Reforma da Previdência – O que muda, Regras

Reforma da Previdência Regras de Transição

Já conhece todas as reformas pelas quais a previdência está passando? Confira agora tudo sobre ela para os próximos anos e entenda as novas regras da reforma da previdência.

A previdência é o sistema pelo qual os brasileiros são assegurados ao direito da aposentadoria. Graças a ela as pessoas ao chegarem a certa idade, ou um determinado período de contribuição, poderiam aposentar-se e receber um salário pelo seu tempo de contribuição.

reforma-da-previdencia

No entanto, para receber este beneficio, era preciso cumprir uma série de regras que atualmente sofreram algumas variações. Com o novo governo em 2017, uma das primeiras ações do mesmo foi estipular a reforma da previdência.

Com as regras da nova previdência, as idades para aposentadoria mudaram, o tempo de contribuição e até a quantidade que os aposentados irão receber. Por tanto, foi uma mudança drástica, mas que ainda precisa ser aprovada pelo senado para que entre em vigor. Em este post, mostraremos o que muda na previdência realmente a partir da aprovação e para os próximos anos, pois para muitos brasileiros, esta reforma ainda possui questões duvidosas, ou que não ficaram muito claras pela mídia.

Quais foram as principais mudanças da reforma da previdência

A principal e mais conhecida mudança nas regras da nova previdência é a idade dos brasileiros. Com a nova proposta, os homens poderão estar aposentando-se com 65 anos de idade, e as mulheres com 62 anos de idade.

O que muda na previdência como mencionado também é o tempo de contribuição dos trabalhadores, colocando como 25 anos o período mínimo para aposentar-se do seu emprego, com um salário mínimo. Os trabalhadores que exercem atividade na zona rural também precisarão cumprir este período de contribuição ao INSS para aposentar-se.

Já para as pessoas que trabalham nas empresas públicas, os considerados servidores públicos, poderão aposentar-se entre 60 e 55 anos para homens e mulheres. O tempo do servidor público é inferior ao do trabalhador em empresa privada, mesmo contribuindo da mesma forma com o INSS.

reforma-da-previdencia-regras

Para muitos economistas, esta mudança considerada como reforma da previdência foi considerada como positiva, a mesma está sendo votada e a tendência é de que as novas regras da previdência sejam aprovadas. Desta forma fica mais fácil entender o que muda na previdência com esta polêmica reforma que marca presença nos jornais todos os dias.

O que é questionado é sobre o entendimento dos trabalhadores brasileiros sobre a nova previdência. Será mesmo um beneficio para todos? Muitos deles possuem o pensamento de que com a nova mudança os mesmos não poderão chegar à aposentadoria, ideia esta que para o governo não é algo que possa acontecer.

Esta regra não começa a valer para todos os brasileiros, aqueles que estão quase aposentando-se poderão ainda usufruir das regras antigas, não serão inclusos na reforma da previdência que estrará em vigor este ano. Mas para a maioria dos brasileiros, as novas regras estarão valendo para aqueles que irão aposentar-se no novo período, que teve pouca diferença em relação à previdência anterior.

Está ficando careca? Recupere a auto confiança com o segredo para aumentar o volume de cabelos

Como não ter as pernas amputadas por causa do diabetes. Aprenda a dominar o diabetes

Truque para perder a barriga, perder peso e eliminar a pelanca, comece já a perder peso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *