao Ministério do Trabalho, dentre outros.

Qual o prazo para pagar Contribuição Sindical Urbana?

Geralmente o prazo para pagamento da GRCSU vai depender se você tem uma empresa ou se é empregado.

Se você for empregado, o valor da Contribuição Sindical Urbana GRCSU será realizado na folha de pagamento do mês de março. Já se você for empresa, deverá pagar o boleto da Contribuição Sindical Urbana GRCSU deverá se realizar no mês de abril.

O mesmo acontecerá para pedir a 2 via da Contribuição Sindical Urbana GRCSU.

Quais as vantagens da Contribuição Sindical Urbana GRCSU?

É possível pagar esse tributo facilmente, apenas acessando o site da Caixa. Se você for correntista da Caixa, pode pagar o boleto em qualquer agência ou pelo internet banking caixa e nas casas lotéricas.

Além disso, ao expedir o boleto ou a 2 via de boleto da Contribuição Sindical Urbana GRCSU, você tem a convicção de que não sofrerá fraudes e que o pagamento realmente será realizado. No site você também poderá emitir o comprovante de recolhimento e a guia para pagamento.

Informações sobre a Contribuição Sindical Urbana GRCSU

Se você ainda precisa de esclarecimentos a respeito do boleto da Contribuição Sindical Urbana é só ir a alguma agência da Caixa e conversar com um atendente ou gerente.

E se você precisa demais comodidade para a sua empresa, peça informações sobre a Nova Plataforma de Cobrança Urbana da Caixa.

Lá todos os seus boletos e operações necessárias para o funcionamento da sua empresa ficarão registradas e cobradas diretamente da conta do usuário Caixa.

Tirou todas as suas dúvidas a respeito da emissão da GRCSU? Se não, não deixe de acessar o site ou entrar em contato com um dos telefones da Caixa. O procedimento é fácil e descomplicado e você poderá cumprir todas as suas obrigações tributárias de qualquer lugar onde estiver.

SEFAZ Consulta – NFE – Certidão Negativa

Consulta SEFAZ

A Sefaz é a sigla dada para a Secretaria de Estado da Fazenda Estadual. No entanto, cada Estado da federação tem uma SEFAZ.

sefaz

Muitas vezes o contribuinte precisa de informações sobre a regularidade de pagamento de impostos, boletos, informações e outros para poder praticar atos relacionados ao seu dia a dia.

Tudo isso ficou muito mais fácil com a consulta SEFAZ. Com a tecnologia, ficou muito mais fácil ter informações e resolver problemas com o Estado.

Quer saber como consultar o site da SEFAZ do seu Estado? Acompanhe o artigo.

O que é a SEFAZ?

A Sefaz, como já dissemos, é a Secretaria de Estado da Fazenda. É um órgão administrativo que trata dos assuntos pertinentes aos recursos financeiros dos Estados.

Atualmente muitos Estados já se modernizaram. Assim, as consultas sobre pagamento de impostos e outros pedidos podem ser formuladas pela internet. É muito mais fácil e cômodo. Antigamente caso alguém precisasse de um boleto de segunda via, por exemplo, era bem dificultoso consegui-lo. Mas hoje em dia tudo isso ficou mais fácil por meio da consulta online SEFAZ.

Abaixo separamos alguns Estados e suas respectivas Secretarias da Fazenda para que você possa fazer consulta da Nofa Fiscal Eletrônica SEFAZ.

Serviços da SEFAZ

Por meio do site da SEFAZ do seu Estado você pode fazer diversas solicitações, como boletos, ver a sua situação de regularidade ou não perante os tributos estaduais e outros.

À Secretaria da Fazenda é atribuída a competência de formular o orçamento do Estado, fazer a fiscalização e arrecadação de tributos, fazer a repartição dos valores arrecadados pelo Estado para as demais Secretarias, informar o governo a respeito das possibilidades de gastos com pessoal, com contratos, convênios etc.

Além disso, em grande parte dos Estados é possível pagar boleto do IPVA SEFAZ, ICMS SEFAZ e muito mais. Acessar o site da SEFAZ certamente vai economizar tempo e trazer mais comodidade tanto para pessoas físicas como para pessoas jurídicas.

Mas se você só quer fiscalizar a atuação das contas do seu Estado, pode fazer isso tanto pela Secretaria da Fazenda, como pelo Portal Transparência, que é obrigatório ´por lei. O Estado atua em nome de toda a população e, por isso, todos os seus gastos devem estar de fácil acesso para quem desejar ver.

sefaz-consulta

Como consultar SEFAZ

É possível consultar as SEFAZ dos Estados pela internet. Veja os sites a seguir.

  • Consultar SEFAZ PR: http://www.fazenda.pr.gov.br/
  • Consultar SEFAZ MS: http://www.sefaz.ms.gov.br/
  • Consultar SEFAZ MT: http://www5.sefaz.mt.gov.br/-/pague-seu-ipva
  • Consultar SEFAZ SC: http://www.sef.sc.gov.br/
  • Consultar SEFAZ SE: http://www.sefaz.se.gov.br/conteudo/63
  • Consultar SEFAZ SP: https://portal.fazenda.sp.gov.br/Paginas/default.aspx
  • Consultar SEFAZ RJ: http://www.fazenda.rj.gov.br/sefaz/faces/menu_structure/servicos
  • Consultar SEFAZ MG: http://www.fazenda.mg.gov.br/

Há outros vários Estados da federação em que você pode realizar consulta à SEFAZ pela internet.

Tirou todas as suas dúvidas a respeito da consulta à SEFAZ? Se não, acesse o site da SEFAZ do seu Estado e tire todas as suas dúvidas. Se for o caso, você pode até comparecer em algum dos postos físicos da SEFAZ mais perto da sua casa, a fim de resolver questões, fazer solicitações, dentre outros.

Imposto de Renda 2018 – Certificado Digital

IRPF 2018 Certificado Digital

Nesse novo exercício financeiro a Receita Federal facilitou o preenchimento da declaração de imposto de renda 2018 aos contribuintes por meio do certificado digital. Saiba mais sobre essa inovação acompanhando o artigo abaixo.

imposto-de-renda-certificado-digital

Imposto de Renda 2018: Como fazer certificado digital?

O certificado digital do imposto de renda 2018 vai facilitar muito a vida do contribuinte. No entanto, esse certificado digital do imposto de renda tem um custo, que pode custar mais ou menos de R$ 150 a R$ 500.

Usando o certificado digital do imposto de renda 2018, você terá acesso a uma declaração já pré-preenchida.

Você pode realizar todos os passos para fazer a declaração de imposto de renda diretamente pela internet.

Para fazer o certificado digital da Receita Federal você precisa:

  • Ter o certificado mediante pagamento
  • Ter apresentado as declarações do IR nos anos anteriores

Além disso, outra questão importante é que as pessoas com que você realizou compras, transações e serviços tenham enviado informações sobre você, como imobiliárias, médicos, dentistas etc.

Certificado digital: eCAC

Para quem adquirir o certificado digital da Receita Federal poderá acessar também o eCAC o sistema eletrônico da Receita Federal, por meio do qual o contribuinte pode acessar as informações que foram declaradas nos anos anteriores, regularizar sua situação com a Receita, dentre outros vários serviços.

Fazer a declaração do Imposto de Renda 2018 com o certificado digital 2018 é extremamente fácil, seguro e prático porque diminui imensamente a possibilidade de se cometer erros durante o preenchimento da sua declaração do IR.

Na última declaração, a Receita Federal fez um desconto para quem quisesse fazer o certificado digital do IR, com base em um cupom de desconto. No entanto, para o imposto de renda 2018 até o momento não há informações a respeito de novo desconto para a aquisição do certificado digital.

ecac-irpf-certificado-digital-receita-federal

Certificado digital ou e-Cpf?

O certificado 2018 é similar ao que chamam de e-Cpf, o que permite realizar transações e praticar diversos atos do dia a dia pela internet. É o mesmo que os seus documentos físicos na vida real, mas de forma eletrônica.

Mas atenção: o certificado digital tem um prazo de validade, como qualquer outro documento, como carteiras profissionais, por exemplo.

Para ter o certificado digital você deve encontrar alguma instituição credenciada ao ICP-Brasil, que é a única que pode realizar esse tipo de documentação eletrônica no País.

Geralmente, alguns cartórios oferecem o serviço de certificação digital, por um custo que pode iniciar em R$ 200.

Tirou todas as suas dúvidas sobre o certificado digital do imposto de renda 2018? Se tiver mais alguma dúvida converse com seu contador ou entre em contato com a Receita Federal ou acesse o site www.impostoderenda.net

A documentação eletrônica é o futuro e a tendência é que cada vez mais esse tipo de certificação seja aceita pelo Governo, por empresas, cartório e outras entidades. Desse modo, vale a pena fazer o certificado digital IR 2018 para se adiantar e começar a testá-lo no seu dia a dia. Não erre mais na declaração do imposto de renda usando o certificado digital.

Receita Federal Certidão Negativa CND – Cadastro

Receita Federal CND

A Receita Federal é o principal órgão do Brasil quando o assunto é fiscalização financeira do pagamento de tributos. Por isso, se você é contribuinte, é interessante ficar de olho na certidão da Receita Federal. Trata-se de um documento de regularidade fiscal que comprova que suas obrigações estão todas em dia.

receita-federal-certidao-negativa

Esse documento tem uma importância enorme com relação a negócios em geral. Tanto para pessoa física como para pessoa jurídica, estar em dia com o pagamento de impostos, como o Imposto de Renda, além de ser uma obrigação cívica, é imprescindível para o exercício de atos do dia a dia.

Para que você tenha uma ideia, estando com o CPF irregular em virtude do não pagamento de impostos você não consegue financiar uma casa ou até mesmo assinar contrato de locação formal.

Para as empresas, caso queiram contratar com a Administração Pública, se não estiverem regulares com relação à Receita Federal, ficarão impossibilitadas de realizar diversos tipos de negócios.

Além disso, pode ser perigoso, pois caso o valor devido seja alto você poderá sofrer execução judicial e perder bens móveis e imóveis, ter contas bloqueadas, além de muita dor cabeça, incluindo gastos com advogados, taxas judiciais e muito mais.

Desse modo, é sempre bom conferir se sua situação está regular emitindo a certidão da Receita Federal. Saiba mais como emitir a CND da Receita Federal.

Por que você não pode “dever” para a Receita Federal?

Ficar devedor da Receita Federal não é nada legal, pois os juros e multas cobrados podem ser altas e pesar no bolso do cidadão. Um dos tributos controlados pela Receita é o Imposto de Renda, que é pago anualmente pela maioria dos brasileiros.

Dito isso, acompanhe agora como consultar a certidão da Receita Federal de forma simplificada.

receita-federal-cnd-cadastro

Solicitar certidão da Receita Federal

Uma das grandes vantagens oferecidas por esse órgão é que a maioria dos serviços podem ser feitos pela internet, na página oficial da Receita. Para acessar a certidão da Receita Federal pela internet, tudo que você precisa é visitar o site e preencher um formulário eletrônico com os seus dados pessoais.

A certidão de regularidade fiscal da Receita Federal é o documento que faz prova de que todos os tributos foram pagos pelo contribuinte dentro do prazo legal. Dessa forma, funciona como um “nada consta”, que ajuda o cidadão. Caso exista alguma dívida em aberto, como um imposto não pago, por exemplo, essa situação pode ser vista na certidão.

Daí a importância de emitir a certidão da Receita Federal e conferir com frequência como anda a situação junto a esse órgão. Vale mencionar que a Receita Federal é conhecida pelas multas elevadas e não há perdão. Tudo que for devido deve ser pago, sob pena de sanções legais.

Agora que você já sabe o que é certidão da Receita Federal, que tal dar uma conferida no site do órgão? Basta acessar o site da Receita, a qualquer hora do dia, de qualquer lugar. Não há nenhum custo pelo serviço.

Receita Federal Passaporte – Renovar, Agendamento

Renovar Passaporte Receita Federal

Para quem deseja viajar para países do exterior, principalmente países da Europa, ter um passaporte é fundamental, já que esse documento é indispensável para o ingresso na maioria dos países. Descubra agora como fazer o agendamento do passaporte na Receita Federal e ter esse documento tão importante para quem gosta de viajar.

receita-federal-passaporte

Como agendar o passaporte na Receita Federal?

Para o agendamento de passaporte na Receita Federal pela internet, é indispensável que o interessado tenha feito de forma prévia a solicitação de passaporte, que pode ser feita também pela internet. Trata-se de um procedimento preparatório, tendo em vista que o agendamento constitui uma das etapas finais do processo.

Acesse o site da Receita Federal e informe nos campos específicos os dados exigidos pela receita. O procedimento é todo informatizado, tendo em vista que através do agendamento o interessado fica sabendo onde deve comparecer para tirar m passaporte em caráter definitivo. Também é possível renovar passaporte na Receita Federal.

Como renovar passaporte na Receita Federal?

Para renovar passaporte no site da Receita Federal pela internet o interessado deve acessar o site da Receita e preencher um formulário eletrônico, solicitando a renovação. Trata-se de um procedimento muito importante, tendo em vista que os passaportes só têm validade quando se encontram dentro do prazo de validade estabelecido pelos órgãos responsáveis.

Para não correr o risco de ser barrado em aeroportos ou ainda pelas autoridades de outros países, é fundamental realizar a renovação de passaporte na Receita Federal. Com a informatização dos processos, agora está muito mais fácil tanto agendar o passaporte quanto realizar a sua renovação. Dessa forma, não há mais desculpa para quem sonha em fazer aquela viagem para o exterior.

Agora que você já sabe como renovar passaporte na Receita Federal, está na hora de acessar o site e fazer a solicitação. Se você ainda não tem passaporte, aproveite para pedir o agendamento através da página da Receita Federal.

receita-federal-agendamento-passaporte-renovar

Passaporte: Polícia Federal

Mas se você preferir, nada te impede de fazer o agendamento do passaporte pela Polícia Federal. O procedimento é bem parecido com o da Receita Federal.

Assim, é só acessar o site da Polícia Federal, procurar o ícone sobre emissão de passaporte e verificar qual é o posto da Polícia Federal mais perto de você.

Em regra, o agendamento costuma ser rápido. Entretanto, nos últimos tempos alguns episódios envolvendo algumas regiões do País fizeram com que muitos agendamentos fossem cancelados ou postergados.

Se o seu pedido de passaporte for urgente e o agendamento demorar, você também pode comparecer à Polícia Federal e aguardar na fila, com o uso de uma senha. Geralmente esse tipo de atendimento é mais demorado, mas efetivo para quem precisar tirar o passaporte “para ontem”. Há, ainda, o pagamento de uma taxa para emissão de passaporte urgente, cuja guia de recolhimento deverá ser emitida pelo site da Polícia Federal.

Se você não tirou todas as suas dúvidas a respeito de passaporte, acesse o site da Receita Federal ou da Polícia Federal e tenha mais informações.

Bilhete Único Mensal, Empresa, Saldo

Bilhete Único Mensal: saiba tudo sobre essa facilidade

Para quem é trabalhador, principalmente nos grandes centros urbanos, o vale transporte é um auxílio de grande importância.

Para não precisar pagar o transporte em dinheiro, muitas empresas oferecem aos seus funcionários o Bilhete Único Mensal de empresa. Trata-se de um bilhete que vale por um mês inteiro.

bilhete-unico-mensal

Além de ser super prático, o Bilhete Único Mensal evita situações envolvendo a segurança pública. Caso o cartão seja perdido, roubado ou furtado, é só realizar o seu cancelamento. Ademais, há limitação de passagens a serem utilizadas diariamente, o que dificulta a ação dos meliantes em relação ao uso ou comercialização desse tipo de bem móvel.

É só carregar o cartão em um dos postos autorizados e utilizá-lo para o transporte do dia a dia sem complicações. Ainda, há a possibilidade de conseguir descontos nas passagens, consoante projetos dos governos municipais.

Como funciona e como usar o Bilhete Único Mensal?

Através de um cartão magnético, o empregado consegue pagar seu deslocamento até a empresa, sem ter que se preocupar em carregar dinheiro em espécie. O problema é que muitas pessoas ficam sem saber o saldo do Bilhete Único Mensal, tendo em vista que às vezes usamos o bilhete mais do que o devido.

Parte do custeio do transporte com deslocamento é pago pelo empregador e parte é suportada pelo empregado. Se você não sabe como funciona o Bilhete Único Mensal de empresa, está na hora de conhecer melhor esse serviço oferecido para adiantar a parte que é devida pelo empregador ao empregado com relação ao transporte até a empresa.

Consultar o saldo do Bilhete Único Mensal

Para consultar o saldo do Bilhete Único Mensal é bem simples. Em muitos meios de transporte a consulta é possível no próprio veículo. Basta passar o cartão normalmente para ver no display o saldo restante. Dessa forma o trabalhador consegue ter maior controle sobre os seus gastos e evitar transtornos no final do mês.

bilhete-unico-mensal-empresa-consulta-saldo

Também, como já mencionamos, nos casos em que haja a perda, furto ou roubo é muito mais seguro, pois é só cancelar imediatamente seu cartão e pedir a expedição de novo. Isso evita muitos transtornos para as vítimas ou mesmo para aqueles mais “azarados”.

Em muitos Estados, como São Paulo, é possível ver o saldo do Bilhete Único Mensal pela internet, através de um cadastro realizado pelo empregado. Dessa forma, a consulta fica ainda mais prática, já que pode ser feita na comodidade de casa, sem burocracia. Através de alguns passos simples o trabalhador consegue acesso a todo o histórico do seu cartão, como quando foi utilizado e saldo restante.

Agora que você já sabe como funciona o Bilhete Único Mensal, está mais preparado para se controlar financeiramente. Esse é um serviço que ajuda milhões de brasileiros todos os dias a pegar o transporte público, além de ser seguro, fácil, rápido, simples e realmente ajudar o trabalhador, estudante ou mero transeunte.

INSS Brasília – Telefone, Endereço, Postos de Atendimento

Postos de Atendimento da Previdência Social em Brasília DF

Se você mora ou está de passagem em Brasília e por algum motivo necessita comparecer a um dos postos de atendimento do INSS Brasília, vamos trazer todas as informações para você!

Mas antes, é bom salientar que é possível realizar diversas solicitações, como agendamentos, impressão de certidões, consultas de benefícios pelo Portal Meu INSS.

previdencia-social-brasilia

O cadastro é feito com seus dados pessoais e você receberá uma confirmação do INSS nesse sentido, com a senha que cadastrou.

Depois, pode acessar de qualquer aparelho com conexão à internet. Mas caso você precise mesmo ir ao posto de atendimento do INSS em Brasília, vamos te ajudar com informações abaixo.

Se restar alguma dúvida, já indicaremos para acessar o site da Previdência Social: www.previdencia.gov.br.

Endereços do INSS em Brasília

O INSS tem vários postos de atendimento em Brasília. Inclusive, é em Brasília que estão os postos mais altos do INSS, com relação à chefia.O endereço dos postos de atendimento INSS em Brasília são:

  • Setor de Autarquias Sul Quadra 2 Bloco O BL O – Asa Sul
  • Bancário Norte Q 2 – Brasília
  • 14, St. B Norte Cnb 1 Cnb 2, 12
  • SAUN Quadra 4 BL L – Asa Sul, Brasília
  • Setor Sbn Quadra 2 – s/n bl G
  • Área Especial, St. Administrativo Q Central – Sobradinho
  • M QNM 17 Lote 21 – Ceilândia Sul
  • Asa Sul Comércio Residencial Sul 502 Bl B – Asa Sul
  • Leste Q 40 – Gama Leste
  • SHCS Q. 4 – Brasília,
  • Recreativo – Planaltina

Os postos de atendimento do INSS Brasília a que nos referimos na lista acimatêm horário de funcionamento das 7 da manhã às 17h da tarde, de segunda a sexta.

Telefone INSS Brasília

Desde o ano de 2006 está ativo o INSS telefone, por meio do qual você consegue fazer agendamentos e verificar diversas informações sem sair da sua casa. O número do telefone INSS é 135. A ligação é grátis caso seja feita de telefone fixo.

Pelo telefone INSS Brasília, você entra em contato com o INSS das 7h às 22h, de segunda a sábado, o que é mais uma comodidade para você, caso folgue no final de semana.

inss-brasilia-df

Caso seu interesse seja pesquisar outros postos do INSS espalhados pelo Brasil, acesse esse link: http://www3.dataprev.gov.br/enderecoAPS/mps1.asp.

O que é o INSS?

O Instituto Nacional de Previdência Social – INSS, é uma órgão vinculado ao Governo federal, ao qual incumbe dispor sobre todos os assuntos ligados à Previdência Social. É no INSS que você poderá resolver questões de aposentadoria, por exemplo, bem como solicitar outros vários benefícios, caso você tenha trabalhado ou trabalhe com carteira assinada e tenha realizado o recolhimento das contribuições do INSS.

Conseguiu tirar todas as suas dúvidas sobre o INSS Brasília? Caso tenha restado alguma questão, não deixe de comparecer aos postos de atendimento do INSS Brasília para resolver a sua pendência. Ou, se preferir, contate o INSS através da internet  ou do telefone, pois são formas bem mais facilitadas e cômodas para os brasileiros.

Isenção de Imposto de Renda

Imposto de Renda Isenção

A declaração de imposto de renda é uma obrigação de todos os contribuintes brasileiros. Aliás, muitas pessoas recebem restituição do imposto de renda, enquanto outras acabam devendo ao Fisco. No entanto, existem hipóteses em que os contribuintes têm isenção de imposto de renda.

Frise-se que todas essas situações estão previstas no art. 6° da Lei Federal n°7.713/1988. Quer saber em quais casos haverá isenção de imposto de renda? Acompanhe o artigo.

imposto-de-renda-isento

Quem é isento de declarar imposto de renda?

Existem pessoas e tipos de rendimentos que são isentos de imposto de renda. São eles:

  • Alimentação, custo de transporte
  • Diárias de viagem a trabalho
  • Valores de locação para parentes de 1° grau
  • Indenizações por acidente de trabalho
  • PIS e PASEP
  • Seguros de vida ou por invalidez
  • Contribuições pagas pela empresa
  • Valores da poupança
  • Pecúlio
  • Pensões e proventos
  • Portadores de doenças profissionais, tuberculoses, problemas mentais, cardiopatias, Parkinson, nefropatias, doença de Paget e outras.
  • Previdência de servidores públicos até o valor de R$ 1.903,98 (mil, novecentos e três reais e noventa e oito centavos).
  • Bens doados ou adquiridos por herança
  • Correções monetárias
  • Ajudas de custo
  • Valores pagos por programas de resgate de créditos de ICMS, como Nota Fiscal Paulista e Nota Paraná.
  • Valor do vale cultura

Doenças que São Isentas de Imposto de Renda

isencao-imposto-de-renda

Isenção do imposto de renda por doença grave

Um dos temas que gera mais dúvidas é como funciona a isenção do imposto de renda para quem tem doenças graves. A lei prevê um rol de doenças limitados, as quais geralmente são incapacitantes, como cegueira, doença cardíaca, esclerose múltipla, radiação, AIDS, hanseníase, fibrose cística, neoplasia maligna (câncer) e outras.

Entretanto, não será isento de declarar imposto de renda quem:

  • Não se aposentou, mesmo tendo uma doença grave
  • Outros rendimentos recebidos junto com a aposentadoria, como aluguéis, por exemplo.

Nesse caso, se o contribuinte tiver direito à isenção do imposto de renda, deve realizar um laudo pericial que comprove a sua condição. O laudo deve ser emitido especialmente por fontes como INSS ou vinculados às previdências dos Estados e Municípios, por exemplo.

Finalmente, não se pode confundir isenção do imposto de renda – que é o não pagamento de eventual valor devido à Receita Federal – da isenção da declaração de imposto de renda.

A isenção da declaração do imposto de renda serve para quem ganhou menos de R$ 28.559,70 (vinte e oito mil quinhentos e cinquenta e nove reais e setenta centavos) no último ano, por exemplo. *Valores para 2017 e sempre é ajustado anualmente.

No entanto, se a pessoa tiver direito à isenção do imposto de renda, mas receber valor maior do que o mencionado, deverá sim apresentar sua declaração de imposto de renda, ainda que não vá pagar nada.

Esperamos que você tenha compreendido o que é a isenção de imposto de renda e como você deve proceder para pedi-la perante a Receita Federal. Não deixe de exigir os seus direitos e de correr atrás deles.

O pagamento de imposto de renda pode ser um débito pesado no bolso do brasileiro. Assim, especialmente para pessoas que estejam passando por tratamentos de saúde, essa pode ser uma enorme ajuda. Maiores informações consulte o site www.impostoderenda.net

CADPREV WEB Download, Manual

O que é CADPREV?

O Sistema de Informações dos Regimes Públicos de Previdência Social (CADPREV) é uma plataforma que auxilia o cidadão na realização de vários serviços. Você pode consultar o CADPREV WEB sempre que desejar ter ciência acerca de alguma informação relativas ao particular ou ao público em geral, através de uma consulta pública.

cadprev-web

Está na hora de você conhecer um pouco mais sobre esse sistema, o qual ajudou bastante na hora de enviar informações à Previdência Social.

Como consultar CADPREV?

A consulta CADPREV pode ser feita basicamente de duas maneiras distintas. A primeira delas é através do site da ferramenta, que fica disponível na internet. Recentemente foi lançada uma segunda maneira de acessar o sistema. Trata-se do CADPREV pelo desktop, através de um programa de computador que dispensa o uso de navegadores de web. Conheça cada um desses métodos.

Várias informações estão disponíveis para acesso consulta online. Para fazer uma consulta pública no CADPREV você não precisa possuir nenhum dado de login, já que as informações estão liberadas para todos que desejarem conhecer os gastos e investimentos públicos em cada Estado da federação. As outras informações ficam restritas apenas para as partes interessadas, através de um login e senha.

Se você deseja fazer uma consulta restrita através do portal, terá que se cadastrar. Para logar na plataforma é preciso inserir o número do CPF e uma senha eletrônica. Só assim você poderá navegar pelos documentos e relatórios privados do CADPREV. Além da consulta no CADPREV pela internet, também é possível utilizar um programa de computador para ter acesso às informações. Saiba como fazer isso!

Para fazer consulta no CADPREV pelo computador, sem a necessidade de acessar um navegador de internet, o processo é bem simples. O primeiro passo é acessar a página do programa normalmente, pelo navegador, e baixar um programa fornecido dentro do próprio site. Depois de baixar o programa, você deverá instalar no seu computador.

Todos os Estados do Brasil e muitos municípios já instituíram regimes públicos de previdência social (RGPS), também conhecidos como Regime Próprio de Previdência Social. Ao fazer uma consulta no CADPREV WEB você poderá ver todos os investimentos realizados pelos entes federados que já possuem esse regime. Ou seja, quanto o governo anda investindo em cada Estado e Município.

Agora que você já sabe como consultar o CADPREV, está na hora de experimentar. Acesse o site e faça uma consulta pública, selecionando a sigla da UF para a qual deseja ver os resultados ou mesmo o nome do município, caso ele esteja na lista.

Outra opção, conforme mencionado, é baixar o programa e instalar no seu computador. Dessa forma você nem precisará abrir o navegador para ter acesso aos dados. Nos dois casos, no entanto, é preciso que você tenha internet.

CADPREV Download

Para que você possa acessar o CADPREV é necessário realizar o download pelo CADPREV web.

É só acessar o link http://www.previdencia.gov.br/regimes-proprios/sistemas-srpps/cadprev/ para obter todas as facilidades do CADPREV.Esse é o CADPREV instalador, que está em fácil acesso na página da Previdência Social.

Caso você tenha alguma dúvida, também poderá facilmente visualizar o manual CADPREV.

Trata-se, em verdade, do Manual de Manutenção de Acesso CADPREV, por meio do qual você saberá todas as informações gerais do CADPREV, como fazer cadastro CADPREV e muitas outras questões relevantes e que têm muita utilidade para o usuário do sistema.

Ademais, o manual CADPREV está disponível em PDF pesquisável, o que auxilia – e muito – na hora de pesquisar e encontrar a informação que você realmente procura.

cadprev-manual-dowload

Como instalar o CADPREV?

O processo de instalação é bem simples e pode ser feito por qualquer pessoa, mesmo as mais inexperientes. Depois de concluir a instalação, é só fazer login com os seus dados pessoais, para ver as informações restritas, ou consultar livremente o conteúdo público. A importância de consultar informações no CADPREV é poder ficar por dentro de assuntos que são importantes também para você.

Como se vê, o CADPREV é um grande benefício tanto para quem precisa enviar informações e alimentar o banco de dados do sistema governista, como para aqueles que desejam saber mais informações a respeito de investimentos públicos.

E o procedimento, por incrível que pareça, é simples. O manual CADPREV também oferece todas as informações necessárias para que você possa acessar o sistema com precisão.

Contato CADPREV

O contato CADPREV é eminentemente online. Não há um telefone CADPREV direto para ligar. Entretanto, como o aplicativo é relativamente novo e dúvidas sempre poderão surgir, caso você se depare com alguma questão, pode enviar um e-mail para cgaai.investimentos@previdencia.gov.br.

Aguarde e certamente terá alguma resposta sobre sua dúvida ou questão pendente.

Se por algum motivo não for atendido, entre em contato com a Previdência Social pelo site www.previdencia.gov.br e sane tudo o que ficar obscuro a respeito do CADPREV.

Receita Federal Agendamento

Agendamento Receita Federal

A Receita Federal, tendo em vista a revolução do acesso à internet, disponibiliza vários serviços através do seu site oficial.

Dessa forma você contribuinte pode realizar tudo de que precisa sem ter que sair de casa. Mas se você preferir, poderá também fazer agendamento na Receita Federal para atendimento presencial, junto a um dos agentes do órgão.

receita-federal-agendamento

Muitas pessoas gostam dessa forma de atendimento, pois é possível tirar dúvidas e conversar diretamente com um atendente.

Isso minimizou muito a fila de espera na Receita Federal. Quem teve a oportunidade de comparecer a algum posto de fiscalização no passado sabe muito bem como os atendimentos ao público eram demorados e bem burocráticos.

As senhas de atendimento eram distribuídas cedo. E como os casos a serem resolvidos na Receita Federal muitas vezes são complexos e, de outro lado, não eram muitos atendentes disponibilizados para esse fim, era bem difícil para quem não tinha muito tempo disponível comparecer à Receita Federal.

Mas graças ao agendamento receita federal grande parte dos serviços pode ser agendada. Ou seja, com prévio dia e horário marcados, você não vai ter que aguardar horas e horas para ser atendido na Receita Federal.

Claro, atrasos podem acontecer, mas é muito mais garantido do que não saber o horário em que isso vai ocorrer, não é mesmo?

Apesar do acesso aos serviços pela internet ser mais prático, o portal não é muito útil para resolver problemas da população. Por isso, é fundamental que você conheça como fazer agendamento na Receita Federal.

Formas de agendamento na Receita Federal

Existem basicamente dois modos de agendar uma visita na Receita Federal. Uma delas é através do telefone, na central de atendimento do órgão.

A segunda opção é acessar o site da Receita Federal pela internet e preencher um formulário. O agendamento na Receita Federal funciona de forma a garantir que você será atendido quando comparecer a uma das unidades do órgão. O horário fica reservado só para você!

Independente do meio escolhido para agendar o seu atendimento, é fundamental que você já saiba com antecedência o que pretende fazer na Receita Federal.

agendamento-receita-federal

Agendamento Receita Federal pela internet

Isso porque o agendamento é específico e você precisa mencionar o motivo do atendimento. O agendamento da Receita Federal pela internet, por exemplo, possui um formulário próprio onde uma das informações solicitados é o problema que você deseja resolver.

Os atendentes da Receita Federal estão instruídos para não fornecer nenhuma informação além daquela que consta na senha de agendamento. Ou seja, é importante que você conheça o serviço desejado antes de agendar.

Agendamento Receita Federal pelo telefone

Outra opção interessante é fazer o agendamento da Receita Federal pelo telefone. O procedimento é bem parecido com o atendimento pela internet, confira agora mesmo.

Basta que você ligue na central de atendimento da Receita, de posse dos seus dados pessoais, como Carteira de Identidade e CPF.

Caso você já tenha agendado uma visita, mas deseja cancelar, também poderá fazer isso através do site ou pelo telefone 146, caso você ligue do Brasil.

Mas se estiver no exterior, pode fazer o agendamento Receita Federal pelo telefone (11) 3003- 0146.

Dessa forma você permite que outras pessoas agendem no horário que até então estava reservado para você. Lembre-se que várias pessoas procuram pelo agendamento de atendimento na Receita Federal.

Como fazer agendamento na Receita Federal?

Se você estava se perguntando como agendar na Receita Federal, agora está tudo esclarecido. Muitas pessoas deixam de fazer o agendamento e acabam perdendo viagem, pois é raro as unidades da Receita Federal possuírem horários vagos. Se você não quer correr o risco de ficar sem atendimento, o melhor é agendar o seu atendimento com antecedência.

receita-federal-telefone-0800

Agora que você já sabe tudo sobre agendar atendimento na Receita Federal, está na hora de resolver todos os seus problemas junto a essa instituição. Ficar em dia com as suas contribuições tributárias e fiscais é fundamental para não ser surpreendido com cobranças e multas no futuro.

Caso você tenha algum assunto urgente e que possa realmente te trazer prejuízos ou atrapalhar a sua vida de forma realmente vultosa, disponibiliza-se o agendamento no plantão fiscal da Receita Federal.

E lembre-se: caso não possa mais comparecer no dia e horário agendado, você deve fazer o cancelamento do atendimento na receita federal.

Além de uma questão de civilidade, pois dará a outras pessoas a chance de serem atendidas no seu lugar, bem como não terá outros problemas ao fazer um novo agendamento de horário perante o órgão.

Compareça a uma das unidades da Receita Federal mais próxima de você e fale diretamente com um dos atendentes. Mas lembre-se, vários serviços também estão disponíveis na internet, de forma ainda mais prática, já que você pode fazer em casa.

Biometria Agendamento

Cadastramento Biométrico

O Tribunal Superior Eleitoral – TSE agregou um projeto chamado Identificação Biométrica. A intenção desse projeto foi de incluir em todo território brasileiro a identificação e fiscalização biométrica durante as eleições.

biometria-agendamento

Ainda que alguém mude a sua aparência, peso e até de gênero, a impressão digital é a única que fica. Claro, há casos em que determinadas substâncias são capazes de destruir as impressões digitais, mas são hipóteses bem isoladas.

Assim, considerando que já houve muitos casos de fraude nas eleições, como de pessoas que votavam em nome de outras, uma das saídas para ter convicção a respeito do resultado das eleições e dos votos foi a implantação da biometria.

Biometria é, basicamente, verificar a impressão digital de uma pessoa, através de um aparelho que a capta. A biometria começou a ser implantada no Brasil no ano de 2008.

Mais de 30% do eleitorado já tinha cadastro biométrico nas eleições de 2016 em pouco mais de 1500 municípios.

Como funcionava as eleições antes?

Para quem não sabe, antigamente as eleições eram realizadas com o preenchimento de papeis, os quais eram depositados em urnas.

O resultado das eleições demorava algum tempo para sair, ou seja, dias, pois todos os votos tinham que ser contados.

Hoje em dia a apuração do resultado das eleições é bem rápida e isso graças às urnas eletrônicas.

Outro problema que vinha antes da biometria era a fraude. Em muitos locais, especialmente em regiões mais afastadas, acreditava-se que havia a manipulação de votos. Assim, o resultado das eleições, que deveria ser de acordo com a vontade da maioria, não ocorria exatamente dessa forma.

Biometria Aagendamento

Para fazer o agendamento da biometria é bem simples. Basta você acessar o site do Tribunal Regional Eleitoral da sua região e clicar em “solicitar agendamento”. Na verdade, esse procedimento vai depender do Tribunal local.

Depois, na data e no horário agendados, é só comparecer levando documento oficial com foto, certidão de nascimento e comprovante de endereço atualizado. Lá você fará a sua biometria.

Nas próximas eleições, é só levar documento com foto e o título de eleitor. Na verdade, o título é dispensável, mas é melhor para que você saiba exatamente qual é a sua zona eleitoral e a seção em que você vota.

Encontrar esses locais no dia das eleições pode ser bem confuso.

Os dados da Justiça Eleitoral geralmente são os mais completos do Poder Público. E, a título de curiosidade, esses dados ficam armazenados em um banco de dados que é compartilhado em todos os órgãos do governo.

cadastramento-biometrico

Dessa forma, caso haja necessidade de contatar alguém, os órgãos públicos compartilham as informações da biometria e conseguem encontrar essa pessoa determinada muito mais facilmente.

Isso ocorre, por exemplo, no caso da necessidade de citação judicial, cumprimento de outros tipos de mandado, quando a pessoa é requisitada para testemunhar e muito mais.

A biometria é obrigatória?

Para quem vota, sim, a biometria é obrigatória. Como é sabido, o voto é facultativo para pessoas com 16 e 17 anos de idade, maiores de 70 anos e analfabetos. De outro lado, pessoas com 18 a 69 anos são obrigadas a votar e também devem comparecer caso sejam requisitadas para trabalhar nas eleições como mesários, por exemplo.

Caso essas pessoas não compareçam para votar e não justifiquem a ausência do voto, poderão pagar uma multa, que pode variar de algo como perto de R$ 30 até muito mais. O mesmo acontece com mesários que forem chamados, mas não vão laborar nas eleições.

O juiz eleitoral vai ver todas as informações que a pessoa inseriu durante o cadastro da biometria. Claro, como se trata de uma penalidade de multa, a pessoa será notificada para se defender e apresentar as suas razões de ausência perante o juízo eleitoral.

recadastramento-biometrico

Caso a multa não seja paga ou a situação não seja regularizada é possível que você venha a ter grandes problemas. Se quiser fazer algum concurso público, por exemplo, poderá ser desclassificado.

Assim, enquanto o voto é obrigatório no Brasil, é bom ficar atento ao dia da eleição e, caso não possa comparecer, vá em qualquer seção eleitoral e teça a justificativa para o voto. É uma forma de exercer a cidadania e de informar os motivos pelos quais não pode votar.

Tirou todas as suas dúvidas sobre eleições e agendamento da biometria? Não deixe de exercer a sua cidadania! O voto é muito importante para escolher aquele que, na sua mente e convicção, é o melhor representante para a população. Considerando os últimos problemas políticos do Brasil, o ideal mesmo é levar o voto com a maior seriedade que você possa dar a ele, pois a atitude do representante pode certamente impactar (e muito) na sua vida e na vida de milhares de brasileiros.

CPF 2 Via – Emissão, Imprimir, Consulta

CPF Emissão 2 Via

O Cadastro de Pessoa Física – CPF é documento nacional expedido pelo Ministério da Fazenda, com base em banco de dados da Receita Federal.  O CPF tem como finalidade cadastrar o cidadão com finalidade de identificação e, claro, para recolhimento de tributos.

Embora o CPF não seja obrigatório para todas as pessoas, ele é de grande uso no cotidiano dos brasileiros.

cpf

A diferença entre o CPF e o RG é que o primeiro não tem foto, mas serve em todo o território nacional. Já o RG tem numerações expedidas por Estado e é um documento completo e, por isso, tido como um documento básico e oficial de todo o cidadão.

Não há idade mínima ou máxima para fazer CPF. De bebês a idosos, todos poderão ter CPF.

Você verá a importância do CPF nos tópicos a seguir, além de ressaltar como deve fazer para emiti-lo, além de imprimir a declaração de regularidade do CPF. Vamos lá?

Como emitir 2 via CPF?

Há algumas formas para emitir a 2 via do CPF, como nas agências dos correios, Caixa Econômica ou Banco do Brasil. Há o pagamento de taxa para que o documento possa ser emitido, que é pouco mais de R$ 20,00 (vinte reais).

Documentos para emissão de CPF

Para emitir o CPF você precisará de:

  • RG, certidão de nascimento (menos de 16 anos.
  • Título de eleitor (de 18 a 69 anos de idade).

Cada pessoa terá até o fim da sua vida apenas um número de CPF no Brasil. Tanto é que uma das causas de cancelamento do CPF é a duplicidade do documento. As outras são morte ou requisição judicial.

Se alguém usar o seu CPF não deixe de fazer um boletim de ocorrência comunicando o fato.

Consultar situação do CPF

A situação do CPF é algo bem importante. Desde para fazer compras, financiamentos, contratos, dentre outras inúmeras ações (até concursos públicos) é recomendável estar com o CPF com situação regular.

Situação regular do CPF significa que você não tem nenhuma pendência com a receita federal. Algumas lojas do comércio usam a consulta ao CPF para averiguar a situação de histórico de pagamentos e de créditos do CPF.

O CPF pode estar irregular. Isso acontece quando houve algum problema na declaração do imposto de renda, por exemplo, ou outras situações. Para que ele fique regular e que você não perca oportunidades, verifique se não há qualquer problema de pendência com a receita federal e não deixe de resolvê-lo.

Também poderá aparecer que o seu CPF está suspenso, cancelado ou que é nulo.

cpf-consulta

Imprimir situação do CPF

Você poderá consultar o seu CPFpelo número, no site da receita federal. Se quiser, pode comprovar o cadastro no CPF ao imprimir a situação do CPF.

Se você é isento de apresentar a declaração de imposto de renda, pode realizar a impressão simplificada.

Já se você a apresentou nos últimos 2 anos, deve imprimi-la pelo atendimento virtual e-CAC.

Finalmente, se você pediu a emissão do seu CPF nos correios, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal ou, ainda, em representação diplomática do Brasil fora do País, deve imprimir o cadastro do CPF pelo número do código de atendimento.

É simples emitir o CPF, como você pode observar.

Emissão do CPF

A título de curiosidade, se você ainda não tem CPF, poderá emiti-lo. Quem tem entre 16 e 25 anos e já tem título de eleitor, pode expedir o CPF no banco do brasil, caixa econômica federal ou em entidades públicas conveniadas e que realizam o serviço de graça.

cpf-2-via-imprimir

O CPF é um documento importantíssimo. E o melhor, também é possível, a depender da Secretaria de Segurança Pública do seu Estado – que é a responsável por expedir a carteira de identidade – incluir o número do CPF no seu RG, caso venha a fazê-lo recentemente.

Isso já facilita muito a vida das pessoas. O cartão o CPF, com o tempo, vai perdendo a cor dos números e vira até inservível. Você também não precisa ter o cartão CPF. Em todos os lugares a mera declaração de cadastro no CPF, que demonstra a situação do documento, já é suficiente para que você possa realizar diversos atos da sua vida civil.

Em quase todo lugar, o CPF é de indispensável apresentação, como para realizar contratos de financiamento, de crédito, de aluguel, fazer cartão de crédito, dentre outras inúmeras funcionalidades.

Por isso mesmo é bom observar a emissão do CPF, para que você não tenha que fazê-lo às pressas caso necessite com urgência, por exemplo.

Caso não tenha tirado todas as dúvidas sobre o CPF, acesse o site da Receita Federal ou da Procuradoria da Fazenda Nacional e tenha mais informações a respeito do CPF.

CNPJ 2 Via Emissão – Consulta

Emissão 2 Via CNPJ

A Receita Federal possibilita a emissão do comprovante de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ de modo descomplicado e quando você precisar.

Trata-se, portanto, do cartão CNPJ, o qual demonstra os dados mais relevantes da pessoa jurídica, como data de abertura, endereço, tipo de empresa,consultar inscrição estadual, dentre outros. Qualquer pessoa pode emitir a 2 via do CNPJ pela internet, no site da Receita Federal.

cnpj

O procedimento é bem simples, bastando preencher o número do CNPJ correspondente à empresa que se deseja consultar, bem como a correta completude do “captcha”, que está ali para evitar o envio de dados de forma robótica, bem como para evitar procedimentos fraudulentos que podem envolver a 2 via do CNPJ.

Para imprimir o comprovante do CNPJ basta acessar o site da Receita Federal.

O comprovante de inscrição do CNPJ, porém, é diferente do comprovante de regularidade fiscal do CNPJ.

Independentemente do motivo para que você precisa, a comprovação do CNPJ é gratuita. Embora pareça um mero pedaço de papel, há uma certificação digital para conferência do documento.

Esse é mais um recurso bem útil para averiguar veracidade de informações ao negociar, por exemplo, dentre outras inúmeras utilidades de ordem prática e jurídica.

Esse também é um documento extremamente útil para qualquer negociação que a empresa resolva realizar. Também é bem fácil de emitir e pode ser acessado por qualquer pessoa, salvo em alguns casos que veremos adiante.

Agora vamos saber mais sobre o comprovante de regularidade fiscal CNPJ.

cnpj-consulta

Comprovante de regularidade fiscal CNPJ

Para fazer prova de que a sua empresa está regular face a Fazenda Nacional, você precisa apresentar a certidão de regularidade fiscal.

Esse documento é emitido pela Receita Federal e pela Procuradoria da Fazenda. Por meio dele você prova que não tem dívidas tributárias e nem sequer está inscrito em dívida ativa. Ainda, também pode demonstrar que não está inadimplente com o pagamento de contribuições sociais.

Só pode emitir a 2 via do CNPJ quem estiver inscrito no CNPJ da matriz da empresa (caso haja filial).

Para contribuintes individuais ou aqueles não formalizados, a 2 via do CNPJ é emitida com base no CPF da pessoa física responsável.

Receita Federal 2 via CNPJ

A 2 via do CNPJ é muito importante para demonstrar que uma empresa está apta a fazer negócios dos mais variados sem ter problemas, como contratar com a Administração Pública por meio de licitação, por exemplo.

Há casos em que a 2 via do CNPJ aparece com a inscrição “certidão positiva com efeitos de negativa”. Isso quer dizer que há débitos a serem cobrados ou, por exemplo, contestados em uma ação judicial. Também é possível que isso ocorra quando há débitos que ainda vão vencer.

A 2 via de CNPJ positiva quer dizer que a dívida está consolidada, ou seja, é devida e não foi paga. No entanto, só é possível retirar a 2 via do CNPJ se houver apontamento positivo apenas nos postos da Receita Federal, no prazo de até 10 dias.

A validade da 2 via do CNPJ é de 180 dias, contados a partir do dia de emissão. Depois disso, caso você precise, nada obsta que sejam emitidas quantas certidões você precisar.

Essa é a facilidade de ter à sua disposição um sistema de CNPJ extremamente moderno e de grande ajuda para o cotidiano das empresas e dos empresários.

Se precisar da 2 via do CNPJ em papel, precisa fazer o pedido pela internet. Se for certidão CNPJ positiva, apenas alguém munido de procuração poderá fazê-lo. Podem solicitar a certidão os sócios, administradores ou procuradores com plenos poderes para fazer isso.

A procuração com plenos poderes pode ser específica para a emissão da 2 via da certidão de regularidade do CNPJ, o que vai facilitar bastante a diligência a ser realizada por quem for retirá-la.

cnpj-emissao-2-via

Não consigo emitir 2 via CNPJ pela internet: e agora?

Se não conseguir emitir 2 via CNPJ pela internet, você deve imprimir e preencher o requerimento de certidão de débitos e levar em um posto da Receita Federal da sua região.

Sempre leve as cópias acompanhadas dos documentos originais ou cópias autenticadas para não ter problemas ao retirar a 2 via do CNPJ.

Se o contribuinte tiver falecido, quem lhe fizer as vezes pode retirar a 2 via CNPJ, como inventariantes ou herdeiros, por exemplo, desde que comprovem o vínculo.

Como se vê, os documentos acima mencionados são de importância ímpar para o funcionamento de qualquer empresa. Por poderem ser acessados de qualquer dispositivo com internet, bem como serem impressos, facilitam muito a vida da empresa ou do empresário.

Se estiver precisando do comprovante de CNPJ, você pode acessá-lo gratuitamente pela internet, quando quiser e de onde bem entender.