PREVMovel – Serviços, Endereço

PREVMovel Atendimento

Se a sua cidade não possui uma agência da Previdência Social, os serviços do PREVMovel podem ser a solução. Esse importante serviço foi criado para acabar de vez com os problemas dos moradores de cidades pequenas onde não existe atendimento fixo da Previdência Social. Conheça agora mesmo essa importante ferramenta colocada à disposição do contribuinte.

prevmovel

Segundo o próprio site da Previdência Social, o PREVMovel fornece atendimento a pessoas que residem em cidades onde não existe agência específica. Isso ocorre nos casos de cidades pequenas ou de difícil acesso. Para que você que está nessa situação não precise se deslocar até outras cidades, a Previdência fornece os todos os serviços pelo PREVMovel.

Como funciona o PREVMovel

A Previdência Social conta com centenas de veículos oficiais que percorrem o país para atender às pessoas que moram em pequenas cidades. Fique por dentro de saiba quando um veículo do PREVMovel passará pela sua localidade. Não perca a oportunidade de consultar seus direitos previdenciários.

Se você precisa requerer um benefício como aposentadoria, auxílio doença ou qualquer outra vantagem previdenciária, o PREVMovel funciona para te auxiliar. Dessa forma você não precisará gastar dinheiro com transporte e hospedagem em outras cidades. Mas é preciso ficar atento para não perder o agendamento do PREVMovel. Ou seja, os dias em que os veículos estarão atendendo na sua região.

Serviços PREVMovel

De acordo com informações do próprio Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS), os carros do PREVMovel estão habilitados para prestar todos os serviços que são oferecidos nas unidades fixas. Ou seja, você pode resolver qualquer questão através do PREVMovel. Pode ter seus direitos reconhecidos em até 30 minutos, abrir seu processo de aposentadoria e muito mais.

Além de todos os serviços convencionais, os agentes do PREVMovel fornecem aos moradores das cidades onde não existe agência da previdência informações previdenciárias. Assim todos os moradores podem conhecer direitos que talvez eles nem sabiam possuir. Se você quer receber atendimento pelo PREVMovel, saiba agora mesmo como agendar.

Agendamento PREVMovel

Assim como nas agências fixas do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS), é possível agendar atendimento no PREVMovel. Mas na maioria das vezes ao atendimento é realizado por ordem de chegada. Isso significa que você deve consultar com antecedência os dias em que os serviços estarão sendo prestados na sua cidade.

prevmovel-servicos-endereco

Esse serviço do INSS surge como forma de ajudar pessoas que moram em cidades onde o acesso a esse órgão é deficiente. Se esse é o seu caso, garanta já o seu atendimento pelo PREVMovel. Tenha seus direitos garantidos. Receba sua aposentadoria, seu auxílio doença e muitos outros benefícios pagos por esse instituto.

Garanta a sua aposentadoria pelo PREVMovel, já que esse é um dos serviços mais procurados pelas pessoas quando encontram o carro da previdência. Também é grande o número de pessoas que querem informações sobre os seus direitos trabalhistas. Nos carros do PREVMovel existem profissionais e equipamentos preparados para te atender da melhor maneira possível.

Acompanhe agora mesmo o PREVMovel online, através da página oficial do INSS na internet. Saiba quando esse serviço será prestado na sua localidade. Garanta já os seus direitos.

Salário Mínimo 2018 Valor, Aumento

Valor Salário Mínimo 2018

O salário mínimo é o valor mínimo nacional, a título de remuneração, que deve ser pago mensalmente a todo trabalhador brasileiro que exerça sua profissão com carteira assinada.

Esse direito dos trabalhadores é previsto no artigo 7º, inciso VI, da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

salario-minimo

Embora o salário mínimo esteja resguardado pela Constituição Federal, surgiu na década de 30. E, não por coincidência, em 1° de maio de 1938 o ex-Presidente Getúlio Vargas começou a fixar os valores do salário mínimo.

Aliás, os Estados podem fixar os salários mínimos regionais por meio de lei, mas eles nunca poderão ser menores do que o valor do salário mínimo nacional!

Feita essa regressão história, tem-se que o valor do salário mínimo não é fixo e está sujeito a alterações.

A princípio, o valor do salário mínimo corresponde a uma jornada de trabalho de 44 horas semanais, prevista na Constituição Federal.

Dessa forma, uma pessoa que trabalha apenas a metade do mês não pode receber o mesmo que uma pessoa que trabalha as 44 horas mensais, não é?

Logo, o salário mínimo poder ser menor que o mínimo nacional, porém ele obedece a um mínimo diário, que é valor mínimo a ser pago calculado pela divisão entre o valor do salário mínimo atual dividido por trinta.

O aumento do salário mínimo é, na verdade, o reajuste do salário mínimo é realizado anualmente, considerando-se os valores do PIB (Produto Interno Bruto) do ano retrasado e do ano anterior, sendo, em seguida, somado ao valor da inflação (IPCA) correspondente ao ano de recebimento.

Tabela aumento Salário Mínimo 2018

Abaixo, a título de curiosidade, veja uma tabela contendo todos os valores relativos ao pagamento do salário mínimo, suas respectivas datas de vigência, bem como os valores por dia trabalhado.

Note como a variação pode ser expressiva de um ano para o outro e tudo isso por conta da inflação, que pode atingir de forma brusca o aumento do salário mínimo.

INÍCIO DA VIGÊNCIA VALOR ($) VALOR POR DIA TRABALHADO
01 do 01 de 2018* R$  1.029,00* (a confirmar) R$  34,30* (a confirmar)
01 do 01 de 2017 R$  937,00 R$ 31,23
01 do 01 de 2016 R$  880,00 R$  29,33
01 do 01 de 2015 R$  788,00 R$  26,27
01 do 01 de 2014 R$  724,00 R$  24,13
01 do 01 de 2013 R$  678,00 R$  22,60
01 do 01 de 2012 R$  622,00 R$  20,73
01 do 03 de 2011 R$  545,00 R$  18,17
01 do 01 de 2011 R$  540,00 R$  18,00
01 do 01 do 2010 R$  510,00 R$  17,00
01 do 02 do 2009 R$  465,00 R$  15,50
01 do 03 do 2008 R$  415,00 R$  13,83
01 do 04 do 2007 R$  380,00 R$  12,67
01 do 04 do 2006 R$  350,00 R$  11,67
01 do 05 do 2005 R$  300,00 R$  10,00
01 do 05 do 2004 R$  260,00 R$    8,67
01 do 04 do 2003 R$  240,00 R$    8,00
01 do 04 do 2002 R$  200,00 R$    6,67
01 do 04 do 2001 R$  180,00 R$    6,00
03 do 04 do 2000 R$  151,00 R$    5,03

salario-minimo-tabela

Salário Mínimo 2018 Valor

Atualmente, o valor do salário mínimo está fixado em R$ 937,00 para todo o ano de 2017.

Houve um reajuste de 6,47% em relação ao valor anterior, cujo valor do salário mínimo era de R$ 880,00.

salario-minimo-valor

Inicialmente, a previsão do salário mínimo para o ano de 2017 inicialmente era de R$ 945,80, porém este valor foi alterado por intermédio de um decreto assinado pelo Presidente Michel Temer.

Já para o próximo ano, economistas do Governo Federal estimam o aumento do salário mínimo no percentual de 4,5%, sendo o valor do salário mínimo 2018 reajustado para R$ 979,00.

Segundo especialistas, o aumento do salário mínimo 2018 trará impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do Governo.

Considerados que os valores do salário mínimo até 2018 estavam abaixo das expectativas, para os economistas, o salário mínimo só chegará aos R$ 1 mil reais no ano de 2019, chegando a R$ 1.029,00.

Aumento do Salário Mínimo 2018

O Governo Federal realiza o aumento do salário mínimo anualmente, isso porque ele precisa tentar manter o poder de compra dos consumidores e das famílias brasileiras no mesmo patamar do ano anterior.

Ou seja, o aumento do salário mínimo está ligado ao aumento da inflação.

O valor de reajuste do salário mínimo sempre passa a imperar no primeiro dia do mês de janeiro de cada ano, de acordo com a legislação que regulamenta a matéria.

salario-minimo-aumento

Reajuste Salário Mínimo 2018

Mas você sabia que nem todo mundo concorda com o cálculo do valor do salário mínimo?

É o caso do Departamento Intersindical de Estatística e de Estudos Socioeconômicos  – Dieese, que discorda da forma pela qual o reajuste do salário mínimo é realizado.

Segundo cálculos do órgão, o valor do salário mínimo 2018 deveria ser, em média de três a quatro vezes maior do que o que é proposto pelo Governo Federal.

A fórmula de cálculo proposta pelo Dieese segue o valor mensal da cesta básica mais cara do país.

Por conta disso, o aumento do salário mínimo deveria acontecer todos os meses, de acordo com as variações do valor da cesta básica.

Contudo, certamente o reajuste e aumento do salário mínimo mensal continuará a ser calculado pelo valor da inflação anual por muito tempo.

Reforma da Previdência – O que muda, Regras

Reforma da Previdência Regras de Transição

Já conhece todas as reformas pelas quais a previdência está passando? Confira agora tudo sobre ela para os próximos anos e entenda as novas regras da reforma da previdência.

A previdência é o sistema pelo qual os brasileiros são assegurados ao direito da aposentadoria. Graças a ela as pessoas ao chegarem a certa idade, ou um determinado período de contribuição, poderiam aposentar-se e receber um salário pelo seu tempo de contribuição.

reforma-da-previdencia

No entanto, para receber este beneficio, era preciso cumprir uma série de regras que atualmente sofreram algumas variações. Com o novo governo em 2017, uma das primeiras ações do mesmo foi estipular a reforma da previdência.

Com as regras da nova previdência, as idades para aposentadoria mudaram, o tempo de contribuição e até a quantidade que os aposentados irão receber. Por tanto, foi uma mudança drástica, mas que ainda precisa ser aprovada pelo senado para que entre em vigor. Em este post, mostraremos o que muda na previdência realmente a partir da aprovação e para os próximos anos, pois para muitos brasileiros, esta reforma ainda possui questões duvidosas, ou que não ficaram muito claras pela mídia.

Quais foram as principais mudanças da reforma da previdência

A principal e mais conhecida mudança nas regras da nova previdência é a idade dos brasileiros. Com a nova proposta, os homens poderão estar aposentando-se com 65 anos de idade, e as mulheres com 62 anos de idade.

O que muda na previdência como mencionado também é o tempo de contribuição dos trabalhadores, colocando como 25 anos o período mínimo para aposentar-se do seu emprego, com um salário mínimo. Os trabalhadores que exercem atividade na zona rural também precisarão cumprir este período de contribuição ao INSS para aposentar-se.

Já para as pessoas que trabalham nas empresas públicas, os considerados servidores públicos, poderão aposentar-se entre 60 e 55 anos para homens e mulheres. O tempo do servidor público é inferior ao do trabalhador em empresa privada, mesmo contribuindo da mesma forma com o INSS.

reforma-da-previdencia-regras

Para muitos economistas, esta mudança considerada como reforma da previdência foi considerada como positiva, a mesma está sendo votada e a tendência é de que as novas regras da previdência sejam aprovadas. Desta forma fica mais fácil entender o que muda na previdência com esta polêmica reforma que marca presença nos jornais todos os dias.

O que é questionado é sobre o entendimento dos trabalhadores brasileiros sobre a nova previdência. Será mesmo um beneficio para todos? Muitos deles possuem o pensamento de que com a nova mudança os mesmos não poderão chegar à aposentadoria, ideia esta que para o governo não é algo que possa acontecer.

Esta regra não começa a valer para todos os brasileiros, aqueles que estão quase aposentando-se poderão ainda usufruir das regras antigas, não serão inclusos na reforma da previdência que estrará em vigor este ano. Mas para a maioria dos brasileiros, as novas regras estarão valendo para aqueles que irão aposentar-se no novo período, que teve pouca diferença em relação à previdência anterior.

Previdência Social Trabalhe Conosco – Vagas INSS

INSS Trabalhe Conosco

Veja como trabalham as pessoas da Previdência Social e conheça as vagas as quais pode se candidatar no trabalhe conosco do INSS.

Por fazer parte de um órgão do governo, a Previdência Social é um setor que oferece cargos públicos, e que para poder trabalhar nela é preciso que seja lançado um edital com todas as informações.

trabalhe-conosco-previdencia-social

Os agentes que trabalham atualmente na Previdência Social são descritos nos mais diversas áreas e setores, existem profissionais tanto do nível médio, como de nível superior. Estes profissionais são selecionados para vagas determinadas dentro da Previdência Social, e exercem suas funções em várias regiões do país.

Uma facilidade para quem deseja trabalhar na Previdência Social é que a mesma está presente no Brasil inteiro. Sempre que é preciso abrir uma agência da Previdência Social é preciso realizar a contratação de profissionais para suprirem as atividades. Em muitos casos como já pode ser visto nas notícias e editais, as vagas de emprego na Previdência Social são selecionadas por tempo determinado, dependendo da função e do local aonde está precisando a vaga.

Como funcionam as vagas de emprego na Previdência Social

Como já mencionado, para poder trabalhar na Previdência Social é preciso passar por um concurso público, que compreende a abertura de edital, classificação de pessoas através de prova específica, e aguardar ser chamado dependendo da sua posição no processo seletivo.

Os profissionais que preenchem as vagas de emprego da Previdência Social podem ser selecionado com nível médio de educação, e de nível superior que atuam nas mais diversas áreas, tanto na parte de humanas, como contabilidade e outros, tanto como nas áreas de ciências exatas, como estatística e engenharias.

INSS Vagas de Emprego

Muitas das vagas de emprego da Previdência Social também são contratadas com prazo determinado. Este prazo pode variar por um ano, como também pode ser prolongado por vários anos, até quatro anos. Para as vagas em concurso público as vagas geralmente são destinadas por tempo indeterminado. Atualmente não existem vagas de emprego abertas, mas é preciso ir acompanhando a abertura de vagas a traves de editais que são lançados na parte de “trabalhe conosco” no próprio site da Previdência Social.

inss-vagas-empregos-previdencia-social

As oportunidades para o segmento de trabalhe conosco da Previdência Social também não costumam ser muito frequentes, pois quem entra para trabalhar neste ramo geralmente costuma ficar até é a aposentadoria. Com isso, as vagas de emprego são abertas de anos em anos, e são destinadas para as mais diversas áreas do país, sendo que muitas vezes é preciso que as pessoas chamadas tenham que deslocar-se de sua cidade para poder exercer a profissão. Os salários para quem trabalhar na Previdência Social costumam ser altos, devido a serem cargos de destinação pública, igual que o INSS e outros cargos que são destinados pelo governo federal.

Não deixe de conferir os concursos abertos do INSS e também o site da Previdência Social, pois podem estar sendo disponibilizadas vagas de emprego de tempo determinado que já auxiliam aqueles que estão desempregados e procuram alguma oportunidade no mercado de trabalho. Para encontrar vagas de empregos abertas acesse: www.trabalheconosco.me

Leilões do INSS

INSS Leilões

Se ainda não possui um imóvel próprio, veja como participar dos Leilões do INSS que são realizados em todo o Brasil. Entenda como funcionam os Leilões do INSS.

Algo que vem se tornando cada vez mais comum nos dias de hoje são os leilões públicos, ou seja, leilões organizados por instituições ou órgãos de caráter público.  Um exemplo muito bom são os leilões de veículos organizados em todo o Brasil com a cooperação do Departamento Nacional de Trânsito ou DETRAN, esses são leilões de veículos apreendidos. O que muitas pessoas não sabem é que outros órgãos também realizam este tipo de leilão, mais com outros produtos como é o caso do INSS. Confira aqui informações sobre as datas e locais dos leilões do INSS e veja como arrematar imóveis mais baratos.

inss-leilao

Muitas pessoas estão ainda em busca do imóvel próprio. Algumas delas procuram por novos, outras aceitam os imóveis que já foram usados, já muitos também procuram por taxas de financiamento mais acessíveis. Em fim, a busca pelo imóvel ideal ainda é um objetivo de muitos brasileiros que acompanham e participam de leilões de imóveis.

Um dos leilões bastante conhecidos por todo o país são os Leilões do INSS. Estes imóveis são oriundos da falta de pagamento de dividas e que foram destinados ao Fundo de Regime Geral de Previdência Social. Estes imóveis são então recolhidos e avaliados pela Caixa Econômica Federal, e são leiloados para dar a oportunidade de terem o seu imóvel próprio, desta vez vindo do INSS.

É importante informar que para participar dos Leilões do INSS, as pessoas não podem fazer parte do quadro de funcionários deste órgão, nem familiares de origem direta e conjugues de colaboradores do INSS. Os leilões de imóveis são destinados à pessoas que ainda não possuam seu imóvel próprio, e desejem sair do aluguel.

Para quem ainda não possui conhecimento o Instituto Nacional de Seguro Social ou simplesmente INSS como é conhecido popularmente vem realizando já há algum tempo leilões públicos de imóveis em todo o país. Caso você tenha alguma desconfiança quanto a este tipo de leilão, saiba que estes imóveis são propriedades não operacionais do Fundo de Regime Geral da Previdência Social, neste caso são pagamentos de dívidas previdenciárias de antigos institutos da previdência.

Local e Data Leilão do INSS

O leilão do INSS já é feito há algum tempo e sempre dispõe de imóveis bastante diversos, dessa forma, é bem comum que você aquele imóvel que corresponde as suas necessidades, seja um imóvel barato, imóvel grande, pequeno, perto de certa região e etc. Outro detalhe bem interessante e que já foi citado é o preço, isso mesmo, os imóveis que participam deste leilão costumam ter preços bem abaixo do normal, assim é uma ótima chance para quem busca o seu imóvel próprio com preço baixo. Os detalhes em relação a cada imóvel que participa do leilão são repassados e lembrando que todos sempre estão em possibilidades de uso.

Caso você esteja interessado pelo assunto e deseje saber mais detalhes em relação a leilões da Previdência passados e até mesmo datas dos futuros leilões do INSS em todo o país você poderá acessar o site oficial da Previdência na página com datas e informações em relação a leilões, você também pode conferir quais são os próximos leilões do INSS.

Estes imóveis correspondiam exatamente à apartamentos e imóveis comerciais como lojas. Depois da Caixa Econômica Federal fazer a avaliação, os mesmos são leiloados a preços abaixo do praticado no mercado, e as pessoas precisam estar atentas para poder participar dos mesmos.

leiloes-do-inss

Participar dos Leilões do INSS

Veja como participar dos Leilões do INSS, e ter o seu imóvel próprio.

Para as pessoas que desejam participar dos Leilões do INSS, as pessoas precisam fazer um deposito na Caixa Econômica Federal o valor equivalente a 5% do valor que foi considerado como proposta mínima de lance. Este valor deve ser depositado até 1 dia antes do inicio das propostas para o leilão, e o mesmo serve como uma forma de caução, para garantir que as apostas serão realmente feitas em determinado imóvel.

Este caução poderá ser retirada posteriormente, caso não tenha ficado com o imóvel. No entanto, existem datas e horário limite para a retirada dos mesmos. Caso contrário, não poderá mais ser retirado o valor que foi depositado para o mesmo. Caso o você consiga comprar o imóvel que desejava, poderá também retirar o valor, e pagará pelas taxas de serviço do INSS, conforme valores e porcentagens lançados em edital especifico.

Caso você esteja interessado em garantir seu imóvel próprio e participar dos Leilões do INSS, basta acessar o site: http://www.previdencia.gov.br/acesso-a-informacao/licitacoes-e-contratos/leiloes-de-imoveis-do-INSS/ ali poderá conferir as datas e os locais onde os mesmos serão realizados. Também é possível conferir outros leilões de imóveis promovidos pelo poder público, tais como o do DETRAN, da Previdência Social, da Caixa Econômica Federal, e outros que licitam imóveis já construídos para pessoas que tenham interesse em adquirir o seu.

Aposentados do INSS

INSS Aposentados

Se você tem direito à aposentadoria do INSS, mas está preocupado que essas mudanças possam interferir para você, saiba que tudo vai depender do que for aprovado pelo Poder Legislativo e, depois, pelo Presidente da República.

Infelizmente, o atual panorama do Brasil é o seguinte: muitos jovens, adultos e idosos e poucas crianças e adolescentes. Mas por que isso é relevante para a aposentadoria, benefícios e pensões concedidos pelo Governo?

aposentados-do-inss1-300x242

A aposentadoria no INSS é um direito conquistado pelo trabalhador devido aos seus anos de trabalho em que contribuiu com a previdência. Quando se aposenta, a pessoa tem direito a receber determinado valor por parte do governo, dependendo do motivo da aposentadoria e do tempo de carteira assinada que a pessoa tem, ou seja, quantos anos contribuiu.

Aposentadoria da Previdência Social

Já está liberada a lista da revisão de teto que irá dar reajustes de valores de até 117 mil beneficiados, então se você é pensionista ou aposentado do INSS, não deixe de conferir para saber se você é um dos contemplados.

Desde agosto está liberado o aumento de 239 reais. Mas os beneficiários devem consultar toda a documentação para ter certeza de que está tudo certo ou de que não estão sendo prejudicados.

A aposentadoria no Brasil ainda é algo precário, porém funciona e todos os inválidos, idosos ou pessoas com doenças degenerativas ou psiquiátricas tem esse direito garantido por lei. Mas ainda assim o valor de aposentadoria é baixo no Brasil a não ser que você contribuiu com parcelas extras para complementar a sua aposentaria ou ganhava um salário muito alto.

Com o tempo a aposentadoria tende a desaparecer, pois ela é sustentada pelos impostos pagos com o trabalho dos jovens. Mas os idosos estão aumentando muito, o que quebraria a economia caso fosse mantido o atual modelo de aposentadoria que está passando por reformas afim de evitar o pior. Então deve-se aumentar os impostos para suprir o desfalque de jovens que devem pagar mais e mais para se aposentar no futuro pelo INSS.

Se você deseja acompanhar as últimas noticias sobre os aposentados do INSS e ficar pode dentro das novas leis, tabelas de pagamento e muito mais é só acompanhar o site.

Reforma na Previdência

A Previdência Social funciona com base em um princípio chamado de “Princípio da Solidariedade”. O que isso quer dizer? Quer dizer que aquelas pessoas que estão trabalhando pagam, com suas contribuições mensais, a aposentadoria de quem já está aposentado.

reforma-da-previdencia-aposentados

Tecnicamente, o dinheiro entra na conta da Previdência Social e já sai, com o pagamento das aposentadorias. A ideia desde a criação da Previdência Social era de que esse dinheiro tivesse algum rendimento. Entretanto, na situação atual, nem sequer há tempo de fazer isso.

Porém, esse desequilíbrio entre o número de pessoas que trabalham com as já aposentadas está fazendo com que o Governo Federal tenha que retirar dinheiro de outros lugares para pagar as aposentadorias do INSS.

Só que são milhares de brasileiros que recebem benefícios, pensões e aposentadorias, o que equivale a milhares de reais todo o mês. Se o crescimento populacional continuar assim, vai chegar um momento em que a Previdência Social e nem sequer o Governo vai conseguir pagar as aposentadorias INSS, pois seriam muitas pessoas aposentadas para poucas pessoas contribuindo, ou seja, fazendo o dinheiro da Previdência Social “circular”.

Muitas pessoas se dividem sobre esse assunto, pois acreditam que o Governo poderia economizar em outros lugares, sem alterar as regras, que já são um pouco duras, para que uma pessoa consiga se aposentar pelo INSS.

Aliás, conseguir empregos formais, ou seja, com carteira assinada e que dão direito a todos esses benefícios do INSS não é muito fácil, especialmente diante da crise que assola o Brasil nesse momento, o que leva muitas pessoas a fazerem os chamados “bicos”, que são trabalhos informais que geralmente não trazem quase nenhum benefício trabalhista, muito menos aposentadoria integral, aposentadoria parcial, auxílio-doença, seguro desemprego e muitos outros.

Assim, muitas pessoas deixamde pagar o INSS.

Desse modo, considerando também a expectativa de vida das pessoas, que aumentou nos últimos anos, o Governo considera que as pessoas podem trabalhar mais e, por isso, uma reforma é necessária para estabilizar as contas públicas.

Agora que você já entendeu os motivos do Governo, não deixe de pedir a aposentadoria do INSS caso preencha os requisitos e queira solicitar.

Redução da Maioridade Penal – Contra ou A Favor?

Redução da Maioridade Penal no Brasil

Muito se debate sobre a redução da maioridade penal. O que se discute é sobre os benefícios e desvantagens de se diminuir a idade para prisão no Brasil, tendo em vista que a maioria dos menores infratores não são levados para a cadeia e sim para programas educativos que quase nunca funcionam. Enquanto isso, a criminalidade aumenta, principalmente nas grandes cidades.

E você, é a favor da redução da maioridade penal? Ou defende que os jovens devem ser educados e não levados para os presídios junto com adultos violentos? É preciso analisar os dois lados desse problema, pois se trata de uma questão muito delicada, que envolve debates políticos, filosóficos e sociais. Vejamos algumas informações relevantes sobre o assunto.

reducao-maioridade-penal

Por que falar sobre a redução da maioridade penal?

Como você já sabe, o número de jovens cometendo crimes no Brasil não para de crescer. Todos os anos, milhares de pessoas são vítimas de criminosos menores, que não são presos por estarem resguardados pela lei de proteção aos menores. Quem é contra a redução da maioridade penal defende que os jovens precisam de mais educação e menos punição.

Você é contra ou a favor da redução da maioridade penal? Se você já está cansado de tanta violência e impunidade no Brasil, provavelmente é um dos que defendem de forma absoluta a redução da maioria. Agora, se você é um dos defensores dos direitos humanos, provavelmente critica qualquer iniciativa de reduzir a idade legal prevista na lei brasileira, que é 18 anos.

Quem é contra a redução da maioridade penal?

Para saber quem é contra a redução da maioridade penal, basta acompanhar os debates, principalmente os acadêmicos. Geralmente argumentam que o sistema prisional não ajuda a ressocializar, mas sim contribuem para que os menores fiquem ainda mais violentos. Isso, em certa medida, é verdade, já que as cadeias no Brasil são precárias, com condições terríveis de dignidade para quem fica preso.

Quem é a favor da redução da maioridade penal?

Agora, para saber quem é a favor da redução da maioridade penal também é muito fácil. Geralmente são pessoas que entendem que a cadeia deve continuar sendo precária, afinal de contas, estamos falando de criminosos que não merecem compaixão de ninguém, quanto mais tratamento diferenciado.

Redução da maioridade penal: tema complexo

Para reduzir a maioridade penal no Brasilnão é tão simples. Vejamos.

O debate contra e a favor a redução da maioridade penal é grande, envolvendo todas as parcelas da população, incluindo professores do ensino superior e médio, pessoas da comunidade em geral e também o Governo, que volta e meia tenta emplacar projetos no sentido de reduzir a maioridade penal. Até o momento, nenhuma iniciativa teve sucesso. O ideal talvez seria um Plebiscito sobre a Redução da Maioridade Penal, onde toda a população participasse, igual foi sobre a questão do desarmamento.

Isso porque para muitos psicólogos e profissionais do direito, bem como até mesmo órgãos de proteção à infância demonstram que um menor de idade não tem condições de compreender 100% sobre um crime praticado.

No entanto, a ideia de alguns parlamentares é apenas reduzir a maioridade penal para crimes considerados hediondos, como tortura, latrocínio (roubo seguido de morte) e muitos outros estipulados por lei e que são cometidos com extrema violência, por exemplo.

Mas para outros crimes, ainda seriam mantidas as medidas as medidas aplicadas a crianças e adolescentes. Aliás, para que você compreenda a diferença, crianças e adolescentes são apreendidos, enquanto adultos são presos. Adolescentes e crianças, para a lei, não cometem crimes, mas sim algo chamado de ato infracional.

As penas para os atos infracionais (que são bem similares aos crimes) podem ser medida socioeducativas, que podem ser liberdade assistida, regime de semiliberdade e internação (nos casos graves ou na hipótese de reincidência de atos infracionais).

Nesse debate, há que se pensar também que muitas crianças já nascem em ambientes violentos, permeados por drogas, mortes, falta de recursos, abandono familiar, abusos físicos e mentais, dentre outros vários problemas.

Assim, por incrível que pareça, há muitas crianças que não conhecem outra vida. E você pode dizer: “mas isso é questão de caráter”. Será mesmo que o problema é só caráter? Além disso, os locais onde adolescentes são internados muitas vezes não oferecem uma estrutura mínima de educação. Ao invés de educar, adolescentes que cometeram erros não tão graves ficam em contato com jovens com mais “experiência no crime” e são até obrigados a se submeterem a situações de traficância de drogas e outros crimes para sobreviverem.

Agora que você já sabe tudo sobre como é a redução da maioridade penal, está na hora de participar ativamente desse debate. Afinal de contas, é algo que vai afetar a você e a sua família de forma direta. Fique por dentro do debate e acompanhe de perto o jogo político, pois a matéria logo será levada para as casas legislativas para votação. A sua participação é fundamental, já que os políticos devem levar os interesses da população em consideração.

Perícia Médica Eletrônica INSS pela internet

Marcar Perícia Médica Eletrônica INSS Online

Muitos servidores do INSS precisam passar por perícias médicas para que seu benefício seja validado periodicamente. No caso, sempre é um transtorno para esses servidores terem que se deslocar para uma agencia do INSS mais próxima. Ainda mais que esses beneficiários do INSS tiveram se afastar do serviço por motivos de saúde. Veja mais informações sobre a perícia médica eletrônica do INSS que pode ser feita pela internet.

pericia-medica-eletronica-inss

A Previdência Social anunciou recentemente que abriu sistema de atendimento eletrônico para a perícia médica do INSS que já está disponível em algumas localidades no Brasil.

A perícia médica eletrônica do INSS é um novo serviço do instituto Nacional do Seguro Social que está implantando um sistema para facilitar os atendimentos aos beneficiários do INSS de alguns tipos de benefícios que precisam passar por perícia médica. O mesmo serviço disponibilizará de atestado médico de até 60 dias para aqueles trabalhadores impossibilitados de voltarem aos seus trabalhos.

Essa nova ferramenta eletrônica do INSS permite agilizar e também desafogar a demanda pela avaliação médico-pericial no qual alguns servidores tem que se submeter periodicamente. Esta avaliação é obrigatória para alguns beneficiários com finalidade de atestar sua incapacidade para o trabalho e que permite assim a concessão do auxílio-doença ou auxílio-acidente e verificar também a invalidez para o caso da aposentadoria por invalidez.

Então, para desafogar esse sistema, o INSS implantou este meio eletrônico de atestar seu afastamento do trabalho. Funciona da seguinte maneira: funciona para aqueles que estão afastados o trabalho por até 60 dias e no caso, o beneficiário poderá escolher o médico de sua preferência, desde que este tenha certificação digital fornecida pelo Conselho Regional de Medicina (CRM). Nesse caso, o médico credenciado deverá enviar o laudo de forma eletrônica para o INSS e o segurado terá que ir a uma agência do INSS para assinar o termo do benefício.

A intenção dessa forma eletrônica de perícia medica do INSS online é desafogar em até 15% das perícias realizadas em todo o país, sendo que os pontos mais delicados no número de perícias são os Estados de São Paulo, Pará e a região Sul. Hoje em dia, o INSS realiza cerca de 30 mil perícias diárias no país e esse sistema vem para facilitar também todo o processo, tanto para a autarquia como para os segurados.

agendamento-pericia-medica-previdencia-social

Agendamento de Perícia Médica Previdência Social

No dia da realização da pericia, é necessário que leve seus documentos pessoais e sua documentação que possui referente ao processo de obtenção do auxílio. Toda esta avaliação será feita referente à sua documentação e referente à sua situação física ou emocional que esteja impedindo você de voltar ao seu emprego do qual está atualmente afastado.

Para agendar acesse: Marcar Perícia INSS

Não é somente nesse auxilio doença que será necessário realizar pericias da Previdência Social, para este órgão, existem inúmeros outros benefícios que podem precisar deste agendamento. Basta consultar no site mencionado que poderá verificar uma lista de outros possíveis afastamentos. Somente no caso da aposentadoria é necessário apenas um agendamento para avaliação da documentação, o restante precisa ser avaliado pelo órgão como uma espécie de auditoria, para verificar se o beneficiado está mesmo precisando do auxilio doença e do recebimento do valor dos benefícios.

Processos de revisão de benefícios e aposentadoria INSS

Revisão de benefícios do INSS e aposentadoria

Confira mais detalhes sobre os processos de revisão de benefícios e aposentadoria INSS e veja se você tem direito a revisão do INSS.

processo-revisao-beneficio-aposentadoria-inss

O Governo Federal propôs por meio da Lei n° 10.999 de 15 de dezembro de 2004, acordo para a revisão dos benefícios previdenciários concedidos com data de início posterior a fevereiro de 1994.

A revisão do INSS consiste em recalcular o salário de benefício original sobre os salários de contribuição anteriores a março de 1994, mediante aplicação de percentual de 39,87% referente ao índice de e ajuste do Salário Mínimo (IRSM) do mês de fevereiro de 1994.

Antes da Emenda Constitucional 20 de 1998, Lei 9.876 de 1999 instituíram o fator previdenciário, o Regime Geral de Previdência (RGPS) calculava o valor dos benefícios a serem concedidos, com base na média dos últimos 36 salários-de-contribuição do segurado, corrigidos monetariamente.

No período compreendido entre janeiro de 1993 a julho de 1994 vigorou o índice de Reajuste de Salário Mínimo (IRSM) de acordo com a lei n° 8.542 de 1992. No caso dos benefícios concedidos no período compreendido entre fevereiro de 1994 e março de 1997. O INSS utilizou a variante IRSM para a atualização dos últimos salários de contribuição apenas até janeiro de 1994 e converteu, em seguida, os valores então atualizados para a Unidade de Referência do valor (URV), instituído em 28 de fevereiro de 1994.

No entendimento da justiça, o procedimento adotado pelo INSS prejudicou os segurados em razão de não ter sido utilizado o IRAM de fevereiro de 2004, cujo índice é se 39,67%. Isso teria reduzido a renda mensal dos benefícios.

Cálculo fator previdenciário INSS

O fator previdenciário é cálculo que considera a idade, o tempo de trabalho e de contribuição ao INSS, bem como a expectativa de vida da população, conforme medições do IBGE, o que influenciará drasticamente no cálculo da aposentadoria.

Aposentadoria integral valor

O valor mínimo da aposentadoria integral INSS é de um salário mínimo, conforme o importe do salário mínimo, que é anualmente reajustado.

Já o valor máximo da aposentadoria integral INSS pode ser de pouco menos de R$ 5 mil reais.

Cálculo aposentadoria integral

O cálculo da aposentadoria integral INSS tem o nome de regra dos 85/95 porque precisa dos seguintes requisitos para a aposentadoria integral INSS:

  • Mulheres:55 anos de idade e pelo menos 30 anos de contribuição (que é igual a 85)
  • Homens: 60 anos de idade mais 35 anos de contribuição (que é igual a 95).

No site da Previdência Socialtabelas com o quantitativo de benefícios revisados por Estados, Valores atrasados e segurados falecidos.

Se for o seu caso, a revisão de benefícios e aposentadorias do INSS, você pode consultar o seu benefício através do site da previdência digitando o número do benefício, assim como outras tantas informações.

Saiba mais acessando: Solicitar Revisão de Benefício INSS

Pagamento de Aposentados INSS 2017

INSS 2017 Pagamento de Aposentados

Você é aposentado do INSS e está aguardando novidades sobre o pagamento de aposentadoria do INSS em 2017? Saiba algumas novidades para o aposentado do INSS em 2017 e confira maiores informações.

pagamento-de-aposentados-inss

Entre as novidades declaradas para o INSS em 2018 é que o valor máximo a ser pago pela instituição é de R$5.531,31 e que este valor foi definido de acordo com o valor da inflação de 5,7%. Segundo a lei do orçamento, em 2018 o salário mínimo aumentará e este valor ainda incorpora a valorização prevista pelo governo de 50% do PIB do país. O que é um acréscimo de 0,9%. Por exemplo, um aposentado que receba R$ 1 mil terá reajuste de R$ 57. Mas, este valor ainda não está definido, porque o valor da inflação não é definido, pois pode sofrer oscilação o que muda os cálculos tanto do salário mínimo quanto do valor máximo a ser pago para os aposentados. Mas, há projetos de lei que prevê que o índice do salário mínimo também se estenda aos aposentados, ou seja, o reajuste feito não só pela inflação, mas pelo valor do PIB. Para o valor de 2018 em breve iremos atualizar as informações.

Confira a tabela de pagamentos dos aposentados do INSS em 2017 acessando o seguinte link: Calendário de Pagamento do INSS 2017

Os políticos interessados nesta causa estão correndo com estas melhorias para os aposentados, pois ano que vem com eleições as mudanças serão mais difíceis.

Quanto à última mudança de pagamentos aos aposentados do INSS no início deste ano, o modelo de pagamento permaneceu igual ao do ano anterior. Os aposentados que ganham até um salário mínimo tiveram os benefícios pagos num período de dez dias, dos cinco últimos dias úteis do mês de competência até os cinco primeiros dias do mês seguinte. Já os aposentados que recebem acima do limite o pagamento foi feito nos cinco primeiros dias uteis do mês seguinte ao da folha de pagamento. Lembrando que estes pagamentos são feitos com o último número do cartão do benefício, exclui-se o dígito verificador (aquele número após o traço).

Tabela Pagamento Aposentadoria INSS 2017

Já está disponível a tabela com as datas de pagamento da Aposentadoria INSS de 2017. A tabela é divulgada anualmente para ajudar os beneficiários das aposentadorias a saberem quando poderão receber o benefício, isto ajuda muito a organizar as despesas domesticas, já que é possível ir ao banco na data correta para o recebimento.

Não é preciso sacar o pagamento da aposentadoria no mesmo dia em que ela é liberada, e o aposentado ainda pode escolher receber no banco em que achar mais conveniente.

Os pagamentos da aposentadoria pelo INSS são feitos de acordo com o número do benefício, para consultar o seu, verifique o último número antes do digito.

Por exemplo, se o número for 123.456.789-0 o benefício segue a linha de final 9 na tabela abaixo, e será pago dia 07 em janeiro e novembro, e dia 4 em fevereiro, março e agosto, dia 6 em abril e janeiro de 2017, e assim por diante.

Final Dez/15 Jan/16 Fev/16 Mar/16 Abr/16 Mai/16 Jun/16 Jul/16 Ago/16 Set/16 Out/16 Nov/16 Dez/16
1 22/Dez 25/Jan 23/Fev 24/Mar 25/Abr 24/Mai 24/Jun 25/Jul 25/Ago 26/Set 25/Out 24/Nov 22/Dez
2 23/Dez 26/Jan 24/Fev 28/Mar 26/Abr 25/Mai 27/Jun 26/Jul 26/Ago 27/Set 26/Out 25/Nov 26/Dez
3 28/Dez 27/Jan 25/Fev 29/Mar 27/Abr 27/Mai 28/Jun 27/Jul 29/Ago 28/Set 27/Out 28/Nov 27/Dez
4 29/Dez 28/Jan 26/Fev 30/Mar 28/Abr 30/Mai 29/Jun 28/Jul 30/Ago 29/Set 28/Out 29/Nov 28/Dez
5 30/Dez 29/Jan 29/Fev 31/Mar 29/Abr 31/Mai 30/Jun 29/Jul 31/Ago 30/Set 31/Out 30/Nov 29/Dez
6 4/Jan 1/Fev 1/Mar 1/Abr 2/Mai 1/Jun 1/Jul 1/Ago 1/Set 3/Out 1/Nov 1/Dez 2/Jan
7 5/Jan 2/Fev 2/Mar 4/Abr 3/Mai 2/Jun 4/Jul 2/Ago 2/Set 4/Out 3/Nov 2/Dez 3/Jan
8 6/Jan 3/Fev 3/Mar 5/Abr 4/Mai 3/Jun 5/Jul 3/Ago 5/Set 5/Out 4/Nov 5/Dez 4/Jan
9 7/Jan 4/Fev 4/Mar 6/Abr 5/Mai 6/Jun 6/Jul 4/Ago 6/Set 6/Out 7/Nov 6/Dez 5/Jan
0 8/Jan 5/Fev 7/Mar 7/Abr 6/Mai 7/Jun 7/Jul 5/Ago 8/Set 7/Out 8/Nov 7/Dez 6/Jan

Muita gente pensa que o benefício tem data sempre igual, mas não é assim. Como você pode ver, as datas mudam, embora sejam sempre bem perto uma das outras.

Outro ponto a considerar, é que há datas diferentes para quem recebe até um salário mínimo e para quem recebe mais de um salário mínimo de pagamento de aposentadoria pelo INSS.

A tabela de pagamentos para quem recebe mais de um salário mínimo é esta aqui abaixo, e a forma de consultar é a mesma, sempre pelo último número do benefício, ignorando o digito.

Final Dez/15 Jan/16 Fev/16 Mar/16 Abr/16 Mai/16 Jun/16 Jul/16 Ago/16 Set/16 Out/16 Nov/16 Dez/16
1 e 6 4/Jan 1/Fev 1/Mar 1/Abr 2/Mai 1/Jun 1/Jul 1/Ago 1/Set 3/Out 1/Nov 1/Dez 2/Jan
2 e 7 5/Jan 2/Fev 2/Mar 4/Abr 3/Mai 2/Jun 4/Jul 2/Ago 2/Set 4/Out 3/Nov 2/Dez 3/Jan
3 e 8 6/Jan 3/Fev 3/Mar 5/Abr 4/Mai 3/Jun 5/Jul 3/Ago 5/Set 5/Out 4/Nov 5/Dez 4/Jan
4 e 9 7/Jan 4/Fev 4/Mar 6/Abr 5/Mai 6/Jun 6/Jul 4/Ago 6/Set 6/Out 7/Nov 6/Dez 5/Jan
5 e 0 8/Jan 5/Fev 7/Mar 7/Abr 6/Mai 7/Jun 7/Jul 5/Ago 8/Set 7/Out 8/Nov 7/Dez 6/Jan

O INSS alerta que o segurado precisa tomar cuidado com seus dados do benefício e não fornecer o número do mesmo e nem dos seus documentos para evitar que terceiros saquem seus benefícios. Outra atenção que o INSS dá aos aposentados é não fornecer esses dados por e-mail ou telefone, pois o INSS não faz isto e isto pode ser um golpe. Tendo dúvidas ou precisa sacar seus benefícios procure uma agência do INSS para se informar.

Desaposentação – Cálculo Desaposentadoria, Troca

Calcular Desaposentação

A Desaposentação é um assunto novo para a maioria das pessoas, muitas não sabem como funciona e nem como solicitar esse processo. Como o próprio nome já diz é acabar com a aposentadoria de alguém, isso pode ocorrer por vários motivos e até mesmo pela própria solicitação do interessado.

Com esse recurso o segurado tem o direito de voltar a trabalhar após ser aposentado, mas ele continua contribuindo para a Previdência Social. Ele só precisa solicitar a sua desaposentadoria para que haja aproveitamento do tempo de contribuição anterior e posterior à aposentadoria.

desaposentacao

Somente nesses casos que as pessoas que estão aposentadas devem pedir a desaposentação do INSS, caso contrário não é necessário, ela pode voltar a exercer atividade e pode também contribuir com a Previdência, mas começa contar um novo tempo de serviço sem somar com o anterior.  Caberá a cada aposentado analisar qual é a melhor opção para que ele possa optar.

É necessário que o aposentado entre com seu pedido para o Instituto Nacional do Seguro Social que irá analisar o mesmo. Esse requerimento pode ser feito a qualquer momento, é necessário que passe por um processo até que seja autorizado. Hoje em dia muitos aposentados conseguem o direito de requerer a judiciária para poderem pedir a desaposentação, mas é necessário fazer o cálculo para ter certeza que compensa ou não solicitar esse recurso.

O próprio interessado pode fazer esse cálculo porque existem outras ferramentas que ajudam nessa finalidade seria interessante dar uma olhada nessas questões.

desaposentacao-inss-calculo

Resumo sobre o que é a Desaposentação

Cálculo Desaposentadoria

Ação de desaposentação envolve um cálculo estimado da nova aposentadoria, só tem êxito na sua solicitação se o cálculo efetuado demonstrar que o valor a ser recebido pelo aposentado é mais vantajoso que o valor recebido atualmente pelo mesmo.

Por isso que muitas das vezes a solicitação não é confirmada porque acaba não sendo positivo para o segurado solicitar a sua desaposentação INSS. Nem sempre o processo é rápido e muitas das vezes é necessário recorrer ao judiciário para se ter direito a essa solicitação, mas tudo deve ser feito com cuidado e atenção para que o segurado tenha certeza se compensa ou não ele fazer a solicitação da sua desaposentadoria.

O cálculo da desaposentadoria do INSS pode ser feito de forma bastante simples e o próprio segurado pode acessar os sites que ajudam nessa simulação. Essas ferramentas são totalmente gratuitas, o que facilita ainda mais a vida das pessoas.

Faça o cálculo para que você tenha certeza de que vai compensar solicitar esse recurso vale a pena o aposentado voltar para o mercado de trabalho desde que estejam em condições para isso é preciso dos recursos financeiros.

Se for mais viável ele pode voltar a exercer atividade trabalhista, mas sem solicitar a sua desaposentação, nesse caso ele continua contribuindo com a Previdência e recebendo sua aposentadoria, porém esse tempo anterior de trabalho não vai contar com o novo cálculo futuro. É por isso que compensa fazer uma análise para se ter certeza do que compensa mais se vale a pena a desaposentação ou a contribuição livre, isso varia de segurado para segurado.

Empregada Doméstica INSS 2017 – Recolhimento

Recolhimento de INSS de Empregada Doméstica 2017

Ter uma empregada hoje em dia tem suas vantagens e desvantagens. Saiba que para ter uma empregada doméstica, essa categoria profissional tem vários direitos assim como também o empregador que a contrata.

recolhimento-inss-empregada-domestica
Primeiramente a Carteira de Trabalho e Previdência Social deve ser assinada, ainda mais se a empregada doméstica trabalha a partir de duas vezes na semana na sua casa. A carteira de trabalho deve ser devidamente anotada, especificando as condições de contrato de trabalho (data de admissão, salário ajustado e condições especiais de houver). As anotações devem ser efetuadas no prazo de 48 horas, após a entrega da Carteira de Trabalho pelo empregado quando da sua admissão.

O empregado doméstico tem vários direitos: salário fixado por lei, direito a feriados e folgas semanais (no caso do empregador quiser que o empregado doméstico trabalhe nos fins de semana deverá pagar em dobro e dar folga compensatória a esse trabalhador); irredutibilidade salarial, 13° salário, repouso semanal remunerado (geralmente aos domingos), férias proporcionais, estabilidade do emprego em razão de gravidez (até 5 meses após o parto); férias proporcionais, licença à gestante, licença a paternidade (de 5 dias corridos), auxílio-doença pago pelo INSS, aviso-prévio de 30 dias, aposentadoria, vale transporte; fundo de garantia de tempo de serviço (FGTS), benefício opcional e seguro-desemprego.

O 13° salário é concedido ao empregado doméstico em duas parcelas. A primeira, entre os meses de fevereiro a novembro, no valor correspondente a metade do salário do mês anterior; a segunda, até o dia 20 de dezembro, no valor da remuneração de dezembro.

Férias de 30 dias, o trabalhador Serpa remunerado com pelo menos 1/3 a mais que o salário normal, após cada período de 12 meses de serviços prestados à mesma pessoa ou família.

Férias proporcionais ao término do contrato de trabalho, independentemente da forma de desligamento, mesmo que incompleto período aquisitivo de 12 meses. O auxílio-doença pago pelo INSS será pago desde o primeiro dia de afastamento e deve ser requerido, no máximo 30 dias do início da incapacidade.

O aviso-prévio acontecerá quando uma das partes quiser rescindir o contrato de trabalho e deverá comunica à outra sua decisão com antecedência mínima de 30 dias. No caso de dispensa imediata, o empregador deverá efetuar o pagamento relativo aos 30 dias de aviso-prévio computando-o como tempo de serviço para os efeitos de férias e 13° salário.

Quanto ao recolhimento, o empregador é responsável por recolher uma parte do que paga ao empregado doméstico. Até R$ 1.107,52, o valor da alíquota que deve o empregador é de 12% até o limite da previdência de R$ 3.691,74.

Por isso, ao se pensar em contratar uma empregada doméstica deve-se pensar não só no salário que deverá pagá-la, mas tudo que deverá recolher ao INSS e os benefícios.

INSS 2017 Tabela de Pagamento – Calendário

Tabela de Pagamento INSS 2017

Para quem recebe benefícios do INSS deve estar de olho no calendário de pagamento do INSS 2017, não é mesmo? A previdência social divulga os calendários anualmente para o ano corrente ou próximo ano dos pagamentos e demais atividades do INSS. Confira aqui a tabela do INSS 2017 e veja as datas que você irá receber seu benefício.

inss-tabela-de-pagamento

Ainda não foi divulgada oficialmente a tabela de pagamento do INSS 2017, mas quem recebe benefícios já pode supor como serão os pagamentos dos benefícios em 2018. Aqueles beneficiários que recebe em menos de um salário mínimo começam a receber seus benefícios a partir de 21 de dezembro próximo, mas, aqueles que recebem um pouco mais receberão seus benefícios somente em início de 2014. Para receber o benefício, os beneficiários precisam ir a alguma agência do INSS que em todo o Brasil tem aproximadamente 1354 agências.

Os benefícios são prestações pecuniárias que são pagas pela Previdência Social aos segurados da Previdência e seus dependentes. Cada benefício tem uma espécie, que foi criada pelo INSS para explicar as peculiaridades de cada benefício. Cada benefício possui um código numérico, por exemplo, o código 42, referente à Aposentadoria por Tempo de contribuição.

Os benefícios de prestação continuada são caracterizados por pagamentos contínuos até que por alguma razão é cessado. Totalizam 67 espécies de benefícios. Além do benefício de prestação continuada, tem benefício de prestação única cujo pagamento é feito somente uma vez e somente o pecúlio especial de aposentados é o benefício deste tipo. O pecúnio é pago quando é necessário reembolsar o segurado do valor corrigido de contribuições pagas após a aposentadoria. Este pecúnio foi extinto pela Lei 8.870/94, mas ainda é pago. Os benefícios eram corrigidos pelo índice estipulado por atos legais, mas, desde 2006, passaram os valores dos benefícios serem corrigidos pelo índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPS) que é calculado sempre no mês de abril.

Mas, se você já quer se antecipar e já se agendar para o pagamento dos benefícios saiba que este pagamento do INSS 2017 é determinado pelo número final do benefício. No caso da tabela de pagamento de 2013, os benefícios com final 1 para os pagamentos de até um salário mínimo, os pagamentos de dezembro serão feitos dia 21; janeiro, pagamento dia 25 de janeiro; fevereiro, pagamento dia 22; março, pagamento dia 22; abril, pagamento dia 24 de abril; maio, pagamento dia 24; junho o pagamento de benefício final 1 é dia 24; e assim por diante que pode ser conferido no site do INSS.

Mas, oficialmente o calendário pagamento INSS 2017 sairá somente no início do ano como acontece anualmente, inclusive também são divulgados as atualizações das alíquotas, mas enquanto não temos a alíquota de 2014 falaremos da de 2013 e os seus valores.

No caso de segurados empregados, inclusive domésticos e trabalhadores avulsos a alíquota de 2013 varia de acordo com o valor do salário-contribuição: de até R$ 1247,70, o valor da alíquota é de 8%; de 1247,71 até 2.079, 50, a alíquota é de 9%; e de R$ 2.079,51 até R$ 4.159, a alíquota  para recolhimento é de 11%.  Estes valores acima estão vigentes desde 1° de janeiro de 2013 e no próximo dia 1° de janeiro de 2014 estes valores podem mudar.

Você não entende o que é esta alíquota, recordemos que quem é trabalhador comum possui uma contribuição ao INSS descontado diretamente na folha de pagamento, enquanto que os autônomos precisam fazer a contribuição mensal, pagando um carnê específico que vai ter alíquotas de acordo com o valor declarado no INSS de quanto recebe por mês.

Veja o calendário de Pagamento do INSS 2015 em breve de 2018

tabela-inss-2014

Calendário Pagamento INSS 2017

tabela-pagamento-inss

Valores Atrasados Aposentadoria INSS

INSS Aposentadoria Valores Atrasados

Os aposentados brasileiros em algumas ocasiões sofrem bastante, apesar de anos se dedicando ao trabalho, a maioria deles tem que continuar trabalhando ou depender de ajuda de alguém para conseguir sobreviver neste país se depender da renda da aposentadoria. Sem contar o valor da aposentadoria baixa, muitos ainda tiveram valores atrasados da aposentadoria que não foram pagos, veja como saber os valores atrasados de aposentadoria do INSS.

valores-atrasados-aposentadoria-inss

Os valores atrasados de aposentadorias do INSS para beneficiários previdenciários vão desde cinco de abril de 1991 e 1° janeiro de 2004 e a previsão é que o pagamento dos valores atrasados seja feito em parcela única, mas dividido em grupos de beneficiários que são mais ou menos um total de 131.161 que serão divididos em quatro grupos.

O primeiro grupo é composto por 68.945 pessoas que tem que receber seis mil cada uma delas pagamento que deverá ser feito até 30 de abril de 2014. Mas, os beneficiários que devem receber entre R$ 6 mil até R$ 15 mil já tiveram acesso a este benefício desde 31 de maio de 2012.

Para os aposentados que tem dúvida em como será feito este valor e qual o valor aproximado estes serão beneficiados pela mudança do teto previdenciário que fez correção dos valores dos benefícios e a correção é de 39,35% sobre os mesmos. Mas, será que todos terão esta correção? Por exemplo, segurado que se aposentou em maio de 1995 que teve média dos últimos pagamentos de R$785,22, o teto na época era de R$582,86, o excedente foi de R$ 34,72%, sendo o primeiro reajuste de 11,97% r posteriormente, no percentual de 10,96% em 1998.

Confira também: Revisão de Aposentadoria do INSS

Posteriormente em 2013, o valor do reajuste foi de 8,51% e com os critérios e reajustes o valor do beneficio ficou em R$ 2.464,15, uma diferença de R$ 466,92.

Segundo a Advocacia Geral da União não será necessário entrar na justiça para ter acesso a este reajuste do INSS, pois o pagamento será feito de forma administrativamente, o que faz inclusive que se elimine o grande problema do INSS. Os beneficiários que entraram na justiça todos acabaram ganhando a causa, exemplo dos beneficiários com processo na TRT da segunda região (que abrange o Rio de Janeiro e Espírito Santo) dos 2.382 beneficiários que entraram na justiça vá receber conjuntamente R$ 24.635.683,37 referentes às ações judiciais que ganharam do INSS nos anos anteriores o que corresponde a R$ 10,3 mil para cada beneficiário em média. Por isso, se tem dúvidas sobre seu benefício, acha que sua aposentadoria está atrasada e está enquadrado no perfil anterior, procure um contador que possa te ajudar no cálculo.

O que vai ser alterado com a Revisão do Teto INSS?

A partir do momento em que o beneficiado solicita revisão teto INSS, ele passa a ter direito ao valor atualizado e maior do que aquele que ele estava recebendo. Dessa forma, percebemos que é muito importante entrar em contato com agência do INSS mais próxima para que você possa solicitar a revisão o quanto antes.

As revisões do teto do INSS não têm prazos para serem solicitadas e por isso que os postos responsáveis vão atendendo conforme os beneficiados forem entrando em contato para solicitar o procedimento. Os aposentados e pensionistas do INSS não podem deixar de verificar essa revisão, principalmente aqueles que tiveram seus benefícios concedidos entre os anos de 1988 e 2003 que são os que mais precisam revisar o benefício.