Fator Previdenciário – O que é e Como Calcular

Como Calcular o Fator Previdenciário do INSS

A partir da Lei Nº 9.876, foi aprovado no ano de 1999 o Fator Previdenciário, que foi criado tendo a finalidade de fazer com que fosse reduzido o valor dos benefícios previdenciários, durante a sua concessão, assim de maneira que fosse proporcional inversamente à idade do segurado em relação à aposentadoria. Isso significa que quanto menor for a idade de aposentadoria, maior será o redutor e, logo, o valor do benefício será menor. A seguir, confira mais detalhes sobre O que é Fator Previdenciário do INSS.

fator-previdenciario

O que é Fator Previdenciário?

Resumindo, o Fator Previdenciário funciona como uma análise dos seguintes fatores: tempo de contribuição do trabalhador para com o governo + sua idade + a expectativa de vida dele no momento de sua aposentadoria. O cálculo desses fatores é o resultado esperado pelo Fator Previdenciário, e o motivo para ele ter sido criado.

Como Calcular o Fator Previdenciário?

O cálculo do Fator Previdenciário inclui dois fatores fundamentais, que são:

Tempo de contribuição – que é bastante influente no resultado final, já que a regra do Fator Previdenciário é: quanto menor o tempo de contribuição, maior será o valor reduzido no valor do benefício, e quanto maior o tempo de contribuição, o redutor será menor o que aumentará o valor do benefício.

Expectativa de vida – que também tem bastante Influência no valor do benefício, já que as regras do Fator Previdenciário dizem que quanto maior a expectativa de vida do contribuinte, menor será o valor do benefício.

Aprenda Como Calcular o Fator Previdenciário:

O Fator Previdenciário (que no cálculo é o F) é calculado considerando as seguintes variáveis:

Id – que representa a Idade do contribuinte [no momento da aposentadoria];
Es – que representa a Expectativa de vida;
Tc = que representa o Tempo de Contribuição;
a = 0,31 que é a alíquota da soma da contribuição de empregado e empregador.

A fórmula para Calcular o Fator Previdenciário

F = Tc x  a  x  Id + (Tc x a)

Es              100 + 1

Agendamento Auxílio Doença – Previdência Social

Auxílio Doença Agendamento de Perícia Previdência Social

A Previdência Social é um dos órgãos mais conhecidos de todo o país. Tal órgão atua em conjunto com o INSS, que é responsável pela emissão de benefícios e recolhimento de taxas dos contribuintes, além disso, a Previdência Social também atua com a Dataprev que é uma empresa no qual o mesmo é responsável pela gestão de dados da Previdência. Confira como você pode agendar o benefício de auxílio doença na Previdência Social e veja o procedimento passo a passo.

auxilio-doenca-previdencia-agendamento

Saiba que uma boa notícia para aqueles que necessitam tanto dos serviços da Previdência Social como dos serviços da Dataprev, a grande notícia é que ambas dispõe diversos de seus serviços através da internet, ou seja, é mais facilidade e praticidade para os contribuintes. É bastante simples de se efetuar qualquer consulta ou agendar algum atendimento.

Um dos benefícios do INSS mais solicitados entre os contribuintes é o auxílio doença. Saiba que qualquer trabalhador poderá recorrer a tal pedido caso o mesmo esteja doente ou tenha sofrido algum acidente no trabalho, no qual o mesmo impede o trabalhador de atuar em seu ambiente de trabalho. Com este tipo de problema você tem totais direitos de solicitar o auxílio doença. A finalidade deste auxílio é justamente oferecer condições financeiras para o trabalhador caso o mesmo não possa trabalha, mais ainda sim, terá de pagar suas contas e demais dívidas, por isso, existe este auxílio.

Saiba que se você está sofrendo com algum tipo de doença ou acidente em seu ambiente de trabalho que lhe impossibilita de trabalhar, então deverá logo recorrer a este serviço. O primeiro passo é efetuar o agendamento da perícia médica do auxílio doença e você pode fazer isso de forma online para poupar tempo. O primeiro passo é acessar o site do Dataprev, após isso, leia o textos inicial com bastante atenção e logo em seguida você deve clicar na opção “Requerimento”. Logo em seguida digite o código de verificação e basta ir seguindo inserindo as informações exigidas de maneira correta e o seu agendamento estará pronto.

Serviços disponíveis para agendamento do INSS

Atualização do tempo de contribuição, atualização do cadastro ou da senha, aposentadoria por Idade– Urbana e Rural; Auxílio-reclusão;

Benefício Assistencial ao Idoso;

Benefício Assistencial ao Portador de Deficiência;

Certidão de Tempo de Contribuição;

Pecúlio Previdenciário;

Pensão por Morte – Urbana e Rural;

Recurso de Benefício por Incapacidade;

Revisão de Benefícios Previdenciários (disponível apenas para Central 135 e APS);

Salário Maternidade – Urbano e Rural;

Devolução de documentos do segurado;

Devolução de carga de processo;

Solicitação de cópia processo de benefícios;

Vistas de processo de benefícios.

Dataprev Nit – Consulta INSS

Consulta NIT INSS Dataprev

Ao se cadastrar na Previdência Social você terá a segurança de participar da mais antiga seguradora do trabalhador brasileiro. No ato da inscrição o cidadão é cadastrado no Regime Geral da Previdência Social e, para sua identificação pessoal é emitido o Número de identificação do Trabalhador (NIT).

dataprev-nit
Esse serviço da Previdência Social permite que o trabalhador que não possui PIS/PASEP ou até NIT faça sua própria inscrição junto à Previdência Social através do site da Dataprev. Para isso, é necessário que você tenha em mães a carteira de identidade ou certidão de nascimento/casamento; a carteira de trabalho e Previdência Social.

É por meio do NIT que a pessoa consegue saber o valor do PIS/PASEP pela internet. Caso o contribuinte tenha esquecido o NIT é possível tomar conhecimento por meio do site da Dataprev ou falando com a central de atendimento do INSS pelo telefone 135.

O que é número NIT

O NIT ou “Número de Identificação do Trabalhador” é como se fosse a “digital” do trabalhador perante a Previdência Social. É com base nesse número que o trabalhador poderá fazer cadastros, acessar informações e sacar benefícios, pensões e aposentadorias no INSS DATAPREV.

Para fazer consultas online do NIT na plataforma Dataprev, primeiro o contribuinte precisa informar na página correspondente o número de sua inscrição; com base nesse número, a previdência vai gerar as informações.

dataprev-extrato

Para descobrir o seu NIT preencha o formulário do Dataprev, que são dados pessoais que permitem ao sistema verificar a situação cadastral do contribuinte.

outros tipos de consulta que podem ser feitas p meio do Dataprev: consulta de extrato de pagamento Dataprev, consulta da situação do Benefício Dataprev, consulta da memória de cálculo do Benefício Dataprev, simulação do cálculo de renda mensal Dataprev, Consulta do Tempo de Contribuição Dataprev.

Para ter acesso a essas consultas basta ter em mãos alguns dados pessoais: nome, CPF, data de nascimento, número do benéfico. Em alguns casos, são pedidos outros dados do contribuinte, mas a maioria das consultas citadas são feitas apenas com estes documentos. Lembrando que o site Dataprev solicita que o usuário digite código de imagem que o site fornecerá m(como medida de segurança).

INSS DATAPREV Extrato

O extrato INSS DATAPREV é importantíssimo para que os beneficiários do INSS consigam saber dos valores que eventualmente tenham sido colocados à disposição pelo Governo Federal.

Aliás, com a ajuda da internet ver o extrato pagamento DATAPREV saber tudo sobre a sua aposentadoria, benefício ou pensão ficou ainda mais fácil. Você poderá fazer isso do conforto do seu lar!

Você só precisará de acesso à internet, é claro, e um computador ou outro dispositivo eletrônico com conexão online para saber tudo o que precisa para consultar pagamento DATAPREV.

INSS – Informe de Rendimentos

Informe de Rendimentos do INSS para declação de Imposto de Renda

Vai fazer a declaração do Imposto de Renda é aposentado pela Previdência Social? Confira como solicitar o extrato de Informe de Rendimentos do INSS.
informe-de-rendimentos-inss

Não é segredo para ninguém que a Receita Federal cobra todos os anos, que as pessoas as quais recebem uma renda maior em base a um determinado valor, ou tenham tributos isentos superiores à outro valor, precisem fazer a declaração do imposto de renda.

Quais são os benefícios de ter esse informe? Com ele, as pessoas que precisem apresentar o imposto de renda podem ter acesso ao lançamento dos benefícios já recebidos. De forma simples e prática, sem ter aquele risco grande de cair na malha fina, por falta de apresentação de rendimentos durante um ano.

A traves deste Informe de RendimentosINSS, as chances de sair vitorioso declarando seu imposto de renda são muito maiores, tendo em vista que as pessoas não precisem guardar todos os seus comprovantes de recebimentos. Gerando um único relatório, fica fácil até para os contadores fazer a declaração com todas as informações corretas.

Hoje é possível obter esse relatório nas facilidades da internet, basta acessar o site da Previdência Social: https://www8.dataprev.gov.br/SipaINSS/pages/hiscre/hiscreInicio.xhtml e informar todos os dados, tais como: o numero do seu benefício a ser consultado, a sua data de nascimento, o seu nome e o seu CPF. Tendo estas informações lançadas, o sistema lhe guiará para a próxima etapa da consulta.

INSS Declaração Imposto de Renda

O Instituto Nacional do Seguro Social, ou INSS, como é conhecido popularmente é o instituto responsável pelo recebimento de contribuições e manutenção do Regime Geral da Previdência Social. Todos sabem que para termos alguns direitos e benefícios quando precisarmos devemos estar em dia com o INSS, caso contrário sua solicitação de qualquer benefício, você não terá sucesso. Alguns dos benefícios no qual o INSS é o responsável pelo pagamento, destacam-se: Aposentadoria seja ela por invalidez, por idade ou por tempo de serviços de trabalho, pensão por morte, auxílio doença, auxílio acidente dentre outros.

Muitas pessoas encontram dificuldades em alguns dos serviços do INSS e por esse e outros motivos acabam que tendo alguns probleminhas com o instituto. Um desses problemas é o Informe de Rendimento, pois, por conta de muitas pessoas estarem desinformadas acabam que por não resolvendo esta questão no momento da declaração do imposto de renda. Confira a seguir como solicitar o mesmo.

Para solicitar o serviço é bastante simples e fácil. Os segurados e pensionistas do INSS deverão solicitar o seu comprovante de Informe Rendimento através de uma agência da Previdência Social. Ainda sim você tem uma ótima opção e ainda mais fácil, na qual você não precisa enfrentar filas enormes, e nem aguardar muito tempo. Através do site oficial da Previdência Social é possível solicitar o comprovante de Informe de Rendimentos do INSS. Após entrar no site oficial da Previdência Social basta você acessar a opção “Serviços ao Segurado” e logo depois entrar no tópico “Extrato para Imposto de Renda” após isso, basta você preencher o formulário disponibilizado pela Previdência Social, com os dados exigidos e você já poderá emitir o seu comprovante. Os dados para a emissão do comprovante são: Número de seu benefício, sua data de nascimento, nome do beneficiário e número do CPF.

Para uma solicitação do Informe de Rendimentos do INSS através de uma agência física da Previdência Social, os documentos a serem levados serão os mesmos da solicitação online, ou seja, número de seu benefício, sua data de nascimento, nome do beneficiário e número do CPF.

inss-informe-de-rendimentos-imposto-de-renda

Informe de Rendimentos INSS Emissão

Caso você tenha problemas com a consulta pela internet, existem outras formas de gerar o Informe de Rendimentos INSS. Uma delas é fazendo o deslocamento até uma agencia próxima de sua localidade pertencente à Previdência Social, que os agentes irão lhe emitir a consulta efetuada. Para que os mesmos possam fazer essa consulta, é preciso que leve seus documentos pessoais, bem como o numero do seu beneficio INSS e seu comprovante de renda.

Caso esta consulta lhe gerar dúvidas, todas elas podem ser sanadas fazendo uma ligação à central de atendimento do INSS. O numero ao qual deve ser chamado é o 135, não se preocupe pois a ligação não é cobrada, e as informações são certificadas. Após realizar sua consulta, caso deseje obter o relatório impresso é preciso ir novamente até uma agencia mais próxima do seu município.

Tendo em vista a importância de manter em dia a declaração do imposto de renda de ano, o Informe de Rendimentos INSS é uma ferramenta imprescindível para os aposentados e pensionistas que recebem seu beneficio mensalmente. Caso tenham algum outro recebimento por fora do seu benefício, também é preciso que seja informado no momento da declaração, ainda mais se todos os anos o valor do beneficio recebido por eles possui uma variação positiva.

Não deixe para ultima hora fazer a sua declaração. Providencie já seu Informe de Rendimentos em alguma das opções informadas e mantenha-se em dia com a Receita Federal. Para tirar suas dúvidas sobre a declaração do imposto de Renda acesse o site www.impostoderenda.net

Leilões do INSS

INSS Leilões

Se ainda não possui um imóvel próprio, veja como participar dos Leilões do INSS que são realizados em todo o Brasil. Entenda como funcionam os Leilões do INSS.

Algo que vem se tornando cada vez mais comum nos dias de hoje são os leilões públicos, ou seja, leilões organizados por instituições ou órgãos de caráter público.  Um exemplo muito bom são os leilões de veículos organizados em todo o Brasil com a cooperação do Departamento Nacional de Trânsito ou DETRAN, esses são leilões de veículos apreendidos. O que muitas pessoas não sabem é que outros órgãos também realizam este tipo de leilão, mais com outros produtos como é o caso do INSS. Confira aqui informações sobre as datas e locais dos leilões do INSS e veja como arrematar imóveis mais baratos.

inss-leilao

Muitas pessoas estão ainda em busca do imóvel próprio. Algumas delas procuram por novos, outras aceitam os imóveis que já foram usados, já muitos também procuram por taxas de financiamento mais acessíveis. Em fim, a busca pelo imóvel ideal ainda é um objetivo de muitos brasileiros que acompanham e participam de leilões de imóveis.

Um dos leilões bastante conhecidos por todo o país são os Leilões do INSS. Estes imóveis são oriundos da falta de pagamento de dividas e que foram destinados ao Fundo de Regime Geral de Previdência Social. Estes imóveis são então recolhidos e avaliados pela Caixa Econômica Federal, e são leiloados para dar a oportunidade de terem o seu imóvel próprio, desta vez vindo do INSS.

É importante informar que para participar dos Leilões do INSS, as pessoas não podem fazer parte do quadro de funcionários deste órgão, nem familiares de origem direta e conjugues de colaboradores do INSS. Os leilões de imóveis são destinados à pessoas que ainda não possuam seu imóvel próprio, e desejem sair do aluguel.

Para quem ainda não possui conhecimento o Instituto Nacional de Seguro Social ou simplesmente INSS como é conhecido popularmente vem realizando já há algum tempo leilões públicos de imóveis em todo o país. Caso você tenha alguma desconfiança quanto a este tipo de leilão, saiba que estes imóveis são propriedades não operacionais do Fundo de Regime Geral da Previdência Social, neste caso são pagamentos de dívidas previdenciárias de antigos institutos da previdência.

Local e Data Leilão do INSS

O leilão do INSS já é feito há algum tempo e sempre dispõe de imóveis bastante diversos, dessa forma, é bem comum que você aquele imóvel que corresponde as suas necessidades, seja um imóvel barato, imóvel grande, pequeno, perto de certa região e etc. Outro detalhe bem interessante e que já foi citado é o preço, isso mesmo, os imóveis que participam deste leilão costumam ter preços bem abaixo do normal, assim é uma ótima chance para quem busca o seu imóvel próprio com preço baixo. Os detalhes em relação a cada imóvel que participa do leilão são repassados e lembrando que todos sempre estão em possibilidades de uso.

Caso você esteja interessado pelo assunto e deseje saber mais detalhes em relação a leilões da Previdência passados e até mesmo datas dos futuros leilões do INSS em todo o país você poderá acessar o site oficial da Previdência na página com datas e informações em relação a leilões, você também pode conferir quais são os próximos leilões do INSS.

Estes imóveis correspondiam exatamente à apartamentos e imóveis comerciais como lojas. Depois da Caixa Econômica Federal fazer a avaliação, os mesmos são leiloados a preços abaixo do praticado no mercado, e as pessoas precisam estar atentas para poder participar dos mesmos.

leiloes-do-inss

Participar dos Leilões do INSS

Veja como participar dos Leilões do INSS, e ter o seu imóvel próprio.

Para as pessoas que desejam participar dos Leilões do INSS, as pessoas precisam fazer um deposito na Caixa Econômica Federal o valor equivalente a 5% do valor que foi considerado como proposta mínima de lance. Este valor deve ser depositado até 1 dia antes do inicio das propostas para o leilão, e o mesmo serve como uma forma de caução, para garantir que as apostas serão realmente feitas em determinado imóvel.

Este caução poderá ser retirada posteriormente, caso não tenha ficado com o imóvel. No entanto, existem datas e horário limite para a retirada dos mesmos. Caso contrário, não poderá mais ser retirado o valor que foi depositado para o mesmo. Caso o você consiga comprar o imóvel que desejava, poderá também retirar o valor, e pagará pelas taxas de serviço do INSS, conforme valores e porcentagens lançados em edital especifico.

Caso você esteja interessado em garantir seu imóvel próprio e participar dos Leilões do INSS, basta acessar o site: http://www.previdencia.gov.br/acesso-a-informacao/licitacoes-e-contratos/leiloes-de-imoveis-do-INSS/ ali poderá conferir as datas e os locais onde os mesmos serão realizados. Também é possível conferir outros leilões de imóveis promovidos pelo poder público, tais como o do DETRAN, da Previdência Social, da Caixa Econômica Federal, e outros que licitam imóveis já construídos para pessoas que tenham interesse em adquirir o seu.

Aposentados do INSS

INSS Aposentados

Se você tem direito à aposentadoria do INSS, mas está preocupado que essas mudanças possam interferir para você, saiba que tudo vai depender do que for aprovado pelo Poder Legislativo e, depois, pelo Presidente da República.

Infelizmente, o atual panorama do Brasil é o seguinte: muitos jovens, adultos e idosos e poucas crianças e adolescentes. Mas por que isso é relevante para a aposentadoria, benefícios e pensões concedidos pelo Governo?

aposentados-do-inss1-300x242

A aposentadoria no INSS é um direito conquistado pelo trabalhador devido aos seus anos de trabalho em que contribuiu com a previdência. Quando se aposenta, a pessoa tem direito a receber determinado valor por parte do governo, dependendo do motivo da aposentadoria e do tempo de carteira assinada que a pessoa tem, ou seja, quantos anos contribuiu.

Aposentadoria da Previdência Social

Já está liberada a lista da revisão de teto que irá dar reajustes de valores de até 117 mil beneficiados, então se você é pensionista ou aposentado do INSS, não deixe de conferir para saber se você é um dos contemplados.

Desde agosto está liberado o aumento de 239 reais. Mas os beneficiários devem consultar toda a documentação para ter certeza de que está tudo certo ou de que não estão sendo prejudicados.

A aposentadoria no Brasil ainda é algo precário, porém funciona e todos os inválidos, idosos ou pessoas com doenças degenerativas ou psiquiátricas tem esse direito garantido por lei. Mas ainda assim o valor de aposentadoria é baixo no Brasil a não ser que você contribuiu com parcelas extras para complementar a sua aposentaria ou ganhava um salário muito alto.

Com o tempo a aposentadoria tende a desaparecer, pois ela é sustentada pelos impostos pagos com o trabalho dos jovens. Mas os idosos estão aumentando muito, o que quebraria a economia caso fosse mantido o atual modelo de aposentadoria que está passando por reformas afim de evitar o pior. Então deve-se aumentar os impostos para suprir o desfalque de jovens que devem pagar mais e mais para se aposentar no futuro pelo INSS.

Se você deseja acompanhar as últimas noticias sobre os aposentados do INSS e ficar pode dentro das novas leis, tabelas de pagamento e muito mais é só acompanhar o site.

Reforma na Previdência

A Previdência Social funciona com base em um princípio chamado de “Princípio da Solidariedade”. O que isso quer dizer? Quer dizer que aquelas pessoas que estão trabalhando pagam, com suas contribuições mensais, a aposentadoria de quem já está aposentado.

reforma-da-previdencia-aposentados

Tecnicamente, o dinheiro entra na conta da Previdência Social e já sai, com o pagamento das aposentadorias. A ideia desde a criação da Previdência Social era de que esse dinheiro tivesse algum rendimento. Entretanto, na situação atual, nem sequer há tempo de fazer isso.

Porém, esse desequilíbrio entre o número de pessoas que trabalham com as já aposentadas está fazendo com que o Governo Federal tenha que retirar dinheiro de outros lugares para pagar as aposentadorias do INSS.

Só que são milhares de brasileiros que recebem benefícios, pensões e aposentadorias, o que equivale a milhares de reais todo o mês. Se o crescimento populacional continuar assim, vai chegar um momento em que a Previdência Social e nem sequer o Governo vai conseguir pagar as aposentadorias INSS, pois seriam muitas pessoas aposentadas para poucas pessoas contribuindo, ou seja, fazendo o dinheiro da Previdência Social “circular”.

Muitas pessoas se dividem sobre esse assunto, pois acreditam que o Governo poderia economizar em outros lugares, sem alterar as regras, que já são um pouco duras, para que uma pessoa consiga se aposentar pelo INSS.

Aliás, conseguir empregos formais, ou seja, com carteira assinada e que dão direito a todos esses benefícios do INSS não é muito fácil, especialmente diante da crise que assola o Brasil nesse momento, o que leva muitas pessoas a fazerem os chamados “bicos”, que são trabalhos informais que geralmente não trazem quase nenhum benefício trabalhista, muito menos aposentadoria integral, aposentadoria parcial, auxílio-doença, seguro desemprego e muitos outros.

Assim, muitas pessoas deixamde pagar o INSS.

Desse modo, considerando também a expectativa de vida das pessoas, que aumentou nos últimos anos, o Governo considera que as pessoas podem trabalhar mais e, por isso, uma reforma é necessária para estabilizar as contas públicas.

Agora que você já entendeu os motivos do Governo, não deixe de pedir a aposentadoria do INSS caso preencha os requisitos e queira solicitar.

Revisão de Benefício INSS – Consulta

Consulta de Revisão de Benefício INSS

Você é trabalhador e precisa fazer a revisão de seu benefício do INSS?  Entenda como funciona a revisão e como também fazer a consulta da revisão de seus benefícios pelo INSS.

revisao-beneficio-inss

A
revisão de benefícios do INSS foi estabelecida pela Lei n° 10.999 de 2004 que de acordo com esta estabeleceu a revisão dos benefícios previdenciários entregues com data de início posterior a 1994. A revisão consiste em recalcular o salário de benefício original sobre os salários de contribuição anteriores a março de 1994, mediante a aplicação de alíquota de 39,6% neste novo cálculo referente ao Índice de Reajuste do Salário Mínimo (IRSM) referente ao mês de fevereiro de 1994.

Mas por que passou a existir a revisão de benefício do INSS?  Antes de 1998 quando não havia a Emenda Constitucional 20 que instituiu o fator previdenciário. Antes se fazia o cálculo dos benefícios com base na média dos últimos 36 meses de salário-de-contribuição do segurado. Ao longo dos anos 90 foram usadas variados índices para o cálculo do benefício como O INPC, IPC-re o IGP-DI ente outros.  No entendimento da justiça, o procedimento adotado pelo INSS ao longo dos anos acabou prejudicando os beneficiários, pois ao longo dos anos foi utilizado o IRSM de fevereiro de 1994 cujo índice era de 39,67% o que reduziu a renda mensal inicial dos benefícios. O objetivo da nova lei foi fazer justiça quanto aos valores dos benefícios. Com a nova lei os valores são corrigidos. Em alguns casos o beneficiário receberia mais de um benefício, como aposentadoria e pensão; e em alguns casos, uma aposentadoria foi desmembrada em várias pensões. Já os valores atrasados com a revisão serão corrigidos pelo INPC. O valor atrasado será pagos em parcelas e vai privilegiar a idade do segurado e o valor a receber, ou seja, quem for mais idoso e tiver quantia menor a receber, será pago com menor número de parcelas. Existe ainda a diferença entre aqueles beneficiários que tem ação judicial e aqueles que não têm. Por exemplo, se o indivíduo tem mais de 70 anos e até R$ 2 mil receberá seu pagamento em 12 parcelas; se não tem ação judicial, receberá o mesmo valor acima, e tem mais de 70 anos, será pago em 24 parcelas; já os valores acima de R$ 7.200 com ação judicial e com mais de 70 anos o beneficiário receberá o valor em 36 parcelas; e não tendo ação judicial, receberá também em 36 meses. Mais informações sobre este pagamento e valores e parcelas consulte em www.previdencia.gov.br/valores-atrasados.

inss-revisao-de-beneficio

Fazer Pedido de Revisão de Benefício do INSS

A revisão do teto INSS é um processo de suma importância na vida dos aposentados e pensionistas que tiveram os seus benefícios prejudicados em um determinado período de tempo. O STF foi o órgão responsável por conceder o direito à revisão e ela foi atualizada nos últimos dias, agora os beneficiados estão esperando essa ação ocorrer.

Os pedidos de revisão teto INSS deverão ser solicitados nos postos de atendimento e, por enquanto, ainda não tem uma ordem para que isso possa ocorrer, o que significa que os pedidos deverão ser analisados conforme eles vão sendo abertos pelo público interessado.

O indivíduo pode consultar também o benefício em revisão do INSS em www010.dataprev.gov.br/cws/contexto/consit02/index.html colocando o número de benefício e sua data de nascimento.

Detalhamento de Crédito – Previdência Social

Previdência Social – Detalhamento de Crédito

Saiba tudo sobre o detalhamento de crédito da Previdência Social e como consultar os seus benefícios.

detalhamento-credito-previdencia-social

Com o mundo tecnológico muito avançando , diversos órgãos procuram melhorar os seus atendimentos, dessa forma, oferecendo mais serviço e de forma fácil para os seus contribuintes. A Previdência Social está a cada dia melhorando os seus serviços e oferecendo muita praticidade aos beneficiados, isso mesmo, os beneficiados da Previdência Social já têm acesso a vários serviços através da internet, apenas com o número de seu benefício. Um serviço bastante procurado é o de detalhamento de crédito que agora além de poder ser feito pessoalmente o beneficiado poderá fazer o mesmo sem se quer sair de sua casa.

A Dataprev é atualmente a empresa responsável por dados e processamento de diversas informações e serviços para o beneficiado da Previdência Social. Além desse ótimo serviço de detalhamento de crédito é possível encontrar diversos outro tipo de consultas oferecido pela Dataprev confira alguns logo abaixo:

Requerimentos de Benefícios:
Auxílio doença/ Perícia Médica;
Auxilio doença para Empresa Convenente;
Salário maternidade;
Pensão por morte.

Extratos, Consultas de Benefícios:
Extratos de pagamentos;
Consultas para empresas;
Consulta à Certidão Negativa de Débito (CND);
Situação de benefícios;
Certidão para saque do PIS/PASEP/FGTS;
Calcule sua aposentadoria.

Extratos de Benefícios:
Extrato de pagamentos sobre benefícios;
Extrato para Imposto de Renda.

Para que você possa fazer o seu detalhamento de crédito INSS e conferir os diversos extratos de pagamentos é muito simples e fácil. O primeiro a ser feito é acessar a página de Detalhamento de Crédito. Logo depois, basta você fornecer as informações exigidas pelo serviço, que são: Número do benefício, data de nascimento, nome do beneficiário e o CPF do mesmo. Depois basta digitar o código de segurança e pronto, você já poderá conferir os serviços relativos ao detalhamento de crédito, lembrando que o serviço também poderá ser feito através de uma agência física da Previdência Social.

inss-dataprev

Consulta Extrato INSS

Para consultar o Extrato INSS, você poderá também entrar no site  meu.inss.gov.br, no qual deverá fazer um cadastro, preenchendo um formulário com todos os seus dados pessoais, bem como com a criação de uma senha.

Vá no item “Extrato Previdenciário”, informe dados complementares e você terá acesso ao seu extrato pagamento INSS.

Em regra, os valores são repassados pelo INSS todos os meses, com disponibilização a partir do quinto dia útil referente a cada mês do ano.

Perícia INSS – Agendar

Agendar Perícia do INSS

O INSS é responsável pelo pagamento de segurados, que estão afastados das suas atividades normais seja por motivo de saúde ou invalidez, para esse tipo de avaliação o INSS conta com a perícia médica para avaliar as condições do beneficiário.

Veja como proceder para Agendar uma Perícia no INSS para o tipo de trabalhador que se encontra afastado do seu trabalho por motivo de doença e precisa comprovar isso para continuar a receber o benefício.

Pericia-INSS

O INSS é a instituição responsável pelo pagamento de benefícios a aposentados, trabalhadores com carteira assinada e outros casos, como benefícios a aqueles trabalhadores que por um motivo ou outro, na maioria dos casos por motivos de doença, não tem condições de exercer a função a que era atribuído dentro de uma empresa ou por conta própria. O nome de um desses benefícios é auxílio-doença. Mas para que o trabalhador continue receba esse benefício, é preciso que ele comprove seu problema de saúde. E como ele pode fazer isso? Bem, é aí que entra a Perícia do INSS, que precisa ser agendada para a preparação dos documentos devidos.  Saiba mais sobre Perícia INSS e como Agendar essa perícia, a seguir:

Agendar uma Perícia com o INSS para comprovar a invalidez do trabalhador é fundamental para que o processo seja agilizado, evitando grandes filas e perda de tempo num posto do INSS. E a novidade é que você já pode começar o processo de agendamento de sua perícia do INSS pela internet, onde você já vai garantir sua presença na lista para os exames a serem realizados.

Como agendar a perícia do INSS para benefício auxílio-doença e outros

Você precisará do NIT (Número de Identificação do Trabalhador) PIS/PASEP/CICI, o nome completo da pessoa que vai requerer a perícia, nome completo da mãe do indivíduo e a data de nascimento;

Depois ele indicará a sua categoria de trabalho e se é contribuinte facultativo, individual, segurado especial (trabalhador rural), trabalhador avulso, empregado(a) doméstico(a), empregado(a)  e desempregado(a);

Apresentará a data de seu último dia de trabalho, isso no caso do empregado, e o CID o atestado médico que gerou o afastamento do trabalhador com CID constante e o número do CNPJ da Empresa;

Nome do Empregador junto de seu CPF, no caso dele ser Empregado (a) Doméstico (a).

O site para agendar a perícia do INSS é: www.dataprev.gov.br/servicos/auxdoe/auxdoe.htm.

Após o cadastro será necessário indicar o a categoria de trabalho que você se enquadra, como por exemplo, contribuinte facultativo, individual, segurado especial (trabalhador rural), trabalhador avulso, empregado (a) doméstico (a), empregado (a) e desempregado (a), o assegurado que fez todo o processo de agendamento pode acompanhar através do Sistema de Administração de Benefício por incapacidade, basta ter em mãos número de benefício ou requerimento, data de nascimento do requerente, nome do requerente e CPF.

O cidadão precisa passar pela perícia médica, para que o médico avalie suas condições e seus exames médicos, o perito médico avalia cada pessoa e caso individualmente, o perito médico é responsável de analisar se o problema do individuo vai impossibilita-lo a exercer suas funções na empresa.

O perito é quem vai autorizar se o segurado tem direito ao beneficio ou não, a perícia será analisada conforme a legislação prevê, caso o perito negue o beneficio o contribuinte pode entrar com um novo pedido de reconsideração, sendo que outro perito médico vai analisar todos os exames e suas condições físicas.

previdencia-social-marcar-pericia

Se o contribuinte tiver seu requerimento aceito, no momento da autorização o perito médico irá determinar sua duração, ou seja, ele ira determinar a quantidade de tempo que o segurado poderá usufruir desse beneficio, Caso esse tempo esteja acabando e o contribuinte que se considere em capaz de retomar suas atividades normais poderá requerer um pedido de prorrogação, a partir de 15 dias antes de acabar o beneficio.

Previdência Social Marcar Perícia

Para a marcação da pericia é necessário ter em mãos o número de identificação do trabalhador o NIT, PIS/PASEP, nome completo da pessoa requerente, nome completo da mãe, ademais o requerente deve indicar a sua categoria de trabalho, e se e contribuinte facultativo, individual, segurado especial (trabalhador rural), trabalhador avulso, empregado domestico, empregado ou desempregado em alguns casos, por tanto a marcação da pericia poderá ser feita via internet no site www.dataprev.gov.br/servicos/auxdoe/auxdoe.htm., garantindo assim já sua presença na lista para realizar alguns exames. Este site permite também a consulta de outros benefícios que requerem de pericias para poder continuar recebendo os respectivos valores.

Previdência Social INSS – Agendamento

Agendamento Previdência Social

Hoje, tudo está automatizado com o avanço da tecnologia, por isso é possível consultar o resultado sua perícia médica através da internet, e para marcação de sua primeira consulta, o procedimento de agendamento do INSS pode ser feito online também.

agendamento-previdencia-social

Está a prestes a se aposentar e não sabe por onde começar? Ou precisa de algum outro serviço da previdência social? Então você encontrou o lugar certo, aqui lhe ensinarei todos os passos para conseguir agendar uma consulta em uma das sedes da Previdência Social. E o melhor de tudo, sem sair da frente do computador! Está pronto? Então vamos!

A Previdência Social dispõe de um excelente serviço de agendamento pela internet, nele você será orientado da melhor maneira possível para não ter nenhum tipo de dor de cabeça ao chegar a uma das sedes físicas. Algumas pessoas acabam não prestando a atenção durante o requerimento do agendamento, causando a perda de informações importantes, como por exemplo, quais documentos levar, qual tipo de aposentadoria está escolhendo, entre outras coisas. Saiba como conseguir seu agendamento INSS aposentadoria, auxilio doença, ou outro serviço.

Facilidade de atendimento e sem precisar esperar na fila: Chega de esperar horas na fila e acabar não sendo atendido, agora os beneficiários podem fazer um agendamento de atendimento da Previdência Social INSS pela internet e assim não precisarão mais enfrentar fila, basta apenas comparecer na hora e local marcados.

O agendamento da Previdência Social tem com intuito facilitar informações sobre os benefícios do INSS que são concedidos por ele, assim os beneficiários da Previdência Social podem fazer um agendamento e ter um melhor atendimento, na hora e local marcados previamente antes.

Muitos serviços são oferecidos para agendamento como:

– Aposentadoria do INSS
– Certidão de Tempo de Contribuição
– Pecúlio
– Pensão por Morte
– Auxílio Reclusão
– Acerto de dados cadastrais
– Benefício Assistencial
– Salário Maternidade acerto de atividade e/ou acerto de inscrição
– Acerto de vínculos e remunerações
– Cadastro de senha – cadsenha
– Acerto de recolhimento

previdencia-social-agendamento-300x118

Requisitos para Agendamento INSS

Para ter direito ao INSS é necessário possuir até 12 contribuições já realizadas.(em caso de acidente de trabalho, ou doenças que são previstas em lei, não será necessário possuir as 12 contribuições).

Possuir qualidade de segurado.

Caso tenha perdido a qualidade de segurado, será necessário cumprir, a metade da carência novamente.

Comprovar que realmente não consegue trabalhar, em decorrência de sua doença.

Para empregados de empresas, ele deve estar afastado do trabalho a no mínimo 15 dias.

O agendamento deve ser feito eletronicamente pela internet e só é feito através do numero de identificação do trabalhador, NIT ou PIS/PASEP (ou CPF para agendamento de beneficio assistencial).

Número de telefone e NIT do procurador caso o tenham.

Em caso de pensão o NIT do falecido (a) é necessário.

Acesse o site oficial da Previdência Social e tire suas duvidas e faça seu agendamento é simples e fácil: www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=433.

Como requerer agendamento do INSS?

É muito simples e rápido, vamos começar com este passo a passo!

  1. A primeira coisa que você leitor deve fazer é dirigir-se a este site:

http://agendamento.inss.gov.br/pages/agendamento/selecionarServico.xhtml

  1. Feito isso, na sessão Requerer, selecione ou digite o serviço desejado por você.
  2. Ao selecionar uma das opções a página automaticamente se atualizará, e nela então irão aparecer algumas informações de extrema importância na hora de seu atendimento presencial. Leia com atenção as Informações do Serviço, os principais requisitos e sobre a digitalização de documentos o que é uma etapa opcional, mas pode ser de grande ajuda para você.
  3. Após prestar batente atenção nas informações passadas, prossiga digitando o código verificador no campo correspondente a baixo da imagem. Feito isso, prossiga em “Avançar”.
  4. Agora, você deverá algumas informações importantes sobre você. No primeiro campo, digite o número do seu CPF com somente os números, sem pontos, traços ou barras. Após isso, digite a sua data de nascimento no campo correspondente, novamente só com números. E por fim, informe seu nome completo.
  5. É necessário informar algum dado de contato para que caso ocorra algum imprevisto você seja notificado. Sendo assim, você poderá informar seu telefone móvel, podendo também inteirar o seu telefone fixo ou o seu endereço eletrônico (e-mail).
  6. Feito isso, esta é a parte que você deverá enviar os documentos pedidos que possa te ajudar no seu serviço escolhido (isto varia do que você escolheu, estou citando o exemplo da Aposentadoria). Prossiga em avançar quando terminar.
  7. Neste passo, você deverá selecionar informações próprias de moradia para que o sistema gere o agendamento na unidade mais próxima de você.
  8. Neste passo, você deverá confirmar este requerimento para poder concluir o seu agendamento.
  9. E por fim, depois de confirmar, você terá o comprovante do requerimento em mãos. É importante imprimi-lo para evitar algum problema.

E pronto, seu agendamento está feito, agora é só aparecer no dia e no horário combinados com todos os documentos que precisam em mãos para que algum servidor da Previdência Social possa te ajudar na melhor maneira possível. É possível fazer um agendamento INSS por telefone também pela Central de Atendimento, pelo número 135.

Pedido de Prorrogação Auxílio Doença

Auxílio Doença Pedido de Prorrogação

Caso você esteja afastado de suas atividades por algum motivo de saúde, saiba que é preciso realizar pericias para receber seu beneficio. Como marcar pericia para receber os benefícios da Previdência Social.

Os setores de Perícias do INSS estão sempre lotados, e a perícia inicial sempre demora bastante. Confira como funciona o pedido de prorrogação do auxilio doença no INSS e veja o procedimento de solicitação.

prorrogacao-auxilio-doenca-previdencia-social

Os segurados que estão recebendo os benefícios de auxílio doença do INSS e não se sentem bem para retornar ao trabalho, poderão sim solicitar uma prorrogação. E este serviço ainda não é oferecido através das agências de previdência social, e o segurado precisa utilizar tanto a internet como o telefone para facilitar o trabalho e a agilidade do serviço.

Fazer pedido de Prorrogação do auxílio doença pela Internet

Para quem tem acesso á internet, poderá pedir prorrogação no INSS do auxílio doença, utilizando o site da Previdência. Através do mesmo site é possível se pedir uma reconsideração, que é utilizado para quando o segurado não concordar com o resultado da perícia e poderá ainda pedir para ser examinado por outro tipo de perito, procurar entre várias opções do site da Previdência é algo bastante complicado, por isso siga esta indicação citada aqui www2.dataprev.gov.br/sabiweb/revisao/inicio.view.

Outra forma de se fazer o pedido no INSS de prorrogação do auxilio doença é através do telefone 135. Uma boa dica é realizar o contato nos finais de semana pois durante a semana existe uma procura um pouco maior, e por este motivo é mais demorado para se conseguir acesso. Nos dois casos é preciso ter em mãos o número de benefícios e os demais dados pessoais para que possa fazer o preenchimento dos pedidos. O telefone 135 é gratuito se for utilizada por linha de telefone fixo e se for utilizado por um celular deverá pagar uma ligação local.

Como funciona o pedido de prorrogação do INSS

O pedido de prorrogação é um direito do beneficiário quando o resultado de sua última Avaliação Médica realizada pelo INSS tiver sido favorável e ainda ao final do período estabelecido pela perícia, o segurado não se sentir nas condições de volta ao trabalho.

O prazo para requerimento da prorrogação do auxilio doença do INSS é a partir de 15 dias antes até a data de cessação do benefício.

prorrogacao-auxilio-doenca-inss

Os pedidos de reconsideração é um direito do beneficiário quando o resultado da última avaliação médica do INSS tiver sido contrário, e o beneficiário não concordar com o indeferimento solicitado.

Marar Perícia do INSS na Internet

Caso você seja uma pessoa que faça uso dos benefícios de auxilio doença principalmente, ou de algum outro tipo de auxilio que seja de processo limitado, precisa estar realizando o agendamento para marcar perícia do auxílio doença , pois somente desta forma o órgão irá liberar o pagamento deste auxilio. Lembrando que tai pericias podem ser aprovadas ou reprovadas, dependo do olhar do médico e da situação da pessoa.

Caso a pericia seja reprovada, e você seja enviado novamente para realizar suas atividades laborais mesmo considerando-se muito limitado e sem condições para retornar ao trabalho, é preciso entrar novamente em contato com a Previdência Social para reagendar essa pericia, de preferencia com outro médico para que possa fazer uma segunda avaliação, e constatar que você realmente não possa exercer novamente suas atividades laborais.

Contribuinte Individual e Facultativo

INSS Contribuinte Individual e Facultativo

Se você não é assalariado via CLT, veja como pode contribuir com o INSS e garantir sua aposentadoria no futuro. Entenda as diferenças entre um Contribuinte Individual e facultativo.

Além dos trabalhadores registrados e de carteira assinada que contribuem obrigatoriamente com o INSS, existem outros tipos de contribuições que a previdência social aceita, como é o caso do Contribuinte Individual e Facultativo. Vamos ver mais detalhes sobre esse dois tipos de contribuições o individual e facultativo.

Contribuinte-Individual-Facultativo-300x247

Para a maioria da população que trabalha em regime CLT, com carteira assinada, não existe uma grande preocupação e cuidado com a contribuição ao INSS, já que, a empresa onde trabalha desconta mensalmente do seu salário, e essa mensalidade é destinada ao INSS para que possa aposentar-se no futuro.

Já existem pessoas que precisam mensalmente estar realizando esta contribuição por elas mesmas, ou pelos seus contadores. Estas pessoas são aquelas que não possuem uma renda mensal fixa, que não trabalham com carteira assinada, mas que exercem alguma atividade e são remuneradas com isso.

É este público que se subdivide em dois tipos: o Contribuinte Individual e o Contribuinte Facultativo. Como não existe uma empresa que se encarregue de realizar o deposito do valor para o INSS, eles precisam fazer esta contribuição de outra forma, para que possam garantir sua aposentadoria. Um dos benefícios deste público é que os mesmos não possuem muitas regras sobre mínimos e máximos de valores para contribuição, apenas precisam estar de acordo com as regras impostas pela previdência social, e tentar fazer esta contribuição todos os meses, assim como elas são realizadas para os contribuintes em regime de carteira assinada.

Quem é o Contribuinte individual?

A categoria Contribuinte individual do INSS é a categoria em que estão aquelas pessoas chamadas de autônomas, ou seja, que trabalham por conta própria, assim como trabalhadores que prestam serviços eventuais para empresas, não possuindo assim um vínculo de emprego oficial. Os contribuintes individuais também são, entre outros, os motoristas de táxi, os sacerdotes, os pintores, os vendedores ambulantes, as diaristas, os eletricistas, os síndicos renumerados, os trabalhadores associados às cooperativas de trabalho, etc.

Quem é o Segurado facultativo?

A categoria Segurado facultativo do INSS é a categoria em que estão aquelas pessoas com idade maior que 16 anos e que não possuem uma renda própria, mas escolhem contribuir, de acordo com as exigências, com a Previdência Social. Os segurados facultativos são: os estudantes, as donas-de-casa, os síndicos de condomínio que estão na categoria não-remunerados, os estudantes bolsistas, os desempregados, além dos presidiários não-remunerados.

Tanto o contribuinte individual quanto o facultativo devem estar filiados devidamente ao Regime Geral de Previdência Social. A contribuição do contribuinte individual e facultativo é de 20% sobre o salário-de-contribuição. Além disso, o contribuinte individual tem a obrigação de complementar, diretamente, o valor da contribuição caso as renumerações do mês for inferior ao valor mínimo do salário-de-contribuição mensal.

O salário-de-contribuição para o contribuinte individual é a sua remuneração pela empresa em que trabalhou ou pelo exercício de sua atividade por conta própria. Já para o segurado facultativo, o salário-de-contribuição é o valor declarado por ele, durante o mês, tendo como observação os limites mínimo e máximo do salário-de-contribuição.

Carta de Concessão INSS

INSS Carta de Concessão – Aposentadoria e Segunda Via

Veja como solicitar a emissão da Carta de Concessão INSS para aposentadoria e benefícios e veja também como é feita a emissão da segunda via.

carta-de-concessao-inss

Entenda para que serve a Carta de Concessão INSS

Não são poucos os benefícios que o governo oferece aos cidadãos que não possuem condições para trabalhar: principalmente no que tange às limitações de saúde: os auxilio doenças, aposentadorias por invalidez, as licenças maternidades, entre outros. Todos estes benefícios são pagos pelo INSS, independente da quantidade de renda recebida pela pessoa.

No entanto, quando a pessoa se encontra em alguns destes casos, é preciso encaminhar esta situação que será avaliada pelo órgão. Caso for a provada, o beneficiário recebe a denominada Carta de Concessão INSS, onde contará todas as informações que o mesmo precisa saber, tais como: o valor que receberá de beneficio pela sua restrição, por quanto tempo receberá o beneficio, onde o mesmo será pago, em qual agencia bancária, dentre outras informações importantes e pertinentes ao tema.

Esta Carta de Concessão INSS poderá ser recebida tendo em consideração três tipos de resultados: o primeiro deles é a opção Habilitado, quando o INSS ainda está em fase de análise da documentação enviada pelo beneficiário, e ainda não possui uma resposta concreta. A segunda deles é a opção Concedido, quando o INSS aprovou o pedido e o seu beneficio será liberado, junto com a Carta de Concessão que receberá em sua casa. E a terceira é a opção Indeferido, esta é a menos agradável, pois significa que seu pedido junto ao INSS foi recusado, e será informado qual é o motivo da recusa naquele momento.

Hoje em dia é possível notar uma grande demanda de procura das pessoas as agências da Previdência Social. Através da Previdência Social é possível dar entradas em diversos benefícios o mais procurado dentre ais benefícios é a aposentadoria, seja ele por idade ou por trabalho. É muito normal que quando solicitamos a nossa aposentadoria, se for o caso, haja uma grande demora em relação a saída do resultado final, resultado na qual irá decretar se você terá direito ou não a tal beneficio. Pensando nisso este órgão, Previdência Social, resolveu criar a Carta de Concessão que pode facilitar a vida de muita gente.

O site oficial da Previdência Social oferece as pessoas um serviço mais amplo, ou seja, é possível você encontrar diversos tipos de serviços que procuram à melhoria do processo de seu benefício, um desses serviços é a Carta de Concessão. Esse serviço irá lhe possibilitar conferir os dados de seus benefícios tais como demonstrativo de calculo de renda, calores e datas de contribuições ao INSS dentre outros. Através desse serviço você poderá simplesmente conferir o resultado de solicitação de seu beneficio sem se quer sair de casa. Além disso, através da carta de concessão você poderá solicitar uma nova revisão, caso haja algum erro relacionado aos valores de suas contribuições ao INSS.

Para que você possa começar a usufruir deste serviço é bastante simples. Você precisa entrar no site oficial da Previdência Social. Já na página da solicitação de carta de concessão do INSS você irá precisar dos seguintes dados: Número do benefício, lembrando que você recebe esse número assim que da entrada em um serviço, o número vem junto com o seu protocolo de solicitação. Os dados pessoais exigidos são: Data de nascimento, CPF e o seu nome completo.  Após isso você terá que preencher uma espaço com um código de segurança, que fica logo ao lado de seu formulário, tenha bastante cuidado, pois uma letra errada neste processo irá causar o reinicio de sua operação. No site também é possível emitir a segunda via da Carta de Concessão do INSS para aposentadoria.

inss-carta-de-concessao

Consultar a Carta de Concessão INSS pela internet

Como a ansiedade das pessoas, ainda mais aquelas que são mais jovens somente aumenta a cada dia a partir do momento em que deu entrada à solicitação do seu beneficio, as mesmas não desejam esperar até que a Carta de ConcessãoINSS chegue até suas residências. É para isso que esta consulta hoje pode ser feita pela internet.

Além de poder sanar com a dúvida logo, a consulta pela internet permite que antecipe as informações a serem repassadas ao INSS caso tenha algum problema na Carta de Concessão, que pode ser verificado no momento da consulta. Como esta carta demora em média 30 dias para chegar até sua casa, muitas coisas podem ser resolvidas nesse período de tempo caso seja solicitado com antecedência.

Para solicitar a Carta de Concessão INSS pela internet, é preciso acessar o site:https://meu.INSS.gov.br/central/index.html neste link poderá colocar suas informações como seus documentos pessoais, e o sistema lhe emitirá a Carta de Concessão que foi enviada até sua residência, ficando muito mais fácil que esperar até a chegada do documento físico.

Caso tenha alguma dúvida referente ao documento, basta entrar em contato com a central de atendimento do INSS, com o numero 135, que todas as suas dúvidas serão sanadas, e os mesmos poderão até informar em qual situação de encontra sua Carta de Concessão INSS.

Aposentadoria Proporcional – Regras

Regras da Aposentadoria Proporcional

Muitas pessoas tem dúvidas sobre as exigências para a concessão de aposentadoria por tempo de contribuição, após as várias mudanças definidas através da reforma da Previdência Social para o setor privado. Somente deverá ter direito quem já atuava no mercado de trabalho no dia 16 de dezembro de 1998.

inss-aposentadoria-proporcional

A única exigência da aposentadoria integral é o tempo de contribuição que vai de 35 anos para o homem e 30 para a mulher. Apesar desta regra, uma idade mínima é necessária para acontecer a aposentadoria por tempo de contribuição proporcional. Além disto apenas deverá ter direito a proporcional quem estava no mercado de trabalho atuando em corpos docentes durante este período. Com isto a idade mínima para a aposentadoria proporcional é de 53 anos para homens e de 48 anos para as mulheres. O tempo de contribuição é a partir de 30 anos para homem e de pelo menos 25 anos para as mulheres, pois existe um acréscimo de pedágio. Este tempo é mais de 40% sobre o período que faltava, para que a pessoa pudesse completar 30 anos no caso do homem e 25 no caso da mulher.

Aposentadoria proporcional existe?

O fim da aposentadoria proporcional ocorreu em 16 de dezembro de 1998. Logo, por se tratar de um direito adquirido, as pessoas que trabalhavam e contribuíam com o INSS já nessa época, ainda tem direito a se aposentar por suas regras.

Como pedir aposentadoria proporcional INSS

Para solicitar a aposentadoria proporcional você devera solicitá-la por meio de agendamento prévio pela Central 135. Isso e possível de fazer pela internet, no Portal da Previdência Social, e também por meio das Agencias da Previdência Social, mediante o cumprimento das exigências legais.

Tempo para aposentadoria proporcional INSS

Deve-se observar para que se possa conseguir a aposentadoria proporcional INSS, é necessário “pagar um pedágio” correspondente a 40% do tempo que faltava para completar o tempo da aposentadoria que era exigido até 1998 (que era de 30 anos para homens e 25 anos para mulheres).

aposentadoria-proporcional-regras

Como funcionava este cálculo de Aposentadoria Proporcional

Se um homem contava com 20 anos de contribuição em 16 de dezembro de 98, seriam necessários mais 10 anos para completar os 30 anos. Esses dez anos, com o acréscimo de 40% passaram para 14 anos, contando a partir do período de 15 de dezembro de 98. Já a mulher que tivesse 20 anos de contribuição nesta época precisaria de mais cinco anos para completar os 25 anos. Completando assim 60 anos com o pedágio passaram a ser 7 anos.

E constatando assim que o requerente que solicitou a aposentadoria por tempo de contribuição com renda integral preenche todos os requisitos apenas para a concessão da aposentadoria por tempo de contribuição, contando com uma renda proporcional. o servidor do INSS deverá de forma formal solicitar ao segurado para que este, caso quiser optar expressamente e ainda por escrito pelo benefício proporcional, e não havendo algum tipo de manifestação pela opção dentro do prazo estabelecido.