Posso pagar INSS de anos anteriores?

Pagamento de INSS de anos anteriores

Ficaram alguns anos sem pagar o INSS? Está preocupado quanto à sua aposentadoria? Saiba se é possível recuperar estes anos perdidos sem contribuição e fizer as contribuições previdenciárias com atraso.

posso-pagar-inss-de-anos-anteriores

Quem deve pagar o INSS em atraso?

Autônomos e os trabalhadores que prestam serviços sem carteira assinada tem como recuperar o tempo de cálculo de aposentadoria, neste caso fazendo contribuições com atraso. Já os contribuintes facultativos, estudantes, donas-de-casa e desempregados pagam somente as contribuições dos últimos seis meses de forma retroativa.

Mas, nem todos precisam pagar as contribuições em atraso. Como assim? Não é obrigado fazer a contribuição previdenciária para ter acesso à aposentadoria? Isso ocorre quando a responsabilidade de pagar o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) não é sua.

Em alguns casos basta informar e comprovar que estava trabalhando durante o período do atraso e o INSS vai considerar o tempo para sua aposentadoria. Lembrando que isso é somente em alguns casos.

Os casos mais comuns onde não é necessário fazer o recolhimento do INSS com atraso: trabalho rural antes de 1991; emprego informal, sem registro em carteira; trabalho realizado como contribuinte individual (autônomo) para pessoa jurídica. Nestes casos, você que esteve nesta situação não precisa perder tempo fazendo cálculos do valor a recolher para o INSS em atraso. Em vez disso, procure todos os documentos que possua que possa comprovar que esteve nestas situações acima informadas.

pagar-inss-em-atraso

Lembrando alguns detalhes que muita gente não sabe quanto ao tempo de se aposentar. Por exemplo, quem trabalhou ou trabalha com atividades perigosas ou que tem contato com elementos que fazem mal a saúde tem direito há um tempo adicional na aposentadoria ou pode se aposentar sem o fator previdenciário (este fator previdenciário permite que as pessoas possam se aposentar mais cedo, mas, ganhando menos).

Confira:  Teto Máximo INSS - Valor

No caso de atividades insalubres (com contato substâncias que fazem Mac a saúde) ou com periculosidade dão um acréscimo de no mínimo 40% para os homens e 20% para mulheres no tempo de contribuição. Exemplo destas atividades são os operadores de máquinas de raios-X, metalúrgicos, etc. Outra situação é se você trabalhou sem registro, pode contar como tempo para se aposentar, isso porque a responsabilidade de pagar o INSS era da empresa que Malandramente não registrou o trabalhador para pagar menos impostos.

Para comprovar que realmente teve tempo de serviço em determinada empresa, o trabalhador vai precisar de alguns documentos para comprovar isso: anotações em sua carteira de trabalho, registro de empregados da empresa, ficha ponto, holerites, entre outros.

Como recolher o INSS em atraso?

Se você não está nestas situações e precisa pagar as contribuições do INSS em atraso, no caso do contribuinte facultativo pode pagar as guias em atraso se estas não tiverem com atraso superior a seis meses. O cálculo para estes pagamentos é feito pela internet no site da Receita Federal pelo link www2.dataprev.gov.br/PortalSalInternet/faces/pages/calcContribuicoesCI/filiadosApos/selecionarOpcoesCalculoApos.xhtml.

Lembrando que quem tem um atraso superior a 5 anos não adianta somente realizar o recolhimento em atraso é preciso regularizar sua situação perante o INSS, isso ocorre comprovando a atividade exercida no período que pretende fazer o pagamento em atraso. Esta regularização pode ser feita em uma agência do INSS e que te exigirão alguns documentos que comprovem o exercício da atividade profissional na época do período do atraso.

Antes de sair correndo querendo pagar suas contribuições do INSS em atraso deve primeiro: verificar se precisa realmente pagar o INSS para ter o tempo recolhido. Depois, se tiver que pagar e para isso precisa comprovar a atividade profissional, faça isso primeiro e depois, pagar; e por último, faça o recolhimento em atraso. Se este período for inferior a cinco anos, você pode fazer o cálculo direto na internet, períodos maiores, precisa ir a uma agência do INSS.


Empréstimos

Gostou? De um curtir:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *