PGBL x VGBL – Vale a Pena? Tributação

Aposentadoria: PGBL ou VGBL?

Sempre que alguém pensa em fazer uma aposentadoria privada complementar, surge a dúvida sobre os modelos tributários existentes no Brasil. A maior dúvida é se a tributação PGBL vale a pena ou se é melhor apostar na tributação VGBL. Vejamos um pouco mais sobre esse assunto para que você possa escolher a melhor opção para o seu caso específico.

pgbl-x-vgbl

Diferença entre PGBL e VGBL

Primeiro, vamos aos conceitos dessas siglas que costuma confundir a cabeça de quem está pesquisando sobre investimentos. PGBL é a sigla para Plano Gerador de Benefícios Livre, ao passo que VGBL significa Vida Gerador de Benefícios Livre. Existe uma diferença básica entre essas duas siglas: a forma de tributação. A tributação PGBL x VGBL qual vale a pena? Descubra agora.

Enquanto na PGBL a tributação ocorre sobre todo o investimento, VGBL a tributação incide apenas sobre a parcela. Isso influencia muito no valor da tributação do Imposto de Renda incidente sobre as aplicações, o que afeta no bolso do investidor. Ou seja, saber bem a diferente entre esses termos é importante para a sua vida financeira.

Quais as vantagens do PGBL e do VGBL?

Ocorre que cada um desses modelos apresenta vantagens e desvantagens que dessem ser levadas em consideração pelo investidor na hora de escolher qual o melhor sistema de tributação. Não adianta analisar superficialmente, pois são dois sistemas completamente distintos. Para saber se o PGBL x VGBL vale a pena, é necessário trabalhar sempre com base no caso concreto.

Isso porque tudo vai depender da sua renda, das suas expectativas, do seu tipo de vínculo empregatício, de quanto tempo você levará para se aposentar, quando vai precisar receber as parcelas, idade, perfil bancário, dentre outras diversas questões, que são bem pessoais.

Confira:  Como Planejar Aposentadoria

pgbl-x-vgbl-vale-a-pena-tributacao

Outro ponto é a escolha da instituição bancária, que poderá definir valores mais altos e mais baixos de taxas administrativas, juros, percentuais, dentre outras questões que podem tornar o seu plano de renda fixa viável ou não para você.

Mas sempre quando se tratar de um plano a longo prazo, tenha em mente de pesquisar bastante e comparar as diversas taxas e rendimentos oferecidos pelos bancos. Também escolha instituições sólidas no mercado e que realmente sejam confiáveis. De nada adianta fazer depósitos e ter planos em uma instituição financeira relativamente nova e que pode falir em pouco tempo, não é?

Desse modo, qualquer plano de renda fixa deve ser calculado na ponta do lápis, para que você tenha rendimentos e não prejuízos.

Agora que você já sabe se o PGBL x VGBL vale a pena de verdade, está na hora de avaliar melhor cada um desses modelos de tributação, de modo que o seu investimento seja feito da forma correta. A escolha certa influência de forma significativa no resultado do investimento. Dessa forma, é preciso ficar de olho antes de tomar uma decisão. A tributação do PGBL x VGBL vai ser melhor ou pior, dependendo do investimento em análise.

Empréstimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *