BNDES Empréstimo – Simular, Regras

O que é o BNDES? Vale a pena?

Se você está pensando em pegar empréstimo bancário, está na hora de conhecer as regras do empréstimo BNDES. Trata-se do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, que oferece ótimas condições de crédito para milhares de brasileiros todos os anos. Dessa forma, é uma excelente opção para você que precisa de uma graninha para realizar seus projetos.

bndes

Como simular empréstimo BNDES?

Para simular empréstimo do BNDES é muito simples, mas muita gente acaba se esquecendo da importância de fazer esse procedimento. Pegar dinheiro emprestado é sempre uma decisão difícil, que deve ser tomada com cuidado. Afinal de contas, qualquer movimento errado por acarretar em dívidas que duram até mesmo anos. E ninguém gosta de ficar em dívida, principalmente com bancos.

Você que vai pegar dinheiro emprestado, deve conhecer bem as ferramentas para simular os valores. Uma das possibilidades é simular o empréstimo do BNDES pela internet. Isso mesmo, existem ferramentas de confiança que podem ser utilizadas para saber todas as informações relativas ao crédito, como quantidade de parcelas, taxas de juros e valor total a ser pago.

O primeiro passo para simular empréstimo do BNDES online é acessar o site do simulador. Dentro da plataforma, indique o valor pretendido. Esse é o valor que você deseja receber do BNDES ao pegar o seu empréstimo. Em questão de poucos instantes a ferramenta mostrará um relatório com todas as informações de que você precisa. Os dados são calculados com base nas taxas atuais da instituição, de modo que você pode confiar.

Acesse o seguinte site para simular: www.emprestimospessoal.net

Como funciona empréstimo BNDES?

Existem algumas regras para pegar empréstimo no BNDES que você deve observar. De nada adianta simular o empréstimo se você não preenche todas as exigências previstas pela instituição para ser um dos beneficiados pelo crédito. Por se tratar de um banco vinculado ao Governo Federal, que oferece taxas reduzidas, nem todos que solicitam conseguem o empréstimo.

emprestimo-bndes

Por isso é fundamental que, antes de simular o seu empréstimo, você procure saber as regras de empréstimo do BNDES.

Tais informações podem ser obtidas através do site do banco na internet. Você só precisa acessar para ficar por dentro de todas as regras relativas ao crédito bancário dessa instituição. Muitas pessoas já foram beneficiadas pelo crédito do BNDES, que libera bilhões em empréstimos todos os anos.

De posse de todas as exigências do banco, você pode acessar sem burocracia a ferramenta para simular de graça empréstimo do BNDES. Dessa forma quando você comparecer a uma das unidades da instituição, já saberá com antecedência todas as condições do seu crédito. Isso é fundamental para não ser surpreendido ou até mesmo perder tempo indo até o banco.

Empréstimo BNDES: regras

Mas já podemos lhe adiantar que o BNDES empresta dinheiro para micro, pequenas e médias empresas. Também se enquadram nessa condição milhares de pessoas que atuam como EIRELI ou empresários individuais.

E, claro, o BNDES empresta dinheiro para empresas maiores, como as de grande porte. Na verdade, o BNDES tem várias faixas de empresas, valores e condições diferentes. Tudo vai depender do seu caso, das suas necessidades e das suas pretensões.

Se quiser, pode ter mais informações através de uma ferramenta online, que pode ser extraída do site do BNDES, chamada Mais BNDES, onde você poderá tirar todas as suas duvidas sobre como emprestar dinheiro do BNDES.

Ainda, se não bastasse, o BNDES também empresta dinheiro para os governos, sabia disso? Existem diversos programas pensados para ajudar a população que são financiados pelo BNDES.

Se você tem algum receio de emprestar dinheiro, mas esta precisando, tenha em mente que o BNDES pode ser uma das opções mais rentáveis e menos custosas que você pode ter. Taxas de juros baixas, condições excelentes de pagamento e prazo e valores que realmente farão a diferença para o seu negócio são encontrados em poucas linhas de crédito.

bndes-emprestimo-simular

Na verdade, é quase impossível encontrar os mesmos benefícios do BNDES em bancos, sejam eles públicos ou privados.

Caso você tenha interesse e realmente consiga, pense que o BNDES pode ser a solução dos seus problemas de capital de giro e investimentos, especialmente em um ano em que a crise está “feia” e muitos empreendimentos estão fechando por aí, por falta de incentivos e de investimentos. Isso é uma pena, pois às vezes excelentes ideias acabam não tendo o suporte financeiro suficiente para crescer e desmoronam!

Agora que você já sabe como simular empréstimo do BNDES, o que está esperando? Acesse o site dessa empresa pública, confira todas as regras para a concessão de crédito e faça as contas sobre as condições do seu empréstimo através de uma ferramenta gratuita de simulação.

Não caia na furada de só pensar no seu empréstimo em cima da hora. Prepare-se com antecedência e não corra riscos. Esse é um conselho profissional que vai te ajudar muito.

Aposentado e Pensionista – Diferença

Qual a Diferença entre Aposentado e Pensionista?

Se você um dos que se confundem com os termos usados pelo INSS, está na hora de descobrir a diferença entre Aposentado e Pensionista. São duas categorias de beneficiários distintas. Muitas pessoas ficam na dúvida entre os conceitos desses termos e acabam se enrolando na hora de procurar informações nas agências do Instituto Nacional da Seguridade Social. Saiba tudo sobre aposentados e pensionistas do INSS acompanhando o texto a seguir.

diferenca-entre-aposentado-pensionista-inss

Diferença entre aposentado e pensionista do INSS

Pronto para saber qual a diferença entre Aposentado e Pensionista? Essa é uma dúvida bem recorrente por parte de muitas pessoas. Será que aposentado e pensionista querem dizer a mesma coisa?

Aposentado é toda pessoa que sai da atividade laboral e passa a receber um benefício da previdência social. Falamos que alguém se aposentou quando já trabalhou o suficiente para poder receber sem ter que trabalhar. A aposentadoria pode ser por idade, por invalidez ou por tempo de contribuição.

A aposentadoria é por idade ou por contribuição, quando preenchidos os requisitos previstos por lei na época da aposentadoria ou a realização da lei. Já, a aposentadoria por invalidez é aquela que é concedida, por meio de pagamento mensal, para pessoa que sofria de alguma condição de saúde ou porque sofreu acidente, estava doente etc.,

O pensionista, por sua vez, é alguém que recebe um valor da previdência social mesmo sem ter se aposentado. Quando um contribuinte ou aposentado morre, deixando dependentes, essas pessoas passam a receber um valor mensal, a título de pensão por morte. Muita gente acha que não tem diferença entre Aposentado e Pensionista, mas isso não é verdade.  São conceitos bem diferentes!

O pensionista recebe um valor em decorrência da morte de outra pessoa. Enquanto isso, o aposentado só recebe o valor depois de ter cumprido com os requisitos para obtenção da aposentadoria. Fica claro que Aposentado é diferente de Pensionista. Lembrando que as regras de aposentadoria estão sendo alteradas pelo Governo.Com as reformas previdenciárias, aposentar vai ficar cada vez mais difícil.

aposentados-e-pensionistas-inss

Para ser pensionista do INSS algumas situações devem ocorrer, como ser casado ou dependente comprovado do falecido, ser menor ou deficiente mental. Os demais benefícios concedidos pelo governo federal podem ou não ser de competência do INSS.

Você sabia que o seguro-desemprego não é pago pelo INSS? O seguro desemprego 2018 é pago, porém, pelo Ministério do Trabalho. É importante informar isso, pois algumas pessoas acabam se confundindo ao pedir e a se deslocar para ir em busca dos seus benefícios, porém, nem tudo é administrado pelo INSS.

Aposentados e pensionistas: reforma da previdência

A tendência é de que o valor das pensões também diminua se a reforma for aprovada pelo governo. Agora que você já sabe quais as diferenças entre Aposentado e Pensionista, ficará mais fácil de procurar ajuda nas agências do INSS. Se você é trabalhador, o certo é falar em aposentadoria. Se alguém próximo de você faleceu, procure saber se você tem direito à pensão por morte.

GovConta CAIXA – Cadastro, Consulta

O que é GovConta Caixa?

A Caixa Econômica Federal possui vários recursos e ferramentas para facilitar a vida das pessoas. Um desses serviços é o GovConta, uma conta especial que pode ser acessada através da internet. Descubra agora tudo que você precisa saber sobre o funcionamento desse importante recurso, como acessar e como se inscrever para ser também um dos beneficiados pela conta.

govconta

Como se vê, a caixa econômica federal tem muitos benefícios para a sociedade brasileira. A GovConta é mais um exemplo disso. A GovConta é realizada através de um contrato especial entre a CEF e a iniciativa pública, onde os termos da GovConta são todos postos na mesa. É como se fosse uma conta comum, mas ao invés de se referir a pessoas físicas, comumente é usada pelos órgãos governamentais.

É uma forma de gerir os recursos públicos de forma extremamente transparente e, o melhor, por meio de um banco público, como é o caso da caixa econômica federal. Os repasses do governo federal para Estados e Municípios é, quase que como regra, feito por contratos, convênios, termos de cooperação e outros instrumentos assemelhados.

No entanto, o banco que é utilizado é quase que, em regra, a Caixa Econômica Federal, que é quem administra boa parte dos recursos públicos federais. Assim, aGovConta será movimentada por pessoas pertencentes aos entes públicos, devidamente autorizadas para tanto, para que programas e projetos que beneficiem toda a sociedade possam ser postos em prática.

Cadastro GovConta

As inscrições no GovConta devem ser feitas através de uma das agências da Caixa Econômica Federal. Procure uma das agências mais próximas de você e solicite que seja criada uma GovConta. Você receberá uma senha provisória para acessar a conta através de um endereço virtual.

Após fazer uma inscrição no GovConta, o primeiro passo é acessar a sua conta para poder alterar a senha. Dessa forma você poderá acessar o sistema sempre que desejar, através de uma senha de sua escolha. Assim como outros serviços oferecidos pela Caixa, o GovConta está tornando a vida das pessoas mais fácil, sem burocracia. O processo de informatização está revolucionando os serviços públicos.

govconta-caixa

GovConta internet Senha

Muita gente que faz a inscrição do GovConta pela internet acaba esquecendo a senha. Sem essa informação é impossível acessar a conta especial. Se você já criou a sua conta, mas não consegue se recordar a senha escolhida, poderá comparecer na mesma agência onde a conta foi criada. Os funcionários da agência excluem a sua senha antiga e trocam por uma nova.

A troca de senha só pode ser feita na mesma agência onde a conta foi criada. Por isso o mais indicado é que você anote a sua senha em local seguro, ou escolha uma senha de fácil memorização.

Agora que você já sabe como se inscrever no GovConta, o que está esperando? Compareça a uma das agências e solicite a criação da sua conta especial. Dessa forma você poderá acessar os seus dados sempre que desejar, através da internet.

Garantia Safra 2018 – Pagamento, Consulta

Garantia Safra 2018 Consulta

O programa Garantia Safra é uma importante iniciativa do Governo Federal que visa ajudar financeiramente famílias que produzem na zona rural. Em muitas regiões do Brasil a seca ou o excesso de chuva prejudica as colheitas, deixando famílias inteiras sem sustento. O pagamento do Garantia Safra 2018 é feito para todas as famílias de regiões que perderam mais de 50% da colheita prevista.

Segundo o governo federal e o MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário), em seu site na internet, em 2017 mais de 860 mil agricultores familiares já tinham se beneficiado do Garantia Safra.

garantia-safra

O que é garantia safra?

O garantia safra é, portanto, uma enorme ajuda aos pequenos agricultores que continuam exercendo essas atividades tão importantes relacionadas à agricultura e à pecuária, afinal de contas são elas que nos alimentam, mas que podem ser dificultosas, especialmente por tratarem da natureza e dela dependerem.

Garantia safra Qquem tem direito

Para que você tenha direito ao benefício é necessário observar alguns requisitos. De acordo com o Governo, as famílias de agricultores com renda familiar mensal inferior a 1,5 salário mínimo podem se cadastrar para o programa. Lembrando que para receber o pagamento do Garantia Safra 2018 o seu município deve estar previamente cadastrado no programa.

garantia-safra-pagamento

Consultar Seguro Safra 2018

Se a sua região apresenta secas ou chuvas intensas que prejudicam a safra, cobre do prefeito local a inclusão do município no programa Garantia Safra. Se você está na dúvida se a sua região está ou não cadastrada, pode consultar o Garantia Safra 2018 pela internet. Dessa forma você ficará sabendo sobre a aplicação do benefício à sua região.

Há como consultar a lista do garantia safra por município, inclusive. No entanto, é mais comum que o garantia safra seja concedido para as regiões norte e nordeste do Brasil, que são as que mais sofrem com secas e outros tipos de intempéries.

Em algumas regiões o garantia safra é pago a agricultores que lidam com determinados tipos de culturas de plantações, como feijão, soja, dentre outros, que tiveram alguma perda oriunda de produtos causados por questões relacionadas ao clima ou outros problemas que possam ter influenciado a produção. O garantia safra não deixa os agricultores desemparados.

garantia-safra-consulta

Valor do garantia safra 2018

O valor do pagamento do Garantia Safra 2018 é de aproximadamente R$800,00 e é realizado anualmente. Se o seu município já aderiu ao programa, você pode fazer a inscrição do Garantia Safra 2018 da sua família para receber o valor. Após a inscrição existe uma análise para saber se os critérios para concessão do Garantia Safra foram observados. Claro, isso também será determinante para a manutenção do beneficiário no garantia safra 2018.

Agora que você já sabe como consultar o Garantia Safra 2018, está na hora de procurar saber se você pode receber o benefício. Se você já é um beneficiário, tome cuidado para não perder esse direito.

Existem várias exigências para a manutenção do benefício garantia safra, que devem ser observados por todos os membros do grupo familiar. Esse um importante programa do Governo que ajuda os agricultores rurais nos momentos difíceis.

Programa Morar Melhor 2018 Inscrições

Inscrições Programa Morar Melhor 2018

Um dos melhores programas de melhoramento urbano existentes no Brasil é o Programa Morar Melhor 2018. Trata-se de um projeto que visa reformar unidades de moradia urbana que se encontram em situação de precariedade. Dessa forma, muitas famílias estão conseguindo maior acesso a saneamento básico e estrutura mínima em suas residências. Descubra como participar do Programa.

As inscrições para o Programa Morar Melhor 2018 podem ser feitas por pessoas que se encontram em situação de baixa renda. Com a verba repassada pelo programa você poderá reformar a sua casa, melhorando a sua qualidade de vida e também de sua família.

programa-morar-melhor

Inscrição Morar Melhor 2018

Como o próprio nome do programa indica, o seu objetivo é melhorar a qualidade de moradia dos brasileiros que residem em áreas sem acesso a água, energia elétrica e esgoto. Normalmente o dinheiro do programa é utilizado para reformar e melhorar as residências particulares. Para fazer inscrição no Programa Morar Melhor 2018 é muito fácil.

O atendimento preferencial do programa é para famílias cujas residências se encontrem em situação de risco. Casas com rachaduras, goteiras e estrutura danificada são completamente reformadas. Ao final do programa, a residência é entregue ao morador em condições de uso. Para fazer a inscrição online no Programa Morar Melhor 2018 você deve consultar o site da prefeitura do seu município.

Lista de contemplados Morar melhor

Cada município é responsável pela realização e controle do programa. Para saber se o programa já está disponível no seu município é preciso entrar em contato com as autoridades públicas locais. A dica é que você procure orientações na própria prefeitura. Agora que você já sabe como se inscrever no Programa Morar Melhor 2018, está na hora de aproveitar.

Não há uma lista de contemplados do programa morar melhor. Em compensação, pelo site da Caixa ou pelo app você consegue, com o uso de login ou senha, acessar o programa morar melhor e ter todas as informações de que precisa para se manter no projeto.

programa-morar-melhor-inscricoes

Prêmio: Programa Morar Melhor Caixa

O Programa Morar Melhor é um sucesso! Tanto é que ganhou o prêmio de melhor projeto no Fórum Nacional de Habitação. Afinal de contas, não é só ter uma casa, mas sim ter uma casa que realmente seja habitável e dê o mínimo de conforto e dignidade para quem nela mora, não é mesmo? É bem essa a intenção do programa morar melhor.

Morar melhor Recadastramento

Todos os anos, a fim de verificar se os beneficiários ainda preenchem com os requisitos do programa morar melhor, é necessário atualizar o cadastro morar melhor. Isso é necessário também caso tenha havido alguma alteração nos seus dados, como casamento, falecimentos, dentre outras questões que possam impactar o seu contrato de moradia morar melhor da Caixa Econômica Federal.

Lembre-se de que a verba do governo é limitada e apenas uma parcela da população cadastrada é atendida. Por isso é importante que você não perca tempo e faça a sua inscrição no Programa Morar Melhor 2018.

Bolsa Verde 2018 Calendário, Pagamento

Calendário de Pagamento Bolsa Verde 2018

O programa Bolsa Verde é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA), que visa ajudar financeiramente famílias de baixa renda que morem na zona rural. O pagamento do Bolsa Verde 2018 já iniciou em vários Estados onde o programa já se encontra em desenvolvimento. Para não perder o benefício é importante que você fique atendo aos prazos de pagamento no calendário do Bolsa Verde 2018.

programa-bolsa-verde

Como funciona o programa bolsa verde e quem tem direito

Toda família cadastrada no programa recebe trimestralmente uma quantia em dinheiro. As parcelas, assim que concedidas, ficam disponíveis para saque durante cento e cinquenta dias. Para garantir o benefício você deve assinar um termo de compromisso, no qual confirma que realizará atividades de preservação. O calendário do Bolsa Verde 2018 é o mesmo do Bolsa Família.

Bolsa Verde 2018 Pagamento

O valor da Bolsa Verde 2018 pode chegar a R$ 300 (trezentos reais), pagos de modo trimestral, ou seja, a cada 3 meses.

Lembre-se de que para receber o pagamento do Bolsa Verde 2018 é preciso que você e sua família cumpram com o termo de compromisso assinado. Existem várias atividades de conservação e preservação que devem ser observadas pelos beneficiários do programa. Além do cuidado com a conservação dos recursos naturais, um dos critérios para a concessão do benefício é a renda familiar.

O programa prioriza as famílias que vivem em situação de extrema pobreza. Um dos pontos positivos é que é possível receber o Bolsa Verde 2018 em concomitância com outros benefícios, como o Bolsa Família. Se você estava na dúvida sobre como consultar o calendário de pagamento do Bolsa Verde 2018, já sabe que ele segue o mesmo cronograma do Bolsa Família.

Prazo Bolsa Verde

Os valores do programa bolsa verde serão pagos por até 2 anos pelo governo federal.

Bolsa Verde 2018 Inscrições

Quem tem interesse de fazer a inscrição no programa bolsa verde 2018 deve, primeiramente, se cadastrar no Programa CadÚnico – Cadastro Único do Governo Federal. Para fazer o CadÚnico basta ir à uma unidade de assistência social do seu município ou no CRA e fazer o requerimento.

É com base no Cad Único que você terá direito a outros benefícios do governo federal, se for o caso,  como, por exemplo, bolsa família, CNH Social 2018, dentre outros inúmeros programas dos governos federal, estadual e municipal.

bolsa-verde-calendario-pagamento

Bolsa Verde 2018 Calendário

Após o surgimento do Programa Bolsa Família Família, todos os benefícios que eram despendidos pelo governo federal passaram a ser unificados nesse programa.

Logo, dessa forma, o calendário do Bolsa Verde 2018 é o mesmo do pagamento do bolsa família 2018 do governo federal, o qual é divulgado todos os anos na tv, rádio, jornais e pelo site do governo.

Agora que você sabe tudo sobre como funciona o pagamento do Bolsa Verde 2018, está na hora de conhecer esse programa do Ministério do Meio Ambiente. Se a sua família se enquadra nos requisitos, está na hora de se inscrever para passar a receber o benefício. Ele é pago trimestralmente, por família, no valor de R$300,00. É pouco, mas já ajuda.

Imposto de Renda 2018 Consulta

Consulta Imposto de Renda 2018

O Imposto de Renda é um importante tributo, que serve para a manutenção de diversos programas sociais do Governo, como saúde e educação. Descubra agora como consultar o Imposto de Renda 2018. Estar preparado para o pagamento desse imposto é fundamental para evitar ficar em dívida logo no começo do ano.

consulta-imposto-de-renda

Consultar imposto de renda 2018

Se você quer saber se vai precisar pagar esse tributo, o mais recomendado é fazer uma consulta do Imposto de Renda 2018 pela internet. Isso mesmo, todas as informações relativas a esse imposto poder ser acessadas pelo contribuinte através do site da Receita Federal. A verdade é que ninguém gosta de pagar IR, mas é importante evitar as multas, que podem pesar ainda mais no bolso.

Para consultar o Imposto de Renda 2018 online você só precisa acessar o site da Receita Federal e fazer uma simulação. Através de uma ferramenta online você será capaz de saber se vai precisar ou não arcar com o pagamento. O valor do Imposto de Renda é calculado com base na renda anual total dos cidadãos. Salário, rendimentos com aluguel, pensões e aposentadorias, tudo entra na soma.

Imposto de renda 2018 data

Ainda não há data predefinida para a declaração do imposto de renda 2018. No entanto, no primeiro bimestre do ano, como de praxe, o governo federal informa com antecedência sobre os prazos para declaração do IR 2018.

Tabela IRPF 2018

A tabela do IRPF 2018 já foi exarada pelo governo federal para o ano que vem. Com o aumento do salário mínimo em Rb$ 40,00, esse montante pode refletir na faixa de cobrança do imposto.

Acesse a tabela atualizada acessando o site www.impostoderenda.net

imposto-de-renda-tabela

Quem deve declarar imposto de renda 2018

Se a sua renda total durante o ano foi maior do que o estabelecido pelo Governo Federal, você terá que pagar o Imposto de Renda em 2018. Como se trata de um imposto progressivo, quanto maior for a sua renda anual, maior será o valor que você terá que pagar ao Leão. Muita gente se pergunta onde consultar o Imposto de Renda 2018. Tudo pode ser feito pela internet, sem burocracia.

O mais indicado pelos especialistas em administração e finanças é ficar de olho no imposto. Estar preparado para o pagamento e ir reservando uma graminha pode facilitar muito a sua vida. Existe prazo para declarar o Imposto de Renda, então é importante que você se mantenha atualizado. Faça uma consulta online do Imposto de Renda 2018!

Restituição do Imposto de Renda 2018

Como todos os anos, a melhor época é aquela em que se recebe a restituição do imposto de renda.b Não será diferente no ano de 2018.

Aliás, se você entrou na malha fina por algum motivo, há alguns lotes residuais do imposto de renda do ano anterior para serem pagos em 2018, caso a situação que ensejou a malha fina seja superada ou resolvida, aos olhos da Receita Federal do Brasil.

Consulta: Restituição do Imposto de Renda 2018

imposto-de-renda-consulta

Como é comum, a restituição do imposto de renda 2018 pode ser feita pelo site da Receita Federal ou pelo app.

Seguro Desemprego 2018 – Parcelas

Parcelas Seguro Desemprego 2018

O Seguro Desemprego é um importante benefício previdenciário concedido pelo Instituto Nacional da Seguridade Social aos seus contribuintes.

Se você paga INSS e for demitido sem justa causa, terá direito ao recebimento de algumas parcelas salariais. Para saber quantas parcelas de Seguro Desemprego 2018 você irá receber é preciso observar quanto você já contribuiu, quantos meses trabalhou e também se já usou o benefício antes.

receber-parcelas-seguro-desemprego

Seguro desemprego vai acabar?

Embora algumas pessoas digam que o seguro desemprego vai acabar, ainda não há nenhuma definição sobre isso por parte do governo federal. Até porque, para que algo de grande repercussão possa sair do papel é necessário que haja uma lei ou até mesmo alteração da Constituição Federal.

Para que isso aconteça, o governo precisaria mobilizar todo o Congresso Nacional. Como existem vários partidos, é bem possível que isso não saísse.

Mas aguarde os próximos episódios. Até o momento há seguro desemprego sim e ele ainda está sendo pago à população que trabalhava com carteira assinada e que foi demitida sem justa causa.

Seguro desemprego Parcelas

As parcelas do Seguro Desemprego 2018 correspondem a uma remuneração mensal, por tempo determinado, paga ao trabalhador que se encontre desempregado. Vale lembrar que o INSS só concede esse direito quando a demissão ocorre sem justa causa. Dessa forma você poderá se sustentar durante o período que estiver procurando por um novo emprego.

Se você recebe alguma outra fonte de renda, por exemplo, tem mais um emprego com carteira assinada, não tem direito de receber seguro desemprego, não importando se você nunca pediu o benefício.

Isso porque a intenção do governo federal com o seguro desemprego é realmente ajudar as pessoas que não têm nenhuma renda. Logo, isso não vai mudar para o seguro desemprego 2018, e vai continuar da forma como é com relação a essa questão.

Tabela de Parcelas do Seguro Desemprego 2018

seguro-desemprego-parcelas

Para receber o benefício você deve fazer o Agendamento do Seguro Desemprego.

Seguro desemprego: quantas parcelas

Outro ponto importante é que as parcelas desse benefício costumam ser pagas por até seis vezes. Isso significa que se trata de um benefício temporário. Mesmo que você não consiga emprego nesse prazo, o benefício será cortado. O valor das parcelas do Seguro Desemprego 2018 também varia. Para saber quanto você receberá é importante observar qual era a sua contribuição.

Como sacar seguro desemprego

Trabalhadores que contribuem com alíquota calculada com base no salário mínimo recebem um salário mínimo de Seguro Desemprego. Quanto maior for a alíquota da sua contribuição, maior será o valor do seu benefício. Para sacar as parcelas do Seguro Desemprego 2018 você pode comparecer a uma das agências bancárias diretamente. Afinal de contas, esse é um benefício como todos os outros.

Se você tem direito às parcelas do Seguro Desemprego 2018, procure agora mesmo uma das agências do INSS mais próxima de você. Converse com um dos atendentes e exija que o benefício lhe seja concedido. Vale ressaltar que o valor do benefício só é pago enquanto você mantiver a condição de desemprego. Logo que conseguir uma nova colocação, as parcelas deixam de ser pagas. Saiba mais acessando o site www.segurodesemprego.com.br

Atestado médico INSS para afastamento

Atestado INSS

Um dos assuntos que mais causam confusão quando estamos falando dos benefícios oferecidos pelo INSS é o afastamento médico. Muitas pessoas não sabem como funciona, nem mesmo se o atestado médico vale para afastamento no INSS.

atestado-medico-inss

Se essa é uma dúvida que você tem, está na hora de descobrir como a matéria é regulada no Brasil. Acompanhe o artigo e saiba mais sobre atestado INSS, sobre como funciona, como proceder e muito mais!

Atestado INSS: como funciona?

O atestado médico do INSS para afastamento é um documento emitido pelo órgão que concede a você trabalhador o direito de se afastar das atividades laborais.

Isso significa que você poderá cuidar da sua saúde e continuar recebendo um valor, pago pelo INSS, sem prejuízo do seu emprego. Mas esse benefício só é pago a partir do décimo quinto dia de afastamento do trabalho, por exemplo.

Assim que você conseguir um atestado médico indicando quantos dias você precisa se afastar, você deverá informar ao seu empregador e levá-lo diretamente ao INSS. Esse fato é imprescindível para que você não tenha problemas na hora de realizar seu benefício do INSS.

inss-atestado-medico-para-afastamento

Os primeiros quinze dias de afastamento devem ser pagos pela empresa. Se o seu atestado for de mais de quinze dias, você deverá usar o atestado médico para afastamento no INSS. Isso porque cabe a esse órgão de seguridade pagar os dias restantes que sejam superiores a quinze dias.

Quantos dias de atestado “entra” no INSS?

Se você precisa saber quantos dias de atestado precisa ter para ser afastado no INSS, saiba que para ser afastado no INSS com atestado médico você precisa imprimir um formulário no site desse órgão, marcando uma perícia médica.

atestado-medico-previdencia-social

Mesmo que você já tenha feito todos os exames, é preciso comparecer a essa perícia, levando todos os seus resultados médicos. Se o profissional do INSS reconhecer que de fato você precisa se afastar por mais de quinze dias, você começará a receber o benefício em até 30 dias da data da perícia do INSS.

Nesse sentido, pode-se afirmar que o atestado médico serve para afastamento pelo INSS se for aprovado pelo médico da previdência durante a perícia. O atestado, por si só, só vale perante a empresa durante os primeiros quinze dias.

atestado-inss-como-funciona

Recurso: atestado médico INSS

Caso você não tenha seu atestado médico INSS aprovado, poderá solicitar um pedido de reconsideração perante a previdência social. Não é nenhuma garantia de que haverá mudanças, entretanto, é mais uma chance que você terá de conseguir seu benefício do INSS.

Aliás, muitas pessoas têm dito que o INSS anda bem mais rigoroso para conceder benefícios, pensões e aposentadorias. Assim, é bom que todos os seus documentos estejam em dia para que você não tenha maiores problemas na hora de levar atestado médico no INSS.

Garanta o seu auxílio doença, agente uma perícia médica no INSS e faça valer esse direito tão importante para o trabalhador, que é usar o atestado médico no INSS.

Atestado Falso é Crime!

Não cometa esse erro, pois você pode ter o benefício negado ou suspenso, além de arcar com multas.

atestado-medico-falso

Auxílio doença suspenso: O que fazer?

Situação do benefício suspenso / auxílio doença

A auxílio-doença é um benefício muito importante, pois garante o sustento do trabalhador durante os períodos de tempo em que se encontra incapacitado para o trabalho. Todos os anos milhares de pessoas passam por perícia médica no INSS para ter esse benefício. Descubra o que fazer se o auxílio doença for suspenso. Essa é uma situação muito comum, que pode ser evitada.

auxilio-doenca-suspenso-inss

Para ter o direito ao auxílio doença você deve passar por uma perícia médica. O INSS paga apenas os valores referentes ao período posterior aos primeiros quinze dias. Fica a cargo da empresa os dias iniciais do afastamento. Mas se você já tem o benefício, mas ele foi suspenso, é importante saber a causa. Fique por dentro de como voltar a receber o auxílio doença suspenso.

Benefício suspenso pelo INSS: por que isso acontece?

Uma das causas mais comuns para a suspensão desse benefício previdenciário é o término do prazo de afastamento determinado no atestado do perito. Isso porque quando a perícia é realizada, o médico do INSS define quantos dias você pode ficar afastado. O auxílio doença do INSS suspenso pode indicar que esse período acabou para você.

Prorrogação do auxílio-doença

Existe uma forma de resolver essa situação. Um dos procedimentos é o pedido de prorrogação. Trata-se de uma solicitação feita junto ao INSS para tentar aumentar o prazo de afastamento.

beneficio-suspenso-pelo-inss

Para prorrogar o auxílio doença suspenso é preciso que você compareça a uma das unidades do Instituto Nacional da Seguridade Social e faça um requerimento. Você pode marcar uma visita pelo telefone ou site do órgão.

Outro procedimento relacionado ao assunto é a revisão de auxílio doença suspenso. De tempo em tempo o INSS pode solicitar que você compareça a uma nova perícia, para diagnosticar se a situação que levou ao afastamento ainda persiste.

Isso porque muitas pessoas pegam afastamento, mas melhoram logo em seguida. Para evitar gastos desnecessários, o INSS convoca os segurados para perícias regulares.

Revisão auxílio-doença: é possível suspender?

Com a movimentação do governo federal da reforma da previdência social, vários beneficiários do INSS, dentre aposentados, pensionistas estão sendo convocados para a revisão do benefício.

beneficio-auxilio-doenca-inss-suspenso-o-que-fazer

Com a revisão, o INSS marca uma perícia para que se possa verificar se ainda persiste a condição que levou ao recebimento da aposentadoria e/ou do benefício. Não é raro, contudo, que nesse momento o perito do INSS acabe entendendo pelo fim dos benefícios. Mas ainda é possível fazer um pedido de reconsideração ao INSS, a fim de reverter essa decisão. Depois disso, se mesmo assim não lhe derem ganho de causa, se tiver condições de fazer exames, cogite procurar a defensoria pública ou em contratar um advogado para entrar com uma ação contra o INSS.

Nesse caso, durante a ação, que é de competência da Justiça Federal, a perícia não é feita pelo INSS.

Se você ainda ficou com dúvidas, não hesite em entrar em contato com o posto da previdência social mais próximo de você.

Portal do Servidor Benefícios

O que é Portal do Servidor?

O Portal do Servidor é um importante canal de comunicação entre o Governo Estadual e seus servidores públicos. Se você é servidor do Estado, poderá acessar os benefícios no Portal do Servidor.

Esse espaço oferece soluções variadas para os servidores públicos, sem contar que aliviaram boa parte da demanda dos Recursos Humanos (RH’s) de diversas repartições públicas do Brasil, facilitando a vida tanto do servidor como dos demais colaboradores envolvidos.

portal-do-servidor-funcionarios-publicos

Descubra agora mesmo como funciona o portal do servidore saiba como explorar ao máximo tudo que ele pode oferecer.

Como solicitar benefício no Portal do Servidor?

Talvez você não sabia, mas solicitar um benefício no Portal do Servidor é muito simples. São várias as opções para você que é servidor público, como aposentadoria, pensão por morte, auxílio doença e muito mais.

Cada Estado é responsável por manter o seu próprio Portal do Servidor. Dessa forma, se você mora em Minas Gerais, deverá acessar o portal deste Estado.  O mesmo se estiver em Goiânia, em Curitiba, em São Paulo, no Rio de Janeiro etc.

Portal do Servidor: contracheque

Também é possível usar o Portal do Servidor para ter acesso aos contracheques. Basta fazer um login simples utilizando o seu número do NIS ou do MASP.

Em poucos instantes o sistema irá permitir a consulta pelos contracheques de todos os meses trabalhados. Os benefícios do Portal do Servidor ficam disponíveis para você que tem algum vínculo com o Governo Federal. Acesse: Portal do Servidor Contracheque

Portal do servidor: clube de descontos

Outro grande benefício oferecido por alguns Estados através do Portal do Servidor é o clube de descontos.

Através deste programa os funcionários públicos podem adquirir produtos e serviços pagando menos.

Para saber quais são os benefícios do Portal do Servidor basta acessar o link do site do seu Estado e fazer uma consulta. O procedimento é muito simples e pode ser feito em poucos minutos.

E se a sua dúvida é sobre como conseguir um benefício no Portal do Servidor, a resposta é ainda mais intuitiva.

Ao acessar a página do benefício específico que você deseja ter acesso, você verá todas as informações necessárias para fazer a solicitação. Por exemplo, se for preciso apresentar algum documento específico, essa informação estará disponível na página do Portal do Servidor.

Benefícios do Portal do Servidor

O Portal do Servidor online é um excelente canal que facilita a sua vida. Dessa forma não é necessário que você se desloque até uma repartição pública para tirar dúvidas. Poderá inclusive pedir um benefício pelo Portal do Servidor, sem burocracia. Você que tem vínculos com o Governo, trabalhando de forma efetiva em um cargo ou função pública, pode contar com todos os benefícios oferecidos.

Quais benefícios dá o Portal do Servidor?

Se você está se perguntando quais benefícios concedidos pelo Portal do Servidor, saiba que isso pode variar.

Os benefícios oferecidos no Portal do Servidor são diferentes em cada Estado, por isso é importante que você confira se está acessando o site correto.

Isso porque cada Estado tem um governo e planejamento diferentes. Em muitos Estados existe o clube de descontos, por exemplo, enquanto alguns ainda não contam com essa vantagem.

portal-do-servidor-beneficios

Vantagens Portal do Servidor

Graças à tecnologia, ficou muito mais fácil consultar tudo o que você quiser pelo Portal do Servidor online. Quem atuava no serviço público antigamente sabe muito bem a dificuldade que havia quando se precisava de algum documento com urgência, como o contracheque.

Muitas vezes o servidor perdia boas oportunidades de negócios e até era prejudicado porque se precisasse de uma segunda via do contracheque, por exemplo, a demora era muito grande. Não por culpa do RH, em regra, mas porque as informações normalmente eram guardadas em pastas e livros.

Sem contar que os erros eram muitos maiores antes do Portal do Servidor existir nos Estados. Hoje, se você precisar, pode consultar o Portal do Servidor em qualquer computador com acesso à internet, em celulares, tablets e outros.

Login e senha: Portal do Servidor

Também não precisa estar no trabalho. Geralmente você precisa cadastrar senha e login no Portal do Servidor para acessá-lo de onde quiser.

Com o Portal do Servidor, as filas no RH diminuíram drasticamente e os servidores podem ter acesso quase que instantâneo sobre informações que lhes guardem respeito. Nada mais justo, não é?

Consultar benefícios: Portal do Servidor

Agora que você já sabe como consultar os benefícios no Portal do Servidor, está na hora de fazer um acesso.

Confira quais são as vantagens oferecidas pelo seu Governo. Não perca a chance de ter um benefício concedido, afinal de contas essas vantagens são direitos seus, como trabalhador Estadual. Não deixe de saber quais são essas vantagens e quais os requisitos para poder desfrutar de cada benefício. Acesse o Portal do Servidor pela internet agora mesmo.

CADPREV Consulta

CADPREV – Sistema de Informações dos Regimes Públicos de Previdência Social

O Sistema de Informações dos Regimes Públicos de Previdência Social (CADPREV) é um importante sistema da Previdência Social que possibilita a realização de vários serviços. Descubra agora como funciona o CADPREV e aprenda a usar tanto a versão para web, quanto a versão para desktop desse sistema. Abaixo vamos mostrar como funciona o CADPREV, como fazer cadastro CADPREV, o que são consultas públicas CADPREV, como acessar o CADPREV e muito mais.

cadprev

Como funciona o CADPREV?

Através do sistema fornecido é possível fazer várias consultas públicas. Outras informações ficam restritas a pessoas que possuam acesso através de login, formado pelo número do CPF e uma senha previamente cadastrada.

Logo, pessoas “comuns” podem acessar o CADPREV por meio da consulta pública, o que exulta o princípio da transparência, especialmente em se tratando de recursos públicos de interesse coletivo.

Todas as pessoas podem usar o CADPREV para fazer as consultas públicas e acessar o DIPR.

Como fazer cadastro CADPREV?

É o próprio ente que faz o cadastro CADPREV, mediante o sistema informatizado, já que é ele quem faz os repasses previdenciários para os órgãos, como no caso do INSS.

O que são consultas públicas CADPREV?

As consultas públicas do CADPREV dizem respeito às aplicações e investimentos, além das políticas financeiras de órgãos que já instituíram regimes públicos de previdência social.

Esse regime também é conhecido como RGPS (Regime Próprio de Previdência Social). Descubra agora como acessar o CADPREV e ter acesso às informações de seu interesse.

Como acessar o CADPREV?

Uma das maneiras mais fáceis de fazer o acesso é através do CADPREV online. Basta que você acesse a página oficial desse sistema e navegar pelo menu. As opções disponíveis, conforme mencionado, são as consultas públicas e aquelas que só podem ser feitas por pessoas autorizadas, através de login e senha.

cadprev-acesso-manual-consulta

Isso mesmo, você pode acessar o CADPREV pela internet de forma rápida e fácil!

Em questão de minutos você pode ter informações sobre os investimentos realizados pelo seu município, por exemplo, que é um ente federado. A consulta no CADPREV pode ser feita tanto por município quanto por Estado.

Outra forma de acessar o sistema é através de um programa de computar. O CADPREV pelo desktop funciona muito bem. Você só precisa fazer o download diretamente na página do sistema. Em poucos minutos é possível fazer a instalação. Dessa forma você não precisará nem abrir um navegador de web para acessar o sistema.

Manual CADPREV

No site da Previdência Social é disponibilizado um Manual CADPREV, caso tenha restado qualquer dúvida a respeito do funcionamento desse sistema.

Em verdade, o CADPREV é a verdadeira demonstração do uso da tecnologia para o favorecimento das políticas públicas voltadas à população. Também facilita a gestão dos valores relacionados aos repasses previdenciários, o que é importantíssimo para manter o acesso e a probidade do sistema.

Agora que você já sabe para que serve o CADPREV, está na hora de conhecer esse serviço. O CADPREV facilita (e muito) a informatização de dados relacionados à Previdência Social.

Comprovação da Remuneração do Empregado

Prova da remuneração do empregado

Um dos assuntos que mais movimenta discussão no Direito do Trabalho no Brasil diz respeito ao pagamento do salário aos empregados.

comprovacao-remuneracao-empregado

Muitas vezes os funcionários acusam os empregadores de faltarem com o dever legal de pagar mensalmente a remuneração estabelecida na Carteira de Trabalho. Nesses casos cabe ao empregador a Comprovação da Remuneração do Empregado.

Abaixo saiba como fazer prova da remuneração do empregado sem ter dores de cabeça no futuro.

Como provar o pagamento de salário?

 

De acordo com a lei brasileira, se você é empregador, deverá remunerar os funcionários e fornecer recibo, assinado pelos empregados. Esse é o meio correto para fazer a Comprovação da Remuneração do Empregado. Mas muitas vezes os pagamentos são feitos sem emissão de recibo, ou mesmo sem a assinatura do empregado, resultando em problemas futuros para você empregador.

Isso é muito comum se a empresa usa sistema informatizado, por exemplo. Se você está passando por uma situação parecida, está na hora de saber como fazer a Comprovação da Remuneração do Empregado. Apesar de o recibo assinado ser o meio qualificado de prova de pagamento do salário, alguns tribunais têm entendido que as simples fichas financeiras podem ser utilizadas como prova.

Recibo: comprovante do salário do empregado

Dito isso, o documento para Comprovação da Remuneração do Empregado continua sendo o recibo emitido pelo empregador e assinado pelo empregado. Todavia, na falta deste recibo você empregador poderá apresentar em juízo as fichas financeiras de pagamento, ainda que sem a assinatura do empregado. Sendo assunto ainda não pacificado na doutrina e tribunais, cabe disputa caso a caso.

Prova de pagamento do empregado: ônus

Em regra, você também precisa saber que, para o Direito, o ônus é daquele que alega. Assim, se o empregado disse receber valor que não condiz com a realidade, por exemplo, ele deve provar que recebe no montante alegado.

No entanto, a Justiça Trabalhista entende que o empregado é hipossuficiente, ou seja, o mais “frágil” da relação com o empregador. Por conta disso, não é raro vez juízes desonerando o empregado que alegou algum problema com o salário, de trazer provas.

recibo-de-pagamento-empregado

Nesse caso, incumbirá ao empregador fazer a prova de pagamento do empregado, em algo que se chama de “inversão do ônus” da prova. Ou seja, quem alegou foi o empregado, logo, ele deveria provar. Mas se o juiz entender diferente, não será ele quem terá que provar a remuneração, mas sim o seu empregador.

Como provar renda do empregado?

Agora que você já sabe o que é a Comprovação da Remuneração do Empregado, já tem bases suficientes para tratar do assunto.

Sempre que possível, forneça ao trabalhador um recibo de pagamento de salário e exija a assinatura. Esse é o meio mais seguro para conseguir fazer prova do correto pagamento de todas as verbas trabalhistas.

Em todo caso, poderá recorrer ao Judiciário para tentar fazer prova através de outros documentos que atestem o pagamento do salário do empregado.